fbpx

domingo, 16 de janeiro de 2022

Plínio faz balanço do mandato e quer conta de energia mais barata em 2022

Na pauta, estão a CPI das ONGs, a taxação de grandes fortunas e Projeto de Lei que cria o Programa de Incentivo ao Desenvolvimento da Energia Eólica e da Solar Fotovoltaica.

31 de dezembro de 2021

Compartilhe

Senador Plínio Valério está no terceiro ano do mandato federal (Foto: Roque de Sá/Agência Senado)

O senador Plínio Valério (PSDB) destacou, durante a entrevista ao RealTime1, a atuação dele durante o ano de 2021 no Senado Federal com pronunciamentos na tribuna e também com a aprovação de emendas ao Orçamento Geral da União.

Segundo ele, a autonomia do Banco Central, tema que foi debatido por mais de 30 anos no Congresso Nacional, finalmente virou Lei e foi sancionada pelo presidente da República a partir de uma iniciativa do parlamentar.

Já nos terceiro ano de mandato, o senador citou algumas conquistas, como a aprovação de duas leis de combate à violência contra a mulher e elencou alguns dos trabalhos nos quais atuou direta ou indiretamente.

“Apresentei 29 projetos e relatei outros 72 projetos, sendo que dois desses projetos aprovados são meus. Na Tribuna, me orgulho de poder ter atuado na defesa da Zona Franca de Manaus, da BR-319, do meio ambiente e da CPI das ONGs, que a gente tá cobrando para que seja instalada”, ressalta Plínio.

Mais de R$ 230 milhões ao Amazonas

O parlamentar destacou, também, as indicações de suas emendas parlamentares.

Plínio diz que conseguiu, durante os três anos de mandato, indicar R$ 234 milhões por meio de emendas parlamentares, sendo que R$ 194 milhões foram empenhados e, desse total, R$ 85 milhões já foram pagos.

Só para a área da saúde, o senador revela que foram destinados 70% do valor das emendas parlamentares.

Entre os investimentos, está também a destinação de verba para a aquisição de geradores de energia elétrica para levar luz às comunidades no interior do Amazonas.

Taxação de grandes forturnas

O senador destaca que para 2022, além da instação da CPI das ONGs, espera conseguir a aprovação de mais um de seus projetos. Desta vez, a taxação de grandes fortunas.

Plínio acredita que o projeto é uma forma para que os bilionários retribuam aos contribuintes brasileiros o dinheiro gasto pelo Estado para construir a infraestrutura usada ao longo dos anos para enriquecerem.

Projeto de Lei do Pides

Além disso, Plínio diz que também buscará a aprovação do Projeto de Lei que cria o Programa de Incentivo ao Desenvolvimento da Energia Eólica e da Solar Fotovoltaica (Pides) (PL 3.386/2021).

Segundo ele, o projeto vai ajudar a diminuir o valor na conta de luz e gerar economia nos lares brasileiros.

A proposta, apresentado em outubro deste ano, foi aprovada pela Comissão de Meio Ambiente (CMA) em novembro e agora segue para apreciação da Câmara dos Deputados.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Sindicato diz que MP-AM coloca servidores em risco de infecção por covid-19

Entidade que representa servidores do MP pede para que o órgão reconsidere a decisão de revezamento do trabalho. Servidores do grupo de risco foram colocados no revezamento.

16 de janeiro de 2022

Militares ensaiam retorno a posição mais discreta depois de fiasco no governo Bolsonaro

Desde o início a posse do presidente Bolsonaro, militares das três forças embarcaram no governo do ex-capitão expulso do Exército baseados na alta avaliação da população.

16 de janeiro de 2022

Ministros do STF atuam na disputa por indicação de vagas do STJ

Gilmar, Fux, Toffoli e Nunes Marques apoiam postulantes às duas cadeiras que serão preenchidas no Superior Tribunal. O STJ está há um ano com menos dois ministros.

16 de janeiro de 2022

Bolsonaro fala com donos de pousada interditada por não se vacinarem

Proprietários de pousada em Fernando de Noronha (PE) haviam se recusado a tomar vacina. Bolsonaro criticou decisão do governador pernambucano Paulo Câmara (PSB).

16 de janeiro de 2022

Bolsonarista Luciano Hang recupera conta no Twitter após 3 dias suspenso

Hang foi suspenso do Twitter nesta quarta-feira (12) por compartilhar fake news. A assessoria do empresário argumentou que a decisão viola a liberdade de expressão dele.

16 de janeiro de 2022

Capitã Cloroquina é condenada a pagar R$ 10 mil em ação contra Aziz

Capitã Cloroquina alegou no processo “demonstração de misoginia” em críticas feitas pelo senador Omar Aziz em entrevistas à imprensa. O senador alegou imunidade parlamentar.

16 de janeiro de 2022

TV RealTime1 promove série de entrevistas para explicar regras eleitorais

A minireforma eleitoral, aprovada em 2021, trouxe dúvidas para candidatos e eleitores e, por isso, a TV RealTime1 fará três programas especiais sobre o tema nesta semana.

16 de janeiro de 2022

Érico Desterro diz que Tribunal de Contas tem autonomia para analisar gastos da ALE-AM

Érico Desterro preside pela segunda vez o Tribunal de Contas do Amazonas. Na avaliação dele, o Tribunal de Contas é totalmente independente apesar de orçamento compartilhado.

15 de janeiro de 2022