fbpx

quarta, 28 de julho de 2021

Lira diz ao STF que impeachment depende de ‘oportunidade política’

O STF pediu, em mandado de injunção, que o presidente da Câmara desse destino, fosse o arquivamento ou o prosseguimento, aos pedidos de impeachment de Bolsonaro.

3 de maio de 2021

Compartilhe

Há mais de cem pedidos de impeachment na casa (Foto: Câmara dos Deputados)

O presidente da Câmara dos Seputados, Arthur Lira (PP-AL), disse ao Supremo Tribunal Federal (STF), que o “exame da admissibilidade” de um processo de impeachment contra o presidente da República “não se limita a mera análise formal”. E que a tramitação desses pedidos pode, e deve, passar por uma análise política.

De acordo com a resposta enviada por Lira ao STF, a tramitação desses pedidos deve “avançar para a conveniência e oportunidade políticas de se deflagrar um processo de impeachment do titular do poder em torno do qual historicamente se tem organizado todas as demais instituições nacionais”.

A resposta foi dada ao STF em um mandado de injunção que pedia à Corte para determinar ao presidente da Câmara que desse destino – fosse o arquivamento ou o prosseguimento – aos mais de cem pedidos de impeachment que estão na casa.

“Ante o exposto, é forçoso concluir que o exame liminar de requerimentos de afastamento do presidente da República, dada sua natureza política e em vista de sua repercussão em todo o sistema politico nacional, não pode seguir um movimento automático, podendo e devendo esta Presidência ser sensível à conjuntura doméstica e internacional”, concluiu Lira em sua resposta.

Com informações do Congresso em Foco

Leia mais:

Leia mais sobre Política

‘Isso é fake news’, diz Marcus Barros sobre candidatura ao Senado

Indicado por veículos de imprensa como provável candidato ao Senado pelo PT, Marcus Barros afirma que nunca recebeu convite e que não o aceitaria.

28 de julho de 2021

Recado antidemocrático de Braga Netto era para STF e não para Lira

Na semana passada, a manchete do Estadão mostrou um recado do ministro da Defesa, general Braga Netto, condicionando às eleições a aprovação do voto impresso.

28 de julho de 2021

No Dia do Agricultor, AM destaca investimentos e avanços no setor rural

O Idam, neste dia, ressaltou o compromisso de intensificar ainda mais a presença no campo para assistir os mais de 80 mil agricultores familiares do Amazonas.

28 de julho de 2021

David pede que CMM revogue lei que ‘apaga’ memória de Nestor

Secretaria de Comunicação do município confirmou que o prefeito vai encaminhar um projeto pedindo para revogar a lei que trocou o nome de praça que homenageia líder negro.

28 de julho de 2021

Polêmico ‘PL da Grilagem’ é desafio pós-recesso para Bosco Saraiva

O projeto de Lei nº 2633 tramita desde 2019 na Câmara dos Deputados, mas enfrenta crítica dentro e fora do mundo político por facilitar a grilagem de terras.

28 de julho de 2021

No Dia do Agricultor, Governo Federal usa imagem de caçador para homenagem

A imagem escolhida para publicação do Dia do Agricultor nas redes sociais da @SecomVC, do Governo Federal, recebeu um enxurrada de críticas e foi considerada um 'absurdo'.

28 de julho de 2021

Bolsonaro oficializa mudanças no ministério com Centrão na Casa Civil

Com Ciro Nogueira na Casa Civil, presidente devolve o Centrão à cozinha do Palácio do Planalto, com poder para liberar verbas públicas e fazer nomeações.

28 de julho de 2021

Parecer da Câmara indica que Bolsonaro mentiu sobre teto mínimo do Fundão

O parecer foi solicitado pelo deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) e é assinado pelo consultor da Câmara com base em duas leis sobre o assunto.

28 de julho de 2021