fbpx

sábado, 24 de julho de 2021

Falador, na CPI, Wizard se vale de habeas corpus e fica em silêncio

Carlos Wizard Martins faz valer o habeas corpus conseguido no Supremo Tribunal Federal e promete ficar calado diante de todas as questões feitas pelos senadores da CPI.

30 de junho de 2021

Compartilhe

Omar quis devolver o passaporte de Carlos Wizard, mas postura de ficar calado diante dos senadores fez com que decisão fosse revogada (Foto: Reprodução)

“Permaneço em silêncio”. “Senhor relator, vou permanecer em silêncio”. Com estas duas frases o empresário Carlos Wizard Martins fez valer, durante depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid, o habeas corpus conseguido no Supremo Tribunal Federal (STF) para ficar calado diante dos questionamentos dos senadores hoje (30).

Wizard fez uma introdução aos senadores falando sobre a vida dele, invocou passagens da Bíblia e da vida dele como missionário de uma religião que ele se recusou a declinar o nome, novamente valendo-se do direito de ficar calado.

Carlos Wizard Martins ficou calado diante de todas as perguntas feitas pelo relator, senador Renan Calheiros (MDB/AL), que ao final disse ter ficado “muito satisfeito” com as perguntas que fez e com o silêncio de Wizard diante de fatos comprovados em vídeos apresentados pela assessoria e nos quais ele faz a defesa enfática e alegre do tratamento precoce com remédios sem eficácia comprovada, como cloroquina, ivermectina e hidroxicloroquina.

Apesar de na fala inicial Wizard ter dito que não integrava o ‘gabinete das sombras’ que aconselhava o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Renan mostrou vários vídeos de transmissões ao vivo feitas por ele defendendo tratamento precoce, contra o isolamento social e uso de máscaras.

A senadora Eliziane Gama (Cidadani/MA) apelou para a fé de Wizard para arrancar alguma resposta, mas de nada adiantou. “O senhor pode me dizer qual é a sua religião? Isso não vai atrapalhar em nada sua defesa”, questionou Eliziane. “Senhora senadora, permaneço em silêncio”, respondeu Wizard.

Wizard sem passaporte

Com essa postura, Wizard comprometeu uma decisão tomada pelo presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD), para que a Polícia Federal devolvesse o passaporte dele, retido após ele entrar no Brasil em função de decisão tomada pela CPI depois dele ter faltado a oitiva marcada para o dia16 deste mês.

“Diante dessa postura, peço que o presidente reveja essa decisão porque ainda vamos ficar sem as respostas que o senhor Wizard precisa dar a essa comissão”, afirmou Renan Calheiros.

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

CPI atuou ’em todas as angústias do povo brasileiro’ avalia Confúcio

24 de julho de 2021

Bancada gastou R$ 5,2 milhões com verba de gabinete em Brasília

Verba é destinada para a contratação de funcionários diretamente por cada um dos deputados do Amazonas em Brasília ou em escritórios montados no Estado.

24 de julho de 2021

Aleam concede 28 autorizações de viagens no recesso parlamentar

Após o início do recesso parlamentar a Aleam autorizou o pagamento de viagens e diárias para servidores da Casa. Destinos no Sul e Sudeste e Tabatinga foram os preferidos.

23 de julho de 2021

Luis Miranda chora após fim da parceria entre Precisa e Bharat Biotech

Chorando, o deputado Luis Miranda questionou ser chacota dos colegas e estar no conselho de Ética após depoimento à CPI da Covid-19.

23 de julho de 2021

David prorroga ‘Auxílio Manauara’ e amplia para outras 410 famílias

A prorrogação do auxílio será por mais três meses e foi anunciada nesta sexta-feira (23) pelo prefeito de Manaus, David Almeida. Benefício vai comtemplar mais 410 famílias.

23 de julho de 2021

Bi Garcia confirma propostas para ser candidato a vice-governador

Embora esteja focado na administração municipal, o prefeito de Parintins, Bi Garcia, disse que tem avaliado propostas para compor uma chapa como vice-governador nas eleições.

23 de julho de 2021

Deputado quer auxílio para catadores no valor de R$ 275, no AM

Estudo apresentado pelo parlamentar estima que catadores são responsáveis pela coleta de 90% de tudo que é reciclado hoje no país e que a categoria trabalha em meio ao risco.

23 de julho de 2021

Lideranças do DEM e do PP no Amazonas divergem sobre ‘superpartido’

Enquanto Pauderney Avelino (DEM) nega a fusão entre os partidos, Belarmino Lins (PP) não descarta a possibilidade de criação do 'superpartido'.

23 de julho de 2021