fbpx

sexta, 15 de janeiro de 2021

Morador reclama de falta de energia na BR-174 na tribuna da Aleam

Roni Nascimento afirmou que há cerca de 72h a localidade está sem energia. O morador acrescentou que Nova Canaã passa por esse problema há mais de 20 anos.

13 de outubro de 2020

Compartilhe

Na galeria da Aleam, outros dois moradores estiveram presentes para representar a Comunidade (Foto: Reprodução)

Durante o grande expediente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) desta terça-feira (13), um morador da comunidade Nova Canaã, situada no quilômetro 41 da BR-174, utilizou a tribuna da Casa legislativa  para reivindicar por ajustes no fornecimento de energia elétrica à Comunidade.

Roni Nascimento afirmou que há cerca de 72h a localidade está sem energia. O morador acrescentou que Nova Canaã passa por esse problema há mais de 20 anos e aguarda a providência dos órgãos competentes.

Há cerca de 72h a localidade está sem energia

Na galeria da Aleam, outros dois moradores estiveram presentes para representar a Comunidade.

“Queremos saber dos senhores, o que podem fazer pela Comunidade que é esquecida pelo poder público? Já chegamos a fechar essa BR e nada foi feito”, questionou Roni acrescentando que na segunda-feira (12) outros residentes protestaram na rodovia que estava sob a escuridão.

O pronunciamento do morador foi cedido pelo deputado estadual João Luiz (Republicanos), que é presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC/Aleam).

O parlamentar afirmou que, por conta dos ventos e da chuva, comunidades situadas ao longo da BR-174 tem a energia elétrica comprometida e cerca de 6 mil comunitários são prejudicados.

“Por que não contratam uma empresa para limpar a via, os cabos de energia?”, perguntou o parlamentar à empresa Amazonas Energia.  João Luiz disse ao morador que entraria em contato com a Defensoria Pública do Estado (DPE-AM) para que órgão registrasse a reclamação dos moradores.

A reportagem entrou em contato com a empresa Amazonas Energia e aguarda o posicionamento da concessionária.

Reportagem: Izaías Godinho

Leia Mais:

Veja mais notícias

Apelação do Inep ‘cai’ e Enem permanece suspenso no Amazonas

Inep havia recorrido da decisão que suspendeu aplicação das provas no Amazonas por conta da pandemia de Covid-19. Porém, vereador Amom Mandel recorreu da apelação.

15 de janeiro de 2021

Governo enfrenta dificuldades para transportar oxigênio para Manaus

A maneira mais rápida de chegar aqui é via área. Contudo, as únicas aeronaves que podem fazer isso são da Força Aérea Brasileira.

15 de janeiro de 2021

‘Delivery está proibido’, orienta Associação de Bares e Restaurantes

Entidade destaca que dentro do período estipulado pelo governo, o funcionamento de restaurantes continua sendo para atendimento via delivery, take away, drive thru e balcão.

15 de janeiro de 2021

Farmácias pedem para funcionar durante toque de recolher no Amazonas

Os conselhos federal e regional de farmácia argumentam que desde 2014 farmácias e drogarias são estabelecimentos de saúde, previstos na Lei Federal nº 13.021.

15 de janeiro de 2021

Farmácias de Manaus passam a funcionar somente até as 18h

Após esse horário, o funcionamento é exclusivo pelos canais de delivery. O ajuste deve-se ao decreto estadual que estabelece toque de recolher das 19h às 6h.

15 de janeiro de 2021

Em meio à crise de oxigênio, Planalto insiste em realizar o Enem

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

15 de janeiro de 2021

Justiça veta aumento de gastos com deputados proposto por Josué Neto

Projeto aumentava em 35% a Cota de Exercício para a Atividade Parlamentar (Ceap) e em 20% a verba de gabinete para cada um dos 24 deputados estaduais.

15 de janeiro de 2021

Governo proíbe acesso às escolas estaduais para aplicação do Enem

A decisão consta no Decreto nº 43.283, desta quinta-feira (14). A medida se une a uma série de ações tomadas nos últimos dias pelo governo para o enfrentamento da covid-19.

15 de janeiro de 2021