fbpx

sábado, 31 de julho de 2021

Governo mobiliza senadores e ocupa espaço deixado pelo G7 na CPI da Covid

Senadores que não são integrantes da CPI ocuparam os lugares deixados vagos pelos senadores do chamado G7, que decidiram esvaziar o depoimento de médicos 'cloroquiners'.

18 de junho de 2021

Compartilhe

Filho do presidente, o senador Flávio Bolsonaro aproveitou o tempo para atacar Wilson Witzel e pedir a destituição de Renan Calheiros do cargo de relator da CPI (Foto: Agência Senado)

Sem os senadores do grupo G7, formado pelos cinco independentes e os dois oposicionistas, os parlamentares do Senado que não são integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 “invadiram” a sessão que ouviu os médicos Ricardo Ariel Zimerman e Francisco Eduardo Cardoso Alves, nesta sexta-feira (18). O objetivo foi respaldar o posicionamento dos médicos que são defensores do tratamento contra a doença, usando remédios sem comprovação científica como cloroquina, hidroxicloroquina, ivermectina e o vermífugo Anita.

Foram quase cinco horas de depoimento com perguntas de senadores da bancada governistas do Senado que se juntaram pela via remota a Eduardo Girão (Podemos-CE), Marcos Rogério (DEM-RO), Jorginho Melo (PSL-SC) e Luiz Carlos Heinze (MDB-RS), titulares da CPI. Os senadores Nelsinho Trad (PSD-MS), Flávio Bolsonaro (Patriotas-RJ), Styvenson Valentim (Podemos-RN), Mecias de Jesus (Republicanos-RR), Marcos do Val (Podemos-ES), Soraya Thronicke (PSL-MS), Carlos Portinho (PL-RJ) e Roberto Rocha (PSDB-MA) fizeram questionamentos sobre o uso dos medicamentos que integram o kit Covid defendido pelo Governo Federal.

Ariel Zimerman ressaltou, em cada intervenção, que o termo tratamento precoce, chamado pelos depoentes do dia por “tratamento inicial”, que os remédios cloroquina, ivermectina e hidroxicloroquina acabaram estigmatizados pela politização da questão. No entanto, segundo Ariel, há muitos estudos mostrando a eficácia deles no tratamento quando começado nos primeiros dias dos sintomas.

“Hoje quase não uso mais a cloroquina nos meus pacientes, pois a ivermectina se mostrou mais eficaz para esse tratamento no início dos sintomas”, explicou Zimerman, que diz ter cinco estudos clínicos liderados por ele já publicados e revisados por outros cientistas e outros quatro artigos em vias de serem publicados, um deles sobre o efeito da proxalutamida na Covid. Este estudo teve parte dele realizado em Manaus, pelo grupo Samel.

Francisco Eduardo Cardoso Alves também reclamou da politização do tratamento inicial e reforçou que, embora não tenha estudos científicos de “padrão ouro”, há estudos com menor padrão que são válidos em função da rapidez que era necessária para dar uma resposta à doença.

Francisco Alves também ressaltou, em respostas às questões feitas pelos senadores, os erros que ele vê cometidos no estudo com cloroquina realizado pela Fundação Oswaldo Cruz do Amazonas. Ele apontou que houve superdosagem que levaram pacientes a morte e que, após o estudo, liderado pelo pesquisador amazonense Marcus Lacerda, ter sido publicado na revista Jama houve uma estigmatização do medicamento e uma recomendação contrária ao uso feita pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Cardoso Alves chegou a enunciar os nomes de todos os pesquisadores da Fiocruz que participaram deste estudo, batizado de CloroCovid.

Ao RealTime1, Marcus Lacerda reafirmou diversas vezes que o estudo foi autorizado e aprovado pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), referendado por seus pares antes da publicação e que a investigação aberta para apurar as mortes no Ministério Público Federal no Amazonas foi arquivada porque os pacientes que morreram ao longo do estudo morreram de Covid-19 e não devido a aplicação das doses de cloroquina.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Presidente diz que eleição sem voto impresso será ‘farsa’ inaceitável

Presidente Jair Bolsonaro participou, na manhã deste sábado de 'motociata' em Presidente Prudente, criticou a urna eletrônica e ameaçou não aceitar o resultado da eleição.

31 de julho de 2021

Wilson celebra o ritmo da vacinação da população em 53 municípios

Governador Wilson Lima comemorou que o avanço da vacinação permitiu que 53 municípios já tenham vacinado ou estejam vacinando toda a população adulta alvo do PNI.

31 de julho de 2021

Vice do TRE-AM critica Bolsonaro e alerta para ‘clima de guerra’

Desembargador Jorge Lins falou ao RealTime1 sobre as acusações do presidente de eleições fraudadas e o clima de intranquilidade que elas trazem a paz social no País.

31 de julho de 2021

Pazuelo mentiu sobre o TrateCov na CPI, atesta análise do TCU

Conclusão dos técnicos do TCU desmente argumento apresentado pelo ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello à CPI da Covid de que a plataforma teria sido adulterada por hackers.

31 de julho de 2021

PF deve retomar investigação sobre interferência de Bolsonaro

Decisão é do ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. Inquérito apura se o presidente tentou interferir na Polícia Federal, buscando proteger os filhos.

31 de julho de 2021

Bolsonaristas promovem manifestação em apoio ao voto impresso

Grupo Conservador Amazonas espera reunir, neste domingo, na avenida das Torres, apoiadores da proposta defendida pelo presidente em transmissão ao vivo nesta quinta-feira.

31 de julho de 2021

CPI vai analisar 28 requerimentos que envolvem amazonenses

Destaque na lista de requerimentos, está o pedido contra o deputado estadual Fausto Júnior (MDB), a mãe dele, a conselheira do Tribunal de Contas do Estado, Yara Lins.

31 de julho de 2021

MPAM recomenda exoneração de 35 servidores públicos em Itapiranga

A recomendação é dirigida à prefeita, ao presidente da Câmara Municipal e a agentes que detenham a atribuição de nomear e de exonerar ocupantes de cargos comissionados.

30 de julho de 2021