fbpx

quinta, 18 de agosto de 2022

Médicos da Prevent eram obrigados a cantar hino com mão no peito

Advogada de ex-médicos da operadora Prevent Senior revelou ainda que o lema nazista "obediência e lealdade" segue válido e usado pelos profissionais da empresa.

28 de setembro de 2021

Compartilhe

Eduardo (o segundo à esquerda) e Fernando (primeiro à direita), da banda Doctor Pheabes, são os donos da Prevent Senior (Foto: Reprodução)

A advogada do grupo de ex-médicos da Prevent Senior, Bruna Morato, informou ao depor na Comissão Parlamentar de Inquérito, nesta terça-feira (28), que a equipe médica era obrigada a cantar com a mão no peito um hino da empresa e seguia o lema “Obediência e Lealdade”, que foi adotado originalmente pela guarda Schutzstafell, a SS, guarda policial do partido nazista alemão

Bruna Morato afirmou que o lema “obediência e lealdade”, da Prevent Senior, foi instituído em 2015 e continua sendo utilizado até hoje, inclusive pelo diretor-executivo, Pedro Benedito Batista Júnior, que na semana passada, ao depor na CPI, disse que o lema era usado por um outro médico, de nome Anderson, mas que foi desprezado em 2015.

“Lema esse que ele [Batista Júnior] levou muito a sério e propagou para todos os seus subordinados. É lema da empresa, sempre foi lema, e continua sendo propagado. É graças a esse lema que a empresa continua usando a política de coerção”, afirmou Bruna Morato, segundo a qual não havia autonomia para os médicos.

Sobre o hino da Prevent que os médicos deveriam cantar com a mão no peito, Bruna Morato acrescentou que os proprietários da operadora, os irmãos Eduardo e Fernando Parillo, são vocalista e guitarrista respectivamente da banda de hard rock Doctor Pheabes e que em eventos na empresa eles tocavam o hino com o acompanhamento dos médicos com a mão no peito.

“É uma empresa que tem hino, para ser cantado com mão no peito, que tem um lema nazista, que promoveu um tratamento que não tinha eficácia, que se aliou a um governo negacionista. Essa é a Prevent Senior”, afirmou o vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Projeto de Lei na CMM quer evitar mudança no nome de ruas em Manaus

Vereador denuncia que as alterações servem apenas para suprir os interesses de políticos locais, que priorizam homenagens a familiares de agentes políticos.

17 de agosto de 2022

TRE-AM obriga apoiadores de Bolsonaro a retirarem outdoors contra Lula

Outdoors com propaganda eleitoral foram retirados, por decisão do TRE-AM, em Itacoatiara. A divulgação do conteúdo nesse tipo de mídia é vedada por Lei.

17 de agosto de 2022

Podcast ‘OBSERVATÓRIO POLÍTICO – Eleições 2022’ estreia nesta quinta

Primeiro programa da parceria RealTime1 e Comitê de combate à Corrupção do AM vai detalhar a "Carta de Compromisso" que os candidatos majoritários do Estado estão assinando.

17 de agosto de 2022

Confira o TOP5 dos parlamentares federais e estaduais nas redes sociais

O levantamento das 5 melhores performances de parlamentares federais e estaduais do Amazonas nas redes sociais está sendo feito semanalmente pelo RealTime1.

17 de agosto de 2022

Para 41%, Bolsonaro tem gestão negativa, aponta pesquisa Quaest

Avaliação da gestão de Bolsonaro oscilou pouco, dentro da margem de erro, em relação à pesquisa anterior da Quaest, quando 43% achavam negativa e 27%, positiva.

17 de agosto de 2022

No Amazonas, 19 candidatos levam títulos religiosos para o nome de urna

De acordo com a plataforma Divulgacand, as denominações "pastor" e "pastora" são as mais utilizadas pelos candidatos da comunidade evengélica, com 11 registros.

17 de agosto de 2022

Amazonino e Wilson convocam seguidores a mudar foto do perfil

A estratégia é uma tentativa de aproximar os eleitores, gerar identificação e demonstrar apoio à campanha. Wilson usou as cores da sua campanha e Amazonino o azul e vermelho.

17 de agosto de 2022

Candidatos registram nomes inusitados para chamar atenção do eleitor

Chico Bento, Maria Bonita, Papaleguás, Babalu, Vanessa da ZL, Velho do Rio do Lago do Ubim, Neiva do Ceú são alguns dos nomes de urna escolhidos por candidatos no Amazonas.

17 de agosto de 2022