fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Quarentena eleitoral para juízes e policiais é aprovada e divide bancada do AM

A proposta de quarentena eleitoral para juízes e policiais teve orientação favorável de 14 partidos contra cinco contrários. Mudanças passam a valer nas eleições de 2026.

16 de setembro de 2021

Compartilhe

Marcelo Ramos defendeu a medida, que impõe travas a certas categorias. Alberto Neto e Delegado Pablo criticaram a aprovação da quarentena (Foto: Reprodução)

Algo que parecia superado, voltou com força total nesta quarta-feira (15). Na semana passada, a proposta de uma quarentena eleitoral para magistrados, membros do Ministério Público, policiais e militares havia sido retirada do texto do Projeto de Lei Complementar 112/21, que institui o novo Código Eleitoral. No entanto, ontem a pauta voltou à Casa e a emenda foi aprovada no Plenário da Câmara dos Deputados por 273 votos a 211, recebendo o apoio de 14 partidos, cinco foram contrários à aprovação.

O texto determina que, a partir de 2026, juízes, membros do Ministério Público, policiais e guardas municipais terão de se afastar definitivamente de seus cargos e funções quatro anos antes da eleição a qual pretendem se candidatar. Para militares e policiais militares, o afastamento será de quatro anos anteriores à escolha dos candidatos e das coligações.

Até as eleições de 2026, o texto determina a aplicação da regra geral, de afastamento do cargo em 2 de abril do ano eleitoral.

O vice-presidente da Câmara, deputado Marcelo Ramos (PL) afirmou que a proposta busca evitar o uso político de cargos tão estratégicos no Estado. “Há uma série de garantias para que possam exercer o seu poder de julgar, de prender ou de denunciar com a mais absoluta liberdade. E, obviamente, há que ter mecanismos e travas para garantir que esse poder de julgar, de prender ou de denunciar não possa ser contaminado por objetivos eleitorais”, afirmou.

Nas redes sociais, os deputados dos Amazonas, Capitão Alberto Neto (Republicanos) e Delegado Pablo (PSL) são contrários à emenda e manifestaram indignação com a reviravolta que traz o novo Código Eleitoral.

Alberto Neto afirmou que vai lutar para que o Senado retire essa alteração e reforçou ainda que vai cobrar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) o veto da quarentena, caso o texto seja aprovado pelos senadores.

Delegado Pablo fez alusão à perda do direito dos cidadão em escolher seus representantes no Dia da Democracia, comemorado ontem (15). ”Justamente no dia da democracia. Hoje a democracia perde! Votei contra, mas foi aprovado na Câmara uma proibição de 4 anos para juízes, promotores e policiais não serem candidatos. Nenhuma profissão deve ser obstáculo à escolha do povo nas urnas”.

Texto: João Luiz Onety, com informações da Câmara dos Deputados

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Disputa para o Governo do AM tem recorde de mulheres para posto de vice

Anne Moura, Ana Milena, Cristiane Balieiro, Rita Nobre e Vera Castelo Branco disputam a vaga. A lista de candidatos inclui Michiles, Tadeu de Souza e o Engenheiro Machadão.

8 de agosto de 2022

Wilson e Braga terão 60% do tempo de propaganda na TV e no rádio

O tempo que cada candidato terá na propaganda eleitoral está relacionado ao tamanho da bancada eleita em 2018 para a Câmara dos Deputados e abrangência das alianças formadas.

8 de agosto de 2022

Wilson garante ter dado condições para novas matrizes econômicas no AM

O governador disse que os investimentos em gás natural e potássio têm avançado e que tem criado condições para desenvolver os novos mercados para reduzir dependência da ZFM.

8 de agosto de 2022

Confira os candidatos às eleições 2022 pelo MDB no Amazonas

O MDB aposta na candidatura de Eduardo Braga e Anne Moura ao Governo do Amazonas, além de apoiar a reeleição de Omar Aziz. 25 nomes concorrem à Aleam e nove à Câmara Federal.

8 de agosto de 2022

Das seis candidaturas ao Senado no Amazonas, apenas uma é feminina

Apesar de os partidos terem confirmados os nomes dos candidatos ao Senado em convenções partidárias, nenhuma candidatura foi registrada ainda oficialmente no TSE.

8 de agosto de 2022

PMB é o primeiro partido do AM a registrar candidaturas no TSE

Entre os 25 candidatos, cinco são ex-vereadores. A lista inclui ex-secretário, professores, empresários, militares, líderes religiosos, contador e digital influencer.

8 de agosto de 2022

Lula declara ao TSE patrimônio de R$ 7,4 milhões menor do que em 2018

O valor é inferior ao declarado por Lula em 2018, quando afirmou ter R$ 8 milhões –na época, ele teve a candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa.

8 de agosto de 2022

Justiça de São Gabriel da Cachoeira determina suspensão de shows

Shows de Barões da Pisadinha, Naiara Azevedo, Amado Batista e Anderson Freire em São Gabriel da Cachoeira está suspensão por liminar da Justiça do município.

8 de agosto de 2022