fbpx

domingo, 09 de maio de 2021

‘Manaus vacina hoje 59,02% a menos do que poderia’, alerta Amon Mandel

Segundo Amon Mandel, número de pessoas vacinadas por dia pela Secretaria Municipal de Saúde, que no dia 8 de fevereiro chegou a 15 mil, gira hoje em torno de 5 mil a 6 mil.

19 de abril de 2021

Compartilhe

Para o vereador Marcelo Serafim, falta de doses tem provocado queda no ritmo de vacinação (Foto: Reprodução)

Em sessão plenária realizada na Câmara Municipal de Manaus (CMM), na manhã desta segunda-feira (19), o vereador Amon Mandel (Podemos) fez um alerta com relação à diminuição no ritmo de vacinação contra a Covid-19 na capital do Amazonas.

“No dia 8 de fevereiro, nosso prefeito comemorou a marca recorde de 15.475 pessoas vacinadas na cidade de Manaus. Nos últimos dias a gente vacinou de 5 mil a 6 mil pessoas [por dia]. Pegando os dados do Vacinômetro, da Prefeitura, é fácil fazer o cálculo para saber que a gente caiu em torno de 59,02% em relação à nossa capacidade máxima de vacinação”, anunciou Amon.

Ainda segundo o parlamentar, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) não respondeu a seus questionamentos com relação à diminuição do ritmo de vacinação em Manaus. Os esclarecimentos ficaram a cargo do também vereador Marcelo Serafim (PSB), líder do prefeito na Câmara Municipal.

Falta de doses é justificativa

Servidor da Semsa, Marcelo Serafim justificou que a queda nos índices de vacinação em Manaus acontece exclusivamente devido à falta de doses disponíveis no mercado.

“Sabemos que Manaus pode vacinar muito mais do que está vacinando. Mas nós não temos doses para isso. Então, não adianta vir com esse discurso de que ‘tem que fazer’. Só é conseguir mais doses que a Prefeitura de Manaus vai, efetivamente, vacinar”, respondeu.

Números

Minutos antes, Marcelo Serafim subiu à tribuna da Câmara Municipal de Manaus para apresentar dados referentes ao processo de vacinação na capital. De acordo com os números do vereador, das 302 mil doses recebidas pelo município de Manaus, referentes à primeira dose, 291 mil já foram aplicadas, número que corresponde a 96,3% do total.

Para a segunda dose, Manaus recebeu 197 mil doses, das quais 98 mil já foram aplicadas, ou 49,7% do total. Ainda de acordo com os números do vereador, ao todo, Manaus recebeu, até hoje, um total de 502 mil vacinas, das quais 389 mil, ou 77,8% do total, já foram aplicadas.

Outro motivo apontado por Marcelo Serafim para a redução no ritmo de vacinação do município é a reserva de doses feita para a aplicação da segunda dose da vacina AstraZeneca em idosos.

“Por que não avançamos? Por que não começamos a queimar essas doses? Porque os nossos idosos que receberam a vacina da AstraZeneca, e deste quantitativo grande parte já é da AstrZeneca, precisam fazer a segunda dose. Não podemos ser irresponsáveis e avançar demais e não ter D2 (segunda dose) para fazer depois na nossa população”, justificou.

Vias oficiais

Como servidor da Semsa, Marcelo Serafim se colocou à disposição para responder a quaisquer dúvidas de colegas parlamentares com relação ao processo de vacinação no município dentro do parlamento municipal.

“Ter aplicado 96% de todas as D1 recebidas é motivos de aplausos deste parlamento, e não de críticas infundadas. Todas as vezes que vossas excelências tiverem dúvidas em respeito a esse processo de vacinação, tenham certeza de que eu estarei aqui para dirimir toda e qualquer dúvida”, pediu.

Mas Amon, que não obteve resposta da Semsa com relação ao tema, cobrou um posicionamento da secretaria.

“[Divulgar dados sobre a vacinação] É um dever da Secretaria Municipal de Saúde e não do senhor, enquanto servidor da secretaria. Agradeço, sim, pela gentileza do senhor de trazer aqui as informações. Só espero que, da próxima vez, as informações venham por vias oficiais”, finalizou.

Reportagem: Lucas Raposo

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Reforma tributária fatiada é um problema, afirmam deputados

Serafim Corrêa e Marcelo Ramos avaliam que é difícil governo emplacar mudanças no sistema tributário nacional sem apresentar as fatias que precisarão ser votadas no Congresso

9 de maio de 2021

385 vídeos de canais bolsonaristas saíram do ar desde início da CPI

A maioria dos vídeos apagados tem ligação ao "tratamento precoce" contra covid-19. O comentarista Alexandre Garcia, por exemplo, escondeu 109 vídeos neste período.

9 de maio de 2021

STF começa a julgar voto aberto a presidências do Congresso

O julgamento de um mandado de segurança que discute a tese deve durar até o final da semana que vem. Os ministros debatem um mandado de segurança apresentado em janeiro.

9 de maio de 2021

CPI: investigação mira vacinas em audiências com Anvisa e Pfizer

Comissão ouvirá a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Pfizer, empresa americana cujas vacinas foram rejeitadas pelo governo federal em 2020.

8 de maio de 2021

Gastos do Cotão ultrapassam R$ 2,3 milhões em três meses na Aleam

Líder em gastos do 'Cotão', o deputado Carlinhos Bessa pode ficar com um déficit de R$ 70 mil, se permanecer gastando uma média de R$ 50 mil ao mês.

8 de maio de 2021

Reforma Tributária fatiada acende alerta, mas bancada está otimista

Sem ter a ideia de todas as modificações que serão feitas no sistema tributário, Estado fica sem saber onde perde e onde ganha na principal reforma em discussão na Câmara.

8 de maio de 2021

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021