fbpx

sexta, 23 de julho de 2021

Oposição corre contra o tempo para tentar emplacar nova CPI na Aleam

A pouco mais de uma semana para o início do recesso parlamentar, a oposição tenta recolher seus pedaços após a disputa de CPIs para acelerar a instauração das investigações.

8 de julho de 2021

Compartilhe

Wilker Barreto e Dermilson Chagas retiram o pedido da CPI da Pandemia e embarcaram na proposta do Delegado Péricles (Foto: Divulgação)

A proposta para criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia foi enterrada na manhã desta quinta-feira (8) na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) e abriu espaço para a oposição, que tenta correr contra o tempo para instaurar a ‘CPI da Asfixia’ antes do recesso legislativo que deve iniciar ainda nesta quinzena. Uma nova investigação pela Casa é considerada eleitoreira por alguns analistas políticos.

A disputa de CPIs foi o tema da semana na casa, quando a proposta de autoria do deputado Dermilson Chagas (Podemos) sobrescrita por seu colega de sigla Wilker Barreto e Delegado Péricles (PSL) estava prestes a conquistar a última assinatura necessária para a instauração. Foi então que, em uma manobra, Péricles tomou para si a autoria de uma outra proposta e mudou o rumo da Comissão, provocando muito bate-boca e um racha na oposição.

Para tentar por fim à disputa, Wilker submeteu um aditivo ao texto de Péricles para que fossem analisados os contratos feitos pelo Estado de abril de 2020 à julho 2021 e sugeriu que todos os deputados, e não apenas os titulares, possam colaborar com as oitivas.

O apoio ao texto seria uma tentativa de acelerar o apoio dos outros parlamentares para que o processo seja iniciado antes do recesso.

O documento já possui a assinatura dos deputados Péricles, Dermilson, Wilker, Serafim Corrêa (PSB) e Sinésio Campos (PT) e deve receber a de Nicolau, até amanhã. Fausto Júnior (MDB) retirou a assinatura da, agora, extinta CPI da Pandemia até que fossem resolvidas as divergências entre os parlamentares e também deve apoiar as investigações.

A dúvida está na adesão do presidente da Aleam Roberto Cidade (PV) e Nejmi Aziz (PSD) que haviam dado apoio à proposta de Dermilson.

Texto: Giovanna Marinho

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Auxílios e soluções tributárias foram destaque na Aleam durante a pandemia

Apesar da baixa quantidade de projetos propostos diretamente pelos parlamentares sobre ajuda financeira, a maioria recebeu celeridade na aprovação na Assembleia Legislativa.

23 de julho de 2021

Wilson Lima quer ‘transformar Amazonas’ com 13 projetos do Educa+

Abrangendo 13 projetos, o Educa+ busca transformar a educação em todos os 62 municípios com o intuito de formar estudantes com pensamentos mais críticos.

23 de julho de 2021

E-mails da Saúde atestam que Manaus serviu como ‘cobaia’ na pandemia

Documentos encaminhados a CPI da Covid mostram que Ministério mandou 11 médicos para Manaus no auge da segunda onda com a missão de disseminar uso do tratamento precoce.

23 de julho de 2021

Joice Hasselman é agredida e recebe solidariedade da bancada feminina

Deputada federal por São Paulo revelou que sofreu um possível 'atentado' enquanto assistia séries de televisão na sala do apartamento funcional onde mora em Brasília.

23 de julho de 2021

Criação de leis relacionadas à pandemia não foi prioridade na Aleam

Mesmo com 12% dos projetos de lei apresentados pelos deputados estaduais tratando de temas relacionados à pandemia, apenas seis deles foram transformados em Lei.

22 de julho de 2021

Flávio Bolsonaro é vacinado no Rio e agradece ao pai ‘negacionista’

Após publicar, em janeiro, post em rede social dizendo que não se vacinaria, filho do presidente foi, nesta quinta-feira, a um posto de saúde e recebeu a dose da AstraZeneca.

22 de julho de 2021

Parceria entre Governo e Infraero vai modernizar aeródromos do AM

Há 13 aeródromos em oito calhas do Amazonas. Haverá a execução de projetos, captação de recursos e fiscalização de obras aeroportuárias no Estado.

22 de julho de 2021

Tenente do Exército fala em ‘meter fogo’ em índios isolados no AM

"Vocês têm de cuidar dos índios isolados, porque senão eu vou, junto com os marubos, meter fogo nos isolados”, disse Henry, durante reunião na aldeia Paulinho.

22 de julho de 2021