fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

Quadro pandêmico e período de chuvas fazem CMM antecipar retorno das férias

O presidente David Reis disse que o momento pede que os vereadores se unam às demais autoridades para enfrentar novo quadro da Covid e ajudar pessoas afetadas pelas chuvas.

18 de janeiro de 2022

Compartilhe

Marcado para o dia 7 de fevereiro anteriormente, retorno agora será no dia 2 (Foto: Divulgação)

A Câmara Municipal de Manaus (CMM) antecipará o retorno dos trabalhos do legislativo neste ano, do dia 7 para 2 de fevereiro. A medida foi definida nesta terça-feira (18) pelo presidente da Casa, David Reis (Avante), em atenção ao agravamento do quadro da pandemia da Covid-19 e das fortes chuvas que têm atingido Manaus neste período de inverno amazônico.

“Vamos antecipar o retorno da Câmara, com os trabalhos dos vereadores no plenário e nas comissões para nos unirmos à Prefeitura e demais autoridades no enfrentamento da pandemia da Covid-19 e também na atenção à população que vem sendo afetada pelas fortes chuvas”, anunciou David Reis.

Regimentalmente, o início do ano legislativo se daria apenas no dia 7 de fevereiro. No primeiro dia de trabalhos da CMM, o prefeito faz a leitura da mensagem governamental, destacando diretrizes do Executivo para o novo ano.

O presidente da Câmara de Manaus ressalta, entretanto, que o retorno das atividades seguirá todos cuidados sanitários necessários ao enfrentamento do coronavírus, agora com uma nova variante, muito mais transmissível: a ômicron.

Como anunciado no início desta semana, David Reis, conjuntamente com a mesa diretora da Casa, deliberou a manutenção do regime híbrido para a atuação dos vereadores, no plenário e nas comissões, ou seja, de forma presencial ou virtual (pela internet).

Servidores com comorbidade e com mais de 60 anos de idade passam a trabalhar em home office, medida que será estendida e administrada por cada setor, em um esforço que objetiva evitar aglomerações e o aumento do número de infectados pelo vírus.

Com relação ao público externo, a CMM também restringirá a quantidade de visitantes nas dependências da Casa legislativa, além de exigir o cartão de vacinação.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson destina mais de R$ 57 milhões para os municípios Caapiranga e Anamã

Os investimentos do Governo do Amazonas têm o objetivo de melhorar a infraestrutura, o escoamento da produção agrícola e a trafegabilidade nos dois municípios.

20 de maio de 2022

Moraes bloqueia bens de Daniel Silveira para garantir pagamento de multas

Medida do ministro Moraes visa garantir que Daniel Silveira pague as multas acumuladas em mais de R$ 600 mil pelo descumprimento do uso de tornozeleira eletrônica.

20 de maio de 2022

Wilson anuncia R$ 1,3 milhão para equipamentos no Hospital de Caapiranga

O hospital recebeu reforma geral, passando por ampliações e adaptações, sendo necessário para o completo atendimento aos usuários, e reforço na estrutura.

20 de maio de 2022

Aliados de Bolsonaro indicam nova visita do presidente ao AM no dia 28 de maio

O anúncio da vinda do presidente foi feito por seus aliados no Amazonas. No entanto, a agenda presidencial ainda não foi divulgada oficialmente pelo Planalto.

20 de maio de 2022

Lula estabiliza em 44% contra 32% de Bolsonaro em nova pesquisa Ipespe

Pesquisa foi realizada por telefone, entre os dias 16 e 18 de maio, com 1 mil entrevistados com idade a partir de 16 anos, em todas as regiões do país.

20 de maio de 2022

Prefeitos do AM criam novo fórum e esvaziam Associação de Municípios

Desde a eleição de Jair Souto para o comando da AAM, os demais prefeitos reclamam da falta interlocução dele com o Governo do Estado para sanar demandas do interior.

20 de maio de 2022

Escolha de ouvidor-geral nas Defensorias deve ser em lista tríplice

Segundo relator Gilmar Mendes, as atribuições conferidas aos membros da Ouvidoria-Geral das Defensorias Públicas estão entre as previstas na Constituição Federal

20 de maio de 2022

‘Wilson levou asfalto onde jamais imaginavam’, diz pré-candidato do Republicanos

Pastor da Igreja Universal diz que não é bolsonarista e tem opinião própria sobre a corrida presidencial, mas se for eleito buscará parceria mesmo com Lula na presidência.

20 de maio de 2022