fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

Secretária de Arthur Neto terá conta julgada pelo TCE-AM nesta terça

Em abril de2020, o Comitê de Combate à Corrupção ingressou com uma denúncia no MP-AM contra Kellen Veras e Arthur Neto por gasto excessivo com publicidade em ano eleitoral.

20 de setembro de 2021

Compartilhe

Comitê indicava, ano passado, que gastos da gestão de Arthur em publicidade eram os maiores da história do Amazonas (Foto: Reprodução)

A secretária de Comunicação da gestão de Arthur Neto (PSDB), Kellen Cristina Veras Felisardo Lopes, terá as contas do exercício de 2020 julgadas pelo Pleno do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) nesta terça-feira (21). Além do dela, outros 67 processos estão na 32ª pauta ordinária do órgão que, agora, volta a contar com sessões presenciais.

Em abril do ano passado, o Comitê de Combate à Corrupção e ao Caixa 2 no Amazonas ingressou no Ministério Público do Amazonas (MP-AM) com uma denúncia contra Kellen e o ex-prefeito Arthur Neto, apontando gastos excessivos com publicidade e propaganda em ano eleitoral. Somente naquele período de 2020 – de janeiro a abril – a Secretaria Municipal de Comunicação (Semcom) havia gasto mais de R$ 21,6 milhões com serviços de publicidade.

Durante a reunião plenária serão apreciadas 25 prestações de contas de gestores e ex-gestores que estiveram frente à administração de órgãos jurisdicionados. Além de 19 representações e 17 recursos de gestores que tentam alterar as decisões desfavoráveis emitidas pelo Tribunal Pleno.

Das 25 prestações de contas a serem apreciadas, além da de Kellen Veras, constam em pauta a do ex-Secretário Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel) em 2019, João Carlos dos Santos Mello; do Secretário de Estado de Comunicação Social (Secom) em 2020, Rodrigo Castro Vaz; entre outros gestores que terão as contas julgadas pela Corte de Contas.

Estão em pauta, ainda, quatro embargos de declaração e três tomadas de contas.

Como medida de prevenção, a presença na sessão será restrita aos membros do Pleno e demais funcionários que colaboram com a realização da sessão, contando com transmissão, ao vivo, pelas redes sociais da Corte de Contas (Instagram, YouTube e Facebook), além da transmissão, em áudio, pela Rádio Web do Tribunal, disponível no site do TCE.

A reunião plenária será conduzida pelo presidente do TCE-AM, conselheiro Mario de Mello. Participam os conselheiros Julio Cabral, Júlio Pinheiro, Érico Desterro, Ari Moutinho Júnior, Yara Lins dos Santos e Josué Cláudio, além dos auditores Mário Filho, Alípio Reis Firmo Filho, Luiz Henrique Mendes e Alber Furtado.

Da Redação, com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Gilberto Kassab anuncia Rodrigo Pacheco como candidato a presidente

O presidente Nacional do PSD revelou, neste sábado, que o candidato do partido à presidência, no próximo ano, será o senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

23 de outubro de 2021

Wilson Lima e David Almeida assinam convênios de mais de meio bilhão

O governador Wilson Lima e o prefeito David Almeida assinarão, amanhã, uma série de convênios que representarão um presente para a cidade que fará 352 anos neste domingo.

23 de outubro de 2021

STF realiza audiência para discutir a criação do juiz de garantias

Juiz de garantias vai atuar fiscalizando a legalidade dos atos praticados pelo juiz da instrução criminal, o que gerou uma dúvida sobre a constitucionalidade desta novidade.

23 de outubro de 2021

Congresso abre prazo para apresentação de emendas a LOA da União

Lei Orçamentária Anual (LOA) do Governo Federal reservou R$ 16,2 bilhões para os parlamentares apresentarem emendas com execução obrigatória no próximo ano.

23 de outubro de 2021

Improbidade administrativa um problema recorrente das prefeituras

Para analista político, irregularidades na prestação de contas pode ser fruto da falta de pessoal, dificuldades dos servidores e até mesmo má fé com a causa pública.

23 de outubro de 2021

“Baixo orçamento é oriundo de Arthur Neto”, culpa Antônio Stroski

Titular da secretaria de meio ambiente disse que política de "encolhimento" de antecessor foi responsável pelo atual orçamento de R$ 17,1 milhões em 2022.

23 de outubro de 2021

Após viagens na pandemia e diagnóstico de Covid-19, Assis volta à CMM

Vereador chamava a atenção de pessoas por aglomerações e o não uso de máscara, mas na Pandemia emendou duas viagens seguidas em agosto e voltou pra Manaus com Covid-19.

22 de outubro de 2021

Ex-ministro Esteves Colnago assumirá Secretaria de Tesouro e Orçamento

A nomeação foi confirmada há pouco pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em declaração conjunta ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

22 de outubro de 2021