fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

Está definida lista sêxtupla de onde será escolhido novo desembargador

Membros do Ministério Público definiram nesta quinta-feira por meio de votação online, os seis Promotores de Justiça que disputam a vaga de desembargador do TJAM.

25 de março de 2021

Compartilhe

 Membros do Ministério Público do Estado do Amazonas escolheram nesta quinta-feira (25), por meio de votação online, os seis Promotores de Justiça que disputam a vaga de Desembargador, reservada constitucionalmente ao MPAM.

A lista sêxtupla será encaminhada ao Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM) para a formação de lista tríplice, que será avaliada pelo governador do Estado, Wilson Lima.

A eleição, que ocorreu digitalmente pelo sistema Votus, iniciou às 8h e seguiu até às 16h. Todos os membros do Ministério Público em atividade puderam participar da votação, mediante voto pessoal e uninominal. Entre as condutas exigidas pelo cargo estavam: mais de 10 anos de exercício na profissão, notório saber jurídico e boa reputação.

“A participação dos candidatos nessa etapa foi fundamental para que a gente pudesse expor o quanto o processo é transparente, seguro e garante o sigilo do voto. Isso foi fundamental para que tivéssemos sucesso durante todo o procedimento eleitoral”, destacou o Procurador Geral de Justiça, Dr. Alberto Rodrigues do Nascimento Júnior.

Os trabalhos de votação e apuração foram realizados pela Comissão Eleitoral. Encerrada a votação, o processo de apuração foi iniciado por meio da ferramenta. Foram contabilizados 170 votos, mais quatro votos em branco e um nulo. Os votos foram computados da seguinte forma:

1. Vânia Maria do Perpétuo Socorro Marques Marinho – com 107 votos
2. Paulo Stélio Sabbá Guimarães – com 27 votos
3. Luiz Alberto Dantas de Vasconcelos – com 19 votos
4. Mário Ypiranga Monteiro Neto – com 9 votos
5. Carlos José Alves de Araújo – com quatro votos
6. Mirtil Fernandes do Vale – com dois votos

Antes de anunciar o resultado final, conforme o Dispositivo da Resolução nº 021/2021-CSMP, os promotores que compõem a comissão seguiram alguns critérios em caso de empate, como: maior tempo de serviço na carreira; depois o maior tempo de serviço público e, por último, o mais idoso. O Promotor de Justiça Mirtil Fernandes do Vale empatou com o Promotor de Justiça Rogério Marques Santos, que também teve dois votos, mas garantiu a última vaga seguindo o critério de antiguidade na carreira.

Fonte : AacomMPAM

Leia mais sobre Política

Tribunal de Justiça escolhe dois novos desembargadores na terça-feira

O Pleno do TJAM vai escolher entre 15 juízes. Na pauta, também está prevista a remoção de magistrados entre comarcas do interior do Amazonas.

6 de maio de 2021

TCE suspende contrato de R$ 3 mi para locação de carros de luxo em Coari

O contrato previa pagamento superior a R$ 3 milhões. por ano, à empresa Adminsitradora de Bens Good LTDA, que alugaria carros blindados para serem usados na prefeitura.

6 de maio de 2021

Pazuello recebe Onyx após pedir mudança na data para depor na CPI da Covid

O encontro entre os dois não consta na agenda oficial do ministro da Secretaria-Geral da Presidência que, no horário, indicava outra reunião no Palácio do Planalto.

6 de maio de 2021

Tasso quer ouvir Abin sobre guerra química citada pelo presidente

Senador pelo Ceará solicitou a presença de um representante da Agência Nacional de Inteligência para falar sobre guerra química empreendida pela China, segundo o presidente

6 de maio de 2021

PT não chega a acordo sobre ‘embarque’ no governo Wilson Lima

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

6 de maio de 2021

Estado vai pagar R$ 300 às famílias afetadas pela enchente no AM

Cartão Auxílio Estadual vai garantir benefício provisório no valor de R$ 300, em parcela única, a aproximadamente 100 mil famílias atingidas pela cheia dos rios no Amazonas.

6 de maio de 2021

Corrupção colaborou para o caos no sistema de saúde, diz Queiroga

O ministro, Marcelo Queiroga, disse que o desvio de recursos federais para estados e municípios pode ter colaborado para o colapso, mas MS não tem investigações.

6 de maio de 2021

‘Presidente foi irresponsável ao prescrever cloroquina’, diz senador

O senador Otto Alencar, que também é médico, afirmou que a 'ciência não pode se render aos leigos' e espera que o ministro Marcelo Queiroga tenha autonomia.

6 de maio de 2021