fbpx

terça, 24 de maio de 2022

Emenda que desobriga gestores a gastar o mínimo na Educação é promulgada

Estados e municípios estão amparados por emenda a não cumprir os gastos mínimos em educação do exercício de 2020 a 2022, mas devem transferir os recursos para 2023.

27 de abril de 2022

Compartilhe

Os percentuais mínimos de gastos com Educação estão definidos em 18% pela União e 25% pelos estados e municípios (Foto: Reprodução)

O Congresso Nacional promulgou a Emenda Constitucional 119/2022, que desobriga Estados e municípios de terem aplicado percentuais mínimos de suas receitas na educação, nos exercícios financeiros de 2020 e 2021.

A Emenda foi promulgada em sessão solene no Senado. O texto desobriga estados e municípios de terem aplicado, na educação, percentuais mínimos de suas receitas devido à pandemia e também isenta de responsabilidade os gestores públicos pela não aplicação desses recursos.

Os percentuais mínimos estão definidos em 18% pela União e 25% pelos estados e municípios. Os gestores públicos terão a obrigação de complementar o que não foi aplicado nesses dois anos até o exercício financeiro de 2023.

A  emenda é originária de uma proposta apresentada por Marcos Rogério, do PL de Rondônia. A relatora, Soraya Thronicke, do União Brasil de Mato Grosso do Sul, ressaltou o caráter transitório e excepcional da medida, para alívio momentâneo dos municípios.

“Esse dinheiro vai, sim, ser destinado à educação. Apenas nós demos um maior prazo. Esses gestores sofreram com muito mais intensidade as mazelas da pandemia e seus efeitos desastrosos”, disse na ocasião em que a solenidade foi marcada.

Com informações da Agência Senado

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Deputado garante que Solidariedade vai até as últimas instâncias pela ZFM

Ricardo Nicolau disse que o Solidariedade está fazendo a sua parte para defender os interesses do Estado do Amazonas e os empregos gerados pela Zona Franca de Manaus.

24 de maio de 2022

Wilson confirma Bolsonaro em Manaus, mas não sabe se vai encontrá-lo

Wilson Lima afirmou que ainda está em tratativas com a equipe do presidente para saber se haverá um encontro. Essa é a primeira vez que Bolsonaro vem ao Amazonas em 2022.

24 de maio de 2022

Semmas defende educação ambiental para combater lixo em igarapés

Secretaria tem a menor previsão orçamentária para 2022 e qualquer implementação de política pública neste sentido pode ser afetada pela falta de recursos.

24 de maio de 2022

CPI da Amazonas Energia terá relatório final entregue até 30 de maio

O presidente da CPI, Sinésio Campos, destacou o trabalho de fiscalização dos medidores de energia que localizou diversos equipamentos com defeito prejudicando os clientes.

24 de maio de 2022

‘A responsabilidade é sua’, diz líder de caminhoneiros a Bolsonaro em vídeo

Wallace Landim, o "Chorão", um dos principais líderes da greve de 2018, cobrou atitude de Bolsonaro: "chame a responsabilidade, porque senão esse país vai estar parado".

24 de maio de 2022

Wilson afirma que luta continua para reverter danos à Zona Franca de Manaus

Antes de ingressar com ações no STF contra decretos federais, Wilson reuniu com Bolsonaro, e o presidenteu não cumpriu a promessa de rever os danos à Zona Franca de Manaus.

24 de maio de 2022

‘Próximo passo é trabalhar para termos ônibus a gás’, diz Wilson

Durante evento que anunciou a compra de ônibus elétricos na Prefeitura de Manaus, o governador afirmou que ter ônibus movidos a gás na capital é algo iminente.

24 de maio de 2022

AGU deveria ter aula de Geografia após ação contra ZFM, diz Serafim

Advogado-geral, Bruno Bianco Leal disse que grande distância não mais se apresenta como fator capaz de inibir o desenvolvimento econômico social da região

24 de maio de 2022