fbpx

sábado, 23 de outubro de 2021

Prefeitura de Maués pagará mais de R$ 16 milhões por itens de informática

Em menos de um mês, a Prefeitura anunciou a homologação de dois pregões presenciais, no valor total de R$ 16.176.794,80, para aquisição de equipamentos de informática.

21 de setembro de 2021

Compartilhe

Itens serão adquiridos pela administração do prefeito Júnior Leite (Foto: Reprodução)

O prefeito de Maués, Carlos Oliveira Júnior, conhecido como Júnior Leite, vai gastar mais de R$ 16 milhões com a compra de equipamentos de informática. O valor consta em duas edições do Diário Oficial Eletrônico (DOE) dos Municípios do Estado do Amazonas, sendo uma no dia 25 de agosto e a outra no dia 20 de setembro.

Na edição da última segunda-feira (20) consta que a gestão municipal de Maués pagará mais de R$ 10 milhões a oito empresas, que venceram licitação para fornecer itens de um pregão presencial anunciado pela gestão municipal.

Conforme o RealTime1 tem monitorado, essa e outras licitações anunciadas recentemente pelo executivo municipal de Maués despertam a atenção pelo valor que representam.

No dia 23 de agosto deste ano, o DOE revelou que a prefeitura pagaria R$ 5,8 milhões a três empresas: P E G – Comércio e Serviços de Informática Ltda., M E dos S Gomes e M R Conservação e Limpeza Ltda., que venceram outro pregão presencial.

Em menos de um mês, a prefeitura anunciou a homologação de dois pregões presenciais, no valor total de R$ 16.176.794,80, para um único objetivo: aquisição de equipamentos de informática.

A justificativa da atual gestão municipal é que o material será usado para atender o complexo administrativo da Prefeitura de Maués.

Valor superior a R$ 10 milhões será dividido entre empresas

No total, oito empresas venceram o pregão presencial e foram consideradas aptas pela Comissão Municipal de Licitação. Juntas, as empresas vão receber o montante de R$ 10.354.364,80.

De acordo com o despacho de homologação do pregão presencial, divulgado na edição desta segunda-feira (20) do Diário Oficial Eletrônico (DOE) dos Municípios do Amazonas, as empresas irão fornecer material gráfico para atender às demandas administrativas da Prefeitura de Maués.

Saiba quem são as empresas da licitação de R$ 10 milhões e quanto cada uma vai receber

Abaixo, confira a lista com os nomes das empresas ao lado do valor que será recebido pela Prefeitura.

GRAMA GRAFICA MANAUS LTDA receberá R$ 3.089.860,00
A C R BATISTA SERVIÇOS GRÁFICOS EIRELI receberá R$ 1.889.823,75
E M GONDIM EIRELI receberá R$ 337.500,00
R F PENA DOS SANTOS – ME receberá R$ 633.690,00
L P DE ANDRADE P DE ANDRADE COMERCIAL receberá R$ 1.441.399,00
M A P FERREIRA EIRELI – EPP receberá R$ 1.401.865,50
R M CRUZ FILHO SERVIÇOS – ME receberá R$ 328.079,50
EDUARDO SIQUEIRA DE MORAES – EPP receberá R$ 1.232.147,00

Contrato pode aumentar com novo pregão

O valor ainda poderia superar o divulgado pelo RealTime1, com base na soma dos dois pregões. Isso porque alguns itens do segundo pregão presencial não foram arrematados e são considerados fracassados. Com isso, um novo pregão pode ser instalado para a escolha da empresa vencedora dos itens restantes.

Confira o despacho de homologação publicado na última segunda-feira (20), que revela as empresas vencedoras do pregão de mais de R$ 10 milhões:

Dedetização vai custar R$ 3,8 milhões

Na edição do último dia 13, o prefeito em exercício no município de Maués, Sérgio Mazzini Leite Filho, anunciou a contratação da empresa Biolimpo LTDA – EPP, por R$ 3,8 milhões, para prestação de serviços de dedetização e controle de pragas em prédios públicos.

A empresa é a mesma que foi contratada sem licitação pela Prefeitura de Manaus, conforme portaria publicada no dia 30 de junho desde ano, por Pauderney Avelino (DEM), secretário municipal de educação, e pelo subsecretário de Administração e Finanças da Semed, Lourival Praia.

O valor do contrato foi de R$ 2,5 milhões, pela prestação de serviços de desinfecção e sanitização de escolas municipais na capital amazonense. Ou seja, o mesmo tipo de serviço em Manaus por um valor abaixo do contratado pela Prefeitura de Maués.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Gilberto Kassab anuncia Rodrigo Pacheco como candidato a presidente

O presidente Nacional do PSD revelou, neste sábado, que o candidato do partido à presidência, no próximo ano, será o senador Rodrigo Pacheco, presidente do Senado.

23 de outubro de 2021

Wilson Lima e David Almeida assinam convênios de mais de meio bilhão

O governador Wilson Lima e o prefeito David Almeida assinarão, amanhã, uma série de convênios que representarão um presente para a cidade que fará 352 anos neste domingo.

23 de outubro de 2021

STF realiza audiência para discutir a criação do juiz de garantias

Juiz de garantias vai atuar fiscalizando a legalidade dos atos praticados pelo juiz da instrução criminal, o que gerou uma dúvida sobre a constitucionalidade desta novidade.

23 de outubro de 2021

Congresso abre prazo para apresentação de emendas a LOA da União

Lei Orçamentária Anual (LOA) do Governo Federal reservou R$ 16,2 bilhões para os parlamentares apresentarem emendas com execução obrigatória no próximo ano.

23 de outubro de 2021

Improbidade administrativa um problema recorrente das prefeituras

Para analista político, irregularidades na prestação de contas pode ser fruto da falta de pessoal, dificuldades dos servidores e até mesmo má fé com a causa pública.

23 de outubro de 2021

“Baixo orçamento é oriundo de Arthur Neto”, culpa Antônio Stroski

Titular da secretaria de meio ambiente disse que política de "encolhimento" de antecessor foi responsável pelo atual orçamento de R$ 17,1 milhões em 2022.

23 de outubro de 2021

Após viagens na pandemia e diagnóstico de Covid-19, Assis volta à CMM

Vereador chamava a atenção de pessoas por aglomerações e o não uso de máscara, mas na Pandemia emendou duas viagens seguidas em agosto e voltou pra Manaus com Covid-19.

22 de outubro de 2021

Ex-ministro Esteves Colnago assumirá Secretaria de Tesouro e Orçamento

A nomeação foi confirmada há pouco pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, em declaração conjunta ao lado do presidente Jair Bolsonaro.

22 de outubro de 2021