fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

Preso por corrupção, Crivella tem passaporte liberado por Gilmar Mendes

Marcelo Crivella estava proibido de sair do Brasil desde fevereiro deste ano, quando foi preso por suspeita de corrupção enquanto governou a cidade do Rio de Janeiro.

14 de agosto de 2021

Compartilhe

O presidente Jair Bolsonaro convidou Crivella para o comando da embaixada brasileira na África do Sul (Foto: reprodução)

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes revogou os efeitos da medida cautelar que proibia o ex-prefeito do Rio de Janeiro Marcelo Crivella de se ausentar do país. Com isso, ele determinou a devolução do passaporte do bispo da Igreja Universal e ex-prefeito do Rio de Janeiro. De acordo com a decisão o impeditivo para Crivella deixar o país carece de “fatos contemporâneos”.

“Percebe-se que os fatos imputados ao paciente, para além de qualquer juízo sobre a robustez do acervo probatório colhido até aqui, concentram-se temporalmente nos anos de 2016 a 2019, o que faz com que a contemporaneidade dos fatos esteja cada vez mais distante”, escreveu.

Marcelo Crivella estava proibido de sair do Brasil desde fevereiro deste ano, quando foi preso por suspeita de corrupção na gestão municipal. Ele também passou a responder por crime de falsidade ideológica eleitoral.

Na ocasião, Gilmar Mendes substituiu a prisão por reclusão domiciliar e uma série de medidas restritivas. O passaporte dele foi, então, apreendido. Apesar disso, em junho o presidente Jair Bolsonaro convidou Crivella para ser embaixador do Brasil na África.

Informações do Congresso em Foco

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Após viagens na pandemia e diagnóstico de Covid-19, Assis volta à CMM

Vereador chamava a atenção de pessoas por aglomerações e o não uso de máscara, mas na Pandemia emendou duas viagens seguidas em agosto e voltou pra Manaus com Covid-19.

22 de outubro de 2021

Ex-ministro Esteves Colnago assumirá Secretaria de Tesouro e Orçamento

A nomeação foi confirmada há pouco pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em declaração conjunta ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

22 de outubro de 2021

Presidência ou Senado? Sérgio Moro confirma filiação ao Podemos

O ex-juiz deve decidir se concorrerá à Presidência ou ao Senado em breve. A expectativa dentro do partido é que Moro concorra ao Palácio do Planalto.

22 de outubro de 2021

Precatórios: mudanças no teto de gastos, vacinas e Auxílio Brasil

O relator, deputado Hugo Motta, destacou que a aprovação é importante para garantir o Auxílio Brasil, com a previsão de R$ 400 para atender 17 milhões de famílias em 2022.

22 de outubro de 2021

Magistrados do TJAM custaram quase 50 mil em 2020, diz CNJ

Relatório Justiça em Números, produzido pelo Conselho Nacional de Justiça, apresenta números detalhados da atividade dos tribunais brasileiros em 2020.

22 de outubro de 2021

Grupo Samel se posiciona sobre estudo com a proxalutamida

Diretoria do grupo Samel explicou, em direito de resposta obtido na Justiça contra o jornal O Globo, qual papel da empresa na pesquisa com medicamento proxalutamida.

22 de outubro de 2021

Senado aprova PL que prevê repasse de R$ 2 bilhões para Santas Casas

As entidades a serem beneficiadas são aquelas que complementam as operações do SUS, recebendo demandas do sistema público. O texto ainda precisa ser votado na Câmara.

22 de outubro de 2021

Governo pede correção na autorização de empréstimo de R$ 452 milhões

Governo alegou que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) solicitou garantias mais sólidas para a celebração do contrato entre as partes.

22 de outubro de 2021