fbpx

quinta, 21 de outubro de 2021

Reabertura de salões de beleza: a nova pressão sobre o governo

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

3 de março de 2021

Compartilhe

Em meio a uma guerra pela diminuição dos índices de infeção e morte por Covid-19 no Estado, a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) tem sido palco de discursos que pressionam o Governo do Estado pela reabertura de setores não essenciais da economia. Mal terminou a campanha na Casa Legislativa pela reabertura das academias, já se inicia uma nova campanha para que o governo autorize a reabertura de salões de beleza e barbearias. O deputado estadual Delegado Péricles (PSL) discursou na tribuna, na manhã desta quarta-feira (3) em favor da nova causa.

___

PROTOCOLOS

Quem suscitou a pauta na Aleam foi o deputado João Luiz (Republicanos), nesta terça-feira (2). Na avaliação do parlamentar, os salões, as barbearias e as clínicas estéticas são bem estruturadas e têm capacidade e compromisso para reabrir as portas seguindo todos os protocolos de segurança sanitária e de prevenção de combate à Covid-19. Trata-se, entretanto, de uma suposição que não tem comprovação científica. Nada indica que pessoas circulando nesses estabelecimentos não vão aumentar a taxa de infecção no Estado.

___

QUEM VAI PAGAR A CONTA?

Apesar de apresentar queda, os números de infeções, ocupação de leitos e mortes permanece alto. Nada indica que o relaxamento das normas de restrição à circulação de pessoas seja o indicado no momento. Há sempre o risco – que cientistas apontam como certo – de que uma maior circulação de pessoas, em locais como academias e salões, possa levar a um novo colapso do sistema de saúde. E aí a pergunta é: quem vai pagar a conta?

___

‘CAPITANIA HEREDITÁRIA’

Em um debate sobre a atuação do Governo do Estado em municípios atingidos pelas cheias deste ano, o deputado estadual Sinésio Campos (PT) acusou o deputado Adjuto Afonso (PDT) de tratar a calha do Purus como sua capitania hereditária. Adjuto acusava os deputados de serem desinformados e elogiava as medidas tomadas pelo governo até agora para mitigar os efeitos da cheia. Sinésio não gostou e disse que prefere conferir a situação pessoalmente.

___

‘POLE POSITION’

Na sessão anterior, na terça (2) o deputado Belarmino Lins (Progressistas) havia declarado que Adjuto Afonso é o deputado “pole position” na calha do Purus e que ele (“Belão”) é o pole position na calha do Juruá. Os dois deputados estavam na comitiva do governador Wilson Lima (PSC) que visitou os municípios afetados pela enchente dos dois rios no fim de semana. Na viagem governamental à região, foram entregues cartões do Auxílio Estadual, uma das questões que causaram o bate-boca na Aleam.

___

BELÃO EMPLACA FILHO

Falando em Belarmino Lins, foi publicada no Diário Oficial a nomeação de um dos seus filhos, Alfredo Lins de Albuquerque, para o cargo de chefe do Escritório de Representação do Amazonas no Estado de São Paulo. O cargo tem status de secretário de Estado. Alfredo Lins é advogado e mora na capital paulista há mais de uma década. O último titular da pasta foi o atual secretário municipal de Educação, Pauderney Avelino.

___

HOMENAGEM A VIVO

O vereador Raulzinho (PSDB) tem um projeto em tramitação na Câmara Municipal de Manaus (CMM) propondo que o estacionamento da Casa Legislativa seja rebatizado com o nome do ex-vereador Messias Sampaio. O único problema é que o ex-vereador continua vivo e atuante no Sindicato do Jornalistas Profissionais do Amazonas. Portanto, ainda não pode ser homenageado com seu nome em locais públicos. O projeto do vereador segue para o arquivamento.

___

PROJETO ‘ROUBADO’

O vereador Capitão Carpê Andrade (Republicanos) ficou indignado com o fato de que o Projeto de Resolução para a criação da Comissão Técnica de Segurança Pública Municipal foi apresentado como se autoria fosse da Mesa Diretora da CMM. Carpê reivindica a autoria do projeto e não se conformou com o fato de ter sido apresentado sem o devido crédito. A CMM ficou de verificar o possível equívoco com a diretoria responsável.

___

PSICÓLOGO NA UBS

O vereador Marcio Tavares (Republicanos) protocolou nesta terça-feira (2), uma Indicação, ao Executivo Municipal que prevê a inclusão de psicólogos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para assistência na saúde mental da população e de pacientes recuperados da Covid-19. A proposta do vereador objetiva garantir melhor qualidade de vida aos manauaras que foram acometidos pela Covid-19. Para o vereador, a importância da saúde mental no processo de recuperação costuma ser esquecida.

Leia mais sobre Política

5 de dezembro: coarienses definirão quem vai controlar 2º maior orçamento do AM

Eleição suplementar em Coari vai escolher quem comandará o segundo maior orçamento do estado. Adail Filho aposta no nome do primo para sua sucessão.

21 de outubro de 2021

Proxalutamida rende indiciamento para médico que coordenou pesquisa

Flavio Cadegiani é acusado de crimes contra a humanidade por conduzir o estudo com proxalutamida no hospital Samel, em Manaus, e no Hospital da Brigada Militar do RS.

21 de outubro de 2021

Deputados adiam votação sobre prazo de editais e concurso da PM

Depois de uma longa sessão, projetos de Lei sobre o ingresso na PM e sobre a lei geral de concursos que estabelece mudanças no prazo dos editais ficou para semana que vem.

21 de outubro de 2021

Bancada do AM dividida na votação da PEC que altera Conselho do MP

Bancada do Amazonas na Câmara ficou dividida durante votação da PEC que altera a composição do Conselho do Ministério Público e que pode interferir na autonomia do órgão.

21 de outubro de 2021

Átila Lins e Delegado Pablo não respondem se tomaram vacina contra Covid

Portal questionou Átila Lins e Delegado Pablo sobre vacinação, mas os dois parlamentares não responderam nem que sim ou não. Câmara retoma trabalhos na próxima segunda.

21 de outubro de 2021

PL que reduz emissões é aprovado sob desconfiança de ambientalistas

Projeto de Lei aprovado no Senado adianta em cinco anos o cumprimento das metas assumidas pelo Governo Federal para a redução das emissões de carbono.

21 de outubro de 2021

Guedes defende reforma para que IR seja fonte do Auxílio Brasil de R$ 400

O ministro sugeriu, inclusive, uma mudança na política do teto de gastos. Para ele, porém, a decisão sobre uma antecipação da revisão será política.

21 de outubro de 2021

Prefeita de Presidente Figueiredo decreta emergência e facilita contratos

Patrícia Lopes decretou situação de emergência no município de Presidente Figueiredo e, com isso, abriu aval para a Prefeitura realizar contratos com dispensa de licitações.

21 de outubro de 2021