fbpx

sábado, 28 de maio de 2022

Emprego e saúde pesam mais na hora do amazonense votar, diz pesquisa

Pesquisa da TIM com mais de 2 mil amazonenses elencou emprego e saúde como as principais pautas na hora de definir em qual candidato votar na época de eleição.

25 de abril de 2022

Compartilhe

Proietos, experiência e forma de tratar o eleitor também são critérios considerados pelos eleitores, segundo pesquisa da TIM (Foto: Antônio Augusto/TSE)

Em um cenário de mais de 12,4 milhões de desempregados, segundos dados do Caged, e de 71,5% de brasileiros sem qualquer tipo de plano de saúde, de acordo com o IBGE, levantamento da TIM com mais de 2 mil amazonenses aponta que emprego e saúde são as pautas e projetos que mais influenciam na intenção de voto dos eleitores. Saúde foi citada por 20% dos entrevistados, seguida por vagas de trabalho (19%), educação (17%), segurança pública (16%), projetos sociais (15%), economia (15%) e saneamento básico (13%).

A enquete, feita por meio da plataforma TIM Ads, que recompensa clientes pré-pagos com bônus de internet, também perguntou quais características dos candidatos mais influenciam na escolha. Os mais citados foram os projetos já realizados (16%), a experiência política (14%) e a forma como trata os eleitores (13%).

Já em relação ao seu próprio comportamento de voto, o levantamento mostra que grande parte dos brasileiros parece não valorizar o próprio voto. Apesar de 23% dos entrevistados afirmarem que votam em candidatos que defendem suas pautas de interesse, a soma dos demais mostra que muitos não se importam com a consequência de uma escolha ruim: 12% votam incondicionalmente em branco / nulo na maioria das vezes; 12% votam nos que têm mais chance de ganhar; 9% não costumam votar, mesmo sabendo que é obrigatório; 8% votam apenas no partido, e outros 12% votam de acordo com a maioria.

Quanto ao local onde mais buscam informação e que influenciam seu voto, a pesquisa aponta que a imprensa continua com credibilidade: 14% dos eleitores afirmaram que os veículos de comunicação, como jornais, TVs, revistas e portais, são as principais fontes. As redes sociais aparecem em seguida, mencionadas por 12% dos entrevistados, enquanto 10% disseram ser influenciados por pessoas próximas, como amigos e familiares, o mesmo percentual de quem sofre influência do ambiente de ensino, como escolas e faculdades.

Os debates políticos são acompanhados por 50% dos eleitores, sendo 30% ao longo de toda a campanha e 24% somente próximo às eleições. Outros 24% afirmaram categoricamente não seguir a campanha política. Já nas redes sociais, 56% seguem algum político, entre aqueles que o fazem independente da pauta (25%), apenas os que defendem as mesmas ideias (17%) e ainda os que fazem questão de seguir os políticos aos quais são contrários (14%).

Com informações da Assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Senado acompanhará investigação da morte de Genivaldo em ato policial

Senadores querem acompanhar as medidas adotadas pelas autoridades nas investigações sobre a morte de Genivaldo de Jesus, ocorrida durante ação da Polícia Rodoviária Federal.

28 de maio de 2022

Com Bolsonaro, Marcha para Jesus acontece hoje em Manaus

Presidente desembarca pela manhã no aeroporto Eduardo Gomes, almoça com militares no Comando Militar da Amazônia e depois encontra com religiosos na Marcha para Jesus.

28 de maio de 2022

Número de eleitores entre jovens e mulheres cresce no Amazonas

O analista político Helso do Carmo, afirmou ao RealTime1 que o crescimento no número de eleitores já é aguardado e que, apesar de pequeno, deverá alterar o cálculo das vagas.

28 de maio de 2022

Edson Fachin diz que acatar resultado da eleições é inegociável

Em várias ocasiões, o presidente Jair Bolsonaro deu a entender que não aceitará outro resultado que não seja a sua vitória em outubro deste ano.

27 de maio de 2022

Terra Yanomami demarcada há 30 anos vê crescimento de garimpo

Bolsonaro é um defensor da mineração em terras indígenas, apesar da visível destruição e dos problemas que o garimpo ilegal leva para essas áreas socioambientais protegidas.

27 de maio de 2022

Radicalização explica revés de Bolsonaro no Datafolha, diz Lira

Pesquisa Datafolha divulgada nessa quinta-feira (26) mostra que Lula lidera a disputa presidencial com 48% das intenções de voto no primeiro turno, ante 27% de Bolsonaro.

27 de maio de 2022

Ex-militante defende que esquerda deve apostar na rebeldia de jovens

O advogado George Tasso avalia que hoje "falta formação política nas bases da educação e do trabalho para a esquerda avançar pelas ruas de Manaus e reconquistar espaço".

27 de maio de 2022

Como em 2018, vereadores querem fazer CMM de trampolim este ano

Nas eleições de 2018, oito vereadores da legislatura 2016-2020 foram eleitos deputados estaduais e um para o Senado. Políticos aproveitam a visibilidade do cargo.

27 de maio de 2022