fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

Sem foro privilegiado, ‘rachadinha’ de Carlos Bolsonaro volta ao MP

Dispositivos juridícos que blindavam os legislativos do Rio de Janeiro foram julgados incontitucionais pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

28 de abril de 2021

Compartilhe

Carlos Bolsonaro possui acusações sobre um suposto esquema de "rachadinha" em seu gabinete como vereador na Câmara do Rio (Foto: Agência Brasil)

A derrubada de trechos da Constituição do Estado do Rio que garantiam foro provilegiado aos vereadores, decidida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), na última segunda-feira (28), permitirá a abertura de investigações ao vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

A Corte julgou como incontitucionais dispositivos juridicos do estado para ‘blindar’ os legislatores no estado. Com isso, Carlos pode ser ivestigado por um suposto esquema de “rachadinha” no seu gabinete, que havia sido remetido para a Procuradoria-Geral da República (PGR) por conta do foro privilegiado.

Carlos Bolsonaro poderá ser novamente investigado pelo Ministério Publico do Rio, autor da investigação. Em nota, ao Colunista do jornal O Globo Ancelmo Goes, o MP do Rio afirmou que “o caso está sob sigilo, razão pela qual não é possível fornecer qualquer informação”.

Com informações de O Globo

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Tribunal de Justiça escolhe dois novos desembargadores na terça-feira

O Pleno do TJAM vai escolher entre 15 juízes. Na pauta, também está prevista a remoção de magistrados entre comarcas do interior do Amazonas.

6 de maio de 2021

TCE suspende contrato de R$ 3 mi para locação de carros de luxo em Coari

O contrato previa pagamento superior a R$ 3 milhões. por ano, à empresa Adminsitradora de Bens Good LTDA, que alugaria carros blindados para serem usados na prefeitura.

6 de maio de 2021

Pazuello recebe Onyx após pedir mudança na data para depor na CPI da Covid

O encontro entre os dois não consta na agenda oficial do ministro da Secretaria-Geral da Presidência que, no horário, indicava outra reunião no Palácio do Planalto.

6 de maio de 2021

Tasso quer ouvir Abin sobre guerra química citada pelo presidente

Senador pelo Ceará solicitou a presença de um representante da Agência Nacional de Inteligência para falar sobre guerra química empreendida pela China, segundo o presidente

6 de maio de 2021

PT não chega a acordo sobre ‘embarque’ no governo Wilson Lima

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

6 de maio de 2021

Estado vai pagar R$ 300 às famílias afetadas pela enchente no AM

Cartão Auxílio Estadual vai garantir benefício provisório no valor de R$ 300, em parcela única, a aproximadamente 100 mil famílias atingidas pela cheia dos rios no Amazonas.

6 de maio de 2021

Corrupção colaborou para o caos no sistema de saúde, diz Queiroga

O ministro, Marcelo Queiroga, disse que o desvio de recursos federais para estados e municípios pode ter colaborado para o colapso, mas MS não tem investigações.

6 de maio de 2021

‘Presidente foi irresponsável ao prescrever cloroquina’, diz senador

O senador Otto Alencar, que também é médico, afirmou que a 'ciência não pode se render aos leigos' e espera que o ministro Marcelo Queiroga tenha autonomia.

6 de maio de 2021