fbpx

domingo, 24 de outubro de 2021

Senado adia votação que permite construção em áreas próximas aos rios

Senado não chegou a um consenso durante a votação do texto que altera o Código Florestal permitindo a construção em áreas próximas a rios. O senador Eduardo Braga é relator.

14 de outubro de 2021

Compartilhe

O texto, que já foi aprovado na Câmara Federal, tem relatoria do senador Eduardo Braga, que defendeu a aprovação dele em parecer que será lido nesta quinta-feira (Foto: Reprodução)

O plenário do Senado Federal adiou, para a sessão desta quinta-feira (14) à noite, a votação do Projeto de Lei 1.869/2021, que altera o Código Florestal e permite que as prefeituras definam o tamanho da área de proteção ambiental nas margens de rios e cursos d’água em perímetros urbanos. Os parlamentares não chegaram a um acordo sobre o texto, que tem relatoria do senador Eduardo Braga (MDB-AM).

No parecer dele, Braga indicou que o texto pretende resolver o que chamou de “um dos pontos mais controvertidos” do Código Florestal: a regularização da construção de edifícios em áreas próximas a rios. “Todos os municípios brasileiros têm edificações nessa situação, pois em todos os lugares do mundo as ocupações urbanas – em sua grande maioria oriundas de vilas e aldeias que remontam há séculos – se estabeleceram inicialmente às margens de rios e córregos”, defendeu o relator.

O texto passaria a conferir aos municípios e ao Distrito Federal a possibilidade de, por meio de lei municipal ou distrital, definir as faixas marginais de cursos d´água naturais na área urbana, com metragens distintas daquelas previstas no Código, cuja abrangência serve para todo o País e não leva em consideração as características de cada município.

A bancada do PT anunciou que votaria contra o relatório de Eduardo Braga. “Se avançarmos com essa discussão na área urbana, com a justificativa de construir prédios, sem nenhum aprofundamento dos estudos nos solos, iremos continuar com os já graves problemas de cidades que não tiveram essa preocupação”, disse o senador Paulo Rocha (PT-PA). O senador citou o exemplo do município catarinense de Balneário Camboriú (SC), que permitiu a construção de arranha-céus à beira mar e eles impedem a incidência do sol sobre a praia durante parte do dia.

Com informações do Congresso em Foco

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson destaca Auxílio Permanente e transporte gratuito para estudantes

O governador do Amazonas anunciou, neste domingo (24), no Aniversário de Manaus, investimentos de R$ 580 milhões na capital e transporte gratuito para estudantes.

24 de outubro de 2021

David exalta investimentos de Wilson em Manaus e alfineta a velha política

Durante solenidade de entrega do Parque Rio Negro, neste domingo (24), o prefeito de Manaus e o governador do amazonas anunciaram novos investimentos para Manaus.

24 de outubro de 2021

Debatedores querem prorrogar prazo de atualização da Lei do Fundeb

Eles defendem que é um processo muito complexo e não há tempo para resolver isso em dez dias, pois há ações de operacionalização do fundo que precisam de ajustes.

24 de outubro de 2021

CAE analisa na terça projetos sobre segurança viária e ajuste fiscal dos estados

Dois projetos, um sobre segurança no trânsito e outro sobre dívidas dos estados, constam da pauta de votação da Comissão de Assuntos Econômicos para esta terça-feira (26).

24 de outubro de 2021

Subcomissão discute rumos da educação após a pandemia na próxima segunda

Subcomissão Temporária para Acompanhamento da Educação na Pandemia vai se reunir todas as segundas-feiras, para discutir o que aconteceu no setor durante a pandemia.

24 de outubro de 2021

Senadores voltam a defender derrubada do veto à distribuição de absorventes

Senadora Simone Tebet (MDB-MS), cobrou a votação urgente do veto parcial ao projeto que garante distribuição gratuita de absorventes para estudantes de baixa renda e mulher.

24 de outubro de 2021

Reta final da CPI tem definição de indiciados, votação e encaminhamento de Relatório

Como não possui poder de punição, último ato da CPI será o encaminhamento do Relatório Final aprovado aos órgãos responsáveis por apresentarem denúncias.

23 de outubro de 2021

Gilberto Kassab anuncia Rodrigo Pacheco como candidato a presidente

O presidente Nacional do PSD revelou, neste sábado, que o candidato do partido à presidência, no próximo ano, será o senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

23 de outubro de 2021