fbpx

sábado, 13 de agosto de 2022

Pragmatismo pesa mais que ideologia nas alianças para as eleições de 2022

Diferente de 2018, quando houve candidaturas com peso maior da ideologia, as alianças no Amazonas são marcadas pela praticidade e divergem em alguns casos das federações.

1 de julho de 2022

Compartilhe

Conversas entre candidatos continuam até a conclusão das convenções, em 5 de agosto (Foto: João Onety/RealTime1)

Se as eleições de 2018 foram marcadas pelo bolsonarismo x petismo, conservadorismo x progressistas e nova x velha política, o mesmo não pode ser dito das últimas eleições. Assim como em 2020, nos pleitos para prefeituras, as alianças no Amazonas para os apoios ao Governo, Câmara Federal, Senado e Presidência da República estão marcadas mais pelo pragmatismo que por suas ideologias.

“Nas eleições de 2018, a marca de ser um político ‘bolsonarista’ ou da ‘nova política’ foi muito usada durante a campanha, algo que não se repetiu em 2020 e não deve acontecer em 2022”, diz o cientista político Breno Rodrigues de Messias Leite.

Ele avalia, por exemplo, o peso da corrida presidencial entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL). “Os políticos estão sendo mais pragmáticos em manifestar apoio aos presidenciáveis do que por ideologia”, afirma Breno Messias.

Apesar das federações serem uma forma de tentar dar um alinhamento de valores nas candidaturas, as alianças regionais estão tendo mais liberdade para compor as chapas.

O União Brasil por exemplo, tem como nome para o Planalto Luiz Bivar, mas no Amazonas, Wilson Lima, filiado na mesma sigla, parece que vai caminhar ao lado de Jair Bolsonaro (PL).

Com apoio, em nível nacional, do Solidariedade, partido do deputado estadual Ricardo Nicolau pré-candidato ao governo, o PT e a campanha de Lula acenam para a pré-candidatura de Eduardo Braga (MDB).

No Amazonas, o PT também apoia a reeleição do senador Omar Aziz (PSD), mas a ala mais ideológica do partido, encabeçada pelo deputado federal Zé Ricardo sonha com uma candidatura puramente petista tanto para o Senado quanto para o Governo.

Outros protagonistas de rivalidade histórica, o ex-prefeito Arthur Neto (do PSDB, legenda mais liberal) e o ex-governador Amazonino Mendes (mais populista e agora no Cidadania), firmaram aliança em 2022 para a candidatura de Amazonino ao Governo e a de Arthur ao Senado.

Pelas movimentações no Amazonas, até 5 de agosto, prazo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a oficialização das chapas, as ideologias ficam de escanteio, enquanto o pragmatismo e o imponderável caminham de mãos dadas.

Texto: Emerson Medina

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Carol Braz quer destinar 30% dos cargos do Governo aos jovens

Carol Braz apresentou propostas para o incentivo dos jovens ao primeiro emprego e oferta de cargos comissionados para este público, caso seja eleita governadora.

12 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

12 de agosto de 2022

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

Conforme a legislação eleitoral, 90% do tempo total de propaganda são distribuídos proporcionalmente pelo número de deputados. O restante (10%) é dividido igualitariamente. 

12 de agosto de 2022

STF terceiriza para TSE manifestações sobre atos pró-democracia

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, defendeu as urnas eletrônicas, disse que é preciso rejeitar o retrocesso e se opôs às fake news.

12 de agosto de 2022

Novas regras incentivam a eleição de mulheres e negros para a Câmara

Novas regras da reforma eleitoral do ano passado dobram o valor dos votos para mulheres e negros candidatos à Câmara dos Deputados, em Brasília.

12 de agosto de 2022

Chapa Solidariedade-PSB assina carta pela ética e boa governança, no AM

Candidato ao Governo do Amazonas pela Coligação ‘Nós, o Povo’, Ricardo Nicolau assinou a carta junto com a candidata a vice-governadora na chapa, Cristiane Balieiro.

12 de agosto de 2022

4 nomes na disputa ao Senado já pediram o registro de candidatura, no AM

Sete candidatos se apresentam para o cargo de senador do Amazonas, mas, até à tarde desta sexta, três deles ainda não registraram pedido de candidatura no TSE.

12 de agosto de 2022

TSE já recebeu nove registros de candidaturas à Presidência da República

Justiça Eleitoral atualizou os dados de registros das candidaturas à Presidência da República, até esta quinta-feira, com nove chapas que pleiteiam disputar as eleições.

12 de agosto de 2022