fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Procuradoria abre inquérito para investigar invasões a terras indígenas no AM

Procuradoria da República no Amazonas abriu inquérito para investigar possíveis omissões do Exército, Polícia Federal e Funai no combate a invasões de terras indígenas.

8 de outubro de 2021

Compartilhe

Para o procurador da República Fernando Soave avalia que não há uma resposta efetiva do Governo Federal diante das denúncias de invasões (Foto: Reprodução)

A Procuradoria da República do Amazonas abriu um inquérito civil público para apurar a atuação do Exército Brasileiro, da Polícia Federal e da Fundação Nacional do Índio (Funai) no combate a invasões de garimpeiros ilegais e narcotraficantes na Terra Indígena Rio Negro 1, na Região do Alto Rio Negro, na fronteira com a Colombia

De acordo com informações das lideranças indígenas da região, houve uma série de invasões desde o início deste ano no rio Marié, afluente do rio Negro, na região Noroeste do Amazonas.

A TI Rio Negro 1 ocupa terras espalhadas por três município: São Gabriel da Cachoeira, Santa Isabel do Rio Negro e Japurá, sendo habitada por 11 etnias indígenas, com uma população de quase dois mil índios.

Os suspeitos foram avistados em lanchas e voadeiras com motores potentes. Eles entram na região sem se identificar e saem após alguns dias. Acredita-se que sejam agentes do narcotráfico ou do garimpo ilegal.

Ao portal Metrópoles o procurador da República Fernando Soave avalia que não há uma resposta efetiva do Governo Federal diante das denúncias de invasões.

“A gente está acompanhando a fiscalização nesses locais. O rio Negro sempre foi mais tranquilo quanto a essas invasões, mas, de um tempo para cá, principalmente no último ano, têm aparecido grandes balsas de garimpos, de mineração ilegal. Há relatos de que grandes empresas estariam financiando isso, com prospecção e tudo mais, e não está tendo uma resposta dos órgãos públicos à altura”, assegura o procurador.

Texto: Gerson Severo Dantas, com informações do portal Metrópoles

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima se reúne com agricultores no Ramal do Brasileirinho

Governador conversou com cerca de 1 mil agricultores do ramal do Brasileirinho, na zona rural de Manaus, onde ouviu demandas do setor primário do Estado.

7 de agosto de 2022

Multidão invade ruas de Maués em apoio à comitiva do PSD e aliados

A comitiva percorreu ruas do município e foi seguida por uma multidão de apoiadores que prestigiaram o lançamento da candidatura de Sidney Leite à reeleição na Câmara.

7 de agosto de 2022

Bolsonaro paga R$ 89 milhões em campanhas que elogiam sua gestão

Três campanhas institucionais são as mais caras pagas pelo Governo Bolsonaro. 60% do valor gasto até o momento é com ênfase nas redes sociais.

7 de agosto de 2022

Campanha de Lula quer Petrobras fora de privatização e ações da Eletrobras

Proposta da campanha de Lula inclui ainda a fusão da Petrobras com a Eletrobras criando uma estatal da energia. Assessores veem erros nas privatizações de Bolsonaro.

7 de agosto de 2022

Ambev pode sair do Amazonas e causar desemprego, alerta senador

Omar Aziz alertou que decretos de redução do IPI de concentrados ameaçam empregos em Maués, pois a Ambev, que compra guaraná do município; pode sair do Amazonas.

7 de agosto de 2022

Michelle Bolsonaro diz em culto que Planalto já foi ‘consagrado a demônios’

Michelle Bolsonaro reforça aspecto evangélico da campanha de Bolsonaro e tenta diminuir rejeição do presidente junto ao eleitorado das mulheres.

7 de agosto de 2022

1º debate com candidatos ao Governo do AM acontece neste domingo

Band Amazonas mantém tradição com debate e com o formato, anunciando o fim do botão de tempo que era administrado pelos próprios candidatos.

7 de agosto de 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

A Constituição Federal estabelece o voto facultativo, ou seja, opcional, para os jovens de 16 e 17 anos de idade; pessoas com 70 anos ou mais e também para analfabetos.

7 de agosto de 2022