fbpx

terça, 26 de janeiro de 2021

Presidente e relator da Comissão de Impeachment são da base aliada

Comissão será presidida pela deputada Alessandra Campêlo (MDB) e terá como relator o deputado Dr. Gomes (PSC), ambos da base aliada do governo.

14 de julho de 2020

Compartilhe

Alessandra Campêlo e Dr. Gomes estarão na presidência e relatoria da Comissão, respectivamente. (Foto: Divulgação)

A deputada estadual Alessandra Campêlo (MDB) vai ser presidente da Comissão Especial que vai discutir o processo de impeachment do governador Wilson Lima (PSC) e o vice-governador Carlos Almeida (PTB).

Além disso, para o cargo de relator, o indicado foi o deputado estadual Dr. Gomes (PSC).

A votação foi realizada na Assembleia Legislativa do Estado (Aleam). Na ocasião, os deputados puderam escolher entre  Alessandra Campêlo (MDB) para presidência e Dr. Gomes (PSC) para relatoria ou Felipe Souza (Patriotas) para presidência e Fausto Jr (PRTB) para relatoria.

Durante a votação, a deputada Alessandra Campêlo recebeu nove votos, contra sete votos de Felipe Souza. O deputado Saullo Vianna (PTB) se absteve de votar.

O deputado Dr. Gomes vai ser o relator após receber 10 votos, contra seis votos de Fausto Jr. O deputado João Luiz (PRB) se absteve de votar.

Como resultado da votação, presidente e relator da Comissão de Impeachment são da base aliada.

Homologação

Os trabalhos para homologação dos blocos da chapa foram conduzidos pela vice-presidente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam), Alessandra Campêlo (MDB).

O procedimento foi realizado novamente porque na última quinta-feira (9) foi constatado que não havia a quantidade mínima de 13 deputados para a homologação da chapa.

Na sessão desta terça-feira (14) apenas os deputados Álvaro Campêlo (PP) e Josué Neto (PRTB) não votaram e, com isso, mantiveram os blocos definidos anteriormente.

A Comissão Especial do Impeachment da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) foi definida, inicialmente,  durante sessão plenária da última quinta-feira (9).

Ao todo, 17 deputados compõem a Comissão que vai julgar o processo de impedimento do governador Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida (PTB).

Dos 17 deputados que compõem a Comissão Especial, dez se dizem da base aliada do governo.

A Comissão deve analisar denúncias do presidente do Sindicato dos Médicos, Mario Rubens Macedo Vianna, e da médica Patrícia Del Pilar Suarez Sicchar, que acusam o governador e o vice por crime de responsabilidade.

Leia mais:

Veja mais notícias

Manifesto na internet quer viabilizar auxilio de R$ 500 no Amazonas

De acordo com os organizadores, as assinaturas são fundamentais para que esta proposta possa ser apresentada para a Câmara Municipal de Manaus e para a Assembleia Legislativa

25 de janeiro de 2021

Em Manaus, Pazuello pede reforço aos atendimentos na Atenção Básica

A recomendação foi feita ao prefeito David Almeida, durante reunião do Comitê de Crise – Controle de Operações Especiais (COE), na manhã desta segunda-feira (25).

25 de janeiro de 2021

Deputado quer investigação de preços abusivos na venda de oxigênio

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o aumento sem justa causa de preços constitui em prática abusiva. Tal ação é expressamente proibida, conforme art.39 do CDC.

25 de janeiro de 2021

Idosos do Doutor Thomas recebem 1ª dose da Coronavac nesta terça

Ao todo, entre idosos e profissionais de saúde que atuam na Fundação, 346 devem receber a primeira dose da Coronavac. Vacinação em drive-thru não tem data para iniciar.

25 de janeiro de 2021

TCE-AM dá 72h para Prefeitura justificar falhas na lista de vacinados

Os técnicos da Corte de Contas identificaram dezenas de nomes repetidos e centenas de CPF´s inexistente ou errados, além da falta de especificações de cargos e lotações.

25 de janeiro de 2021

Cartórios ganham na Justiça direito de permanecer abertos no AM

Decreto estadual limitou a abertura dos cartórios apenas para serviços de registro de nascimento e óbito. Juiz atendeu pedido da Anoreg e derrubou a restrição.

25 de janeiro de 2021

Por vacinação indevida, SES-AM exonera diretora do HPS da Criança da ZL

Apuração da pasta identificou que foi a servidora que incluiu, indevidamente, um servidor da Casa Civil na lista de trabalhadores de saúde que deveriam ser vacinados.

25 de janeiro de 2021

Wilson Lima manda demitir motorista que furou fila da Coronavac

O funcionário que tem cargo de assessor técnico consta na lista de vacinados. Governador disse que não compactuará com esse tipo de conduta e determinou que seja exonerado.

25 de janeiro de 2021