fbpx

sexta, 20 de maio de 2022

Nejmi ‘vence’ prazo de licença médica e suplente pode ocupar vaga na Aleam

Suplente da deputada Nejmi Aziz, pastor Antônio Alves, alega que ela está com licença médica com prazo vencido e reivindica a vaga. TJAM deve julgar o caso dia em fevereiro.

20 de janeiro de 2022

Compartilhe

A deputada Nejmi Aziz está de licença em São Paulo para tratar de doença autoimune (Foto: Divulgação/Aleam)

Licenciada para tratamento de doença autoimune em São Paulo, a deputada Nejmi Aziz (PSD) pode perder a vaga na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) para seu suplente, o pastor Antônio Alves (Republicanos), que entrou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) questionando a ausência da deputada na Casa.

Segundo o pastor, o prazo da licença médica estipulado para a parlamentar venceu. O julgamento está marcado para o dia 1º de fevereiro.

A deputada está de licença desde o dia 5 de agosto de 2021 e, de acordo com a defesa do pastor, abonou faltas com atestados médicos e evitou participar de sessões virtuais. Em dezembro, Antônio Alves pediu da Aleam cópias dos atestados médicos de Nejmi, mas não teve resposta.

“Se a prezada deputada ficar boa, que a mesma venha assumir pois realmente a vaga é dela, mas da maneira que ela está fazendo não é o correto. Até mesmo porque ela entrou do mesmo jeito, acabou o prazo do antecessor e ela entrou”, defendeu o pastor Antônio Alves ao RealTime1.

O pastor disse esperar que o mandado seja julgado “de acordo com o Regimento da Assembleia Legislativa”.

“Primeiro que seja feita a vontade de Deus. Segundo, que a Justiça aja corretamente”, disse.

O RealTime1 entrou em contato com a assessoria de Nejmi Aziz que limitou-se a dizer que a deputada retornou às atividades no dia 19 de novembro de 2021, “conforme divulgado pela Assembleia Legislativa do Amazonas e encontra-se, neste momento, em recesso parlamentar juntamente com os demais deputados da legislatura”.

Nejmi assumiu a vaga na Aleam em dezembro de 2020, substituindo Augusto Ferraz, eleito naquele ano para a Prefeitura de Iranduba.

Texto: Emerson Medina

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro ataca o STF, e Moraes fala em luta contra antidemocráticos

Bolsonaro também afirmou que as Forças Armadas foram convidadas a participar do processo eleitoral e que suas observações "não vão ser jogadas no lixo".

19 de maio de 2022

Em pré-campanha, Arthur busca apoio de influenciadores digitais

O ex-prefeito reuniu com influenciadores digitais do Amazonas, que já o apoiaram durante sua gestão na Prefeitura. A ideia é ampliar sua rede de apoio nas redes sociais.

19 de maio de 2022

‘Não vou dar mole para essa empresa’, diz Sinésio sobre AM Energia

Ao comentar decisão que libera a AM Energia a instalar medidores, Sinésio afirma que os aparelhos são vergonhosos e que não vai deixar a empresa livre para cometer abusos.

19 de maio de 2022

João Pedro ‘bate o pé’ e lança seu nome ao Senado pelo PT-AM

O ex-senador afirmou que irá registrar candidatura ao Senado, contrariando Sinésio Campos, que afirmou que o PT não terá candidato ao posto para apoiar Omar Aziz.

19 de maio de 2022

General Franklimberg quer levar experiência militar para Aleam

Filiado ao União Brasil, o militar colocou seu nome à disposição da sigla para tentar uma vaga na Asembleia. Ele ajudou a atual gestão durante o período de transição.

19 de maio de 2022

Populares reagem a vídeo de Amazonino dizendo não ter dinheiro; confira

Depois de quatro mandatos como governador e três como prefeito, Amazonino Mendes disse, em vídeo, não ter dinheiro. O ex-governador quer voltar a chefiar o Estado.

19 de maio de 2022

Homeschooling: Átila, Bosco, Alberto Neto e Pablo dizem sim à educação domiciliar

A bancada do Amazonas na Câmara ficou dividida na votação do homeschooling. Os destaques do texto-base serão votados nesta quinta e depois segue para o Senado.

19 de maio de 2022

‘Gestor tem que ser jovem, andar e estar perto do povo’, diz Liliane Araújo

Liliane Araújo é a nova entrevistada da série do Real Time 1 com os pré-candidatos para a Câmara dos Deputados em Brasília onde faz a defesa de suas bandeiras.

19 de maio de 2022