fbpx

sábado, 13 de agosto de 2022

Eleições 2022: restrições para agentes públicos começam a valer

Eles também não podem fazer pronunciamento oficial em cadeia de rádio de televisão, salvo em casos de questões urgentes e relevantes autorizados pela Justiça Eleitoral.

3 de julho de 2022

Compartilhe

Em julho, o calendário eleitoral também prevê outras datas (Foto: Divulgação)

Restrições para servidores públicos e pré-candidatos às eleições de outubro passaram a valer a partir desse último sábado (2), três meses antes do primeiro turno. 

As medidas estão previstas na Lei nº 9.504/1997, conhecida como Lei das Eleições, e objetivam manter o equilíbrio entre os candidatos. 

Políticos estão proibidos de autorizar a veiculação de publicidade estatal sobre os atos de governo, realização de obras, campanhas de órgãos públicos federais, estaduais e municipais, exceto no caso de grave e urgente necessidade pública. Nesse caso, a veiculação deverá ser autorizada pela Justiça Eleitoral. 

Eles também não podem fazer pronunciamento oficial em cadeia de rádio de televisão, salvo em casos de questões urgentes e relevantes, cuja autorização também dependerá de autorização da Justiça Eleitoral.  

A participação em inaugurações de obras públicas também está vedada, além da contratação de shows artísticos com dinheiro público. 

Durante o período eleitoral, funcionários públicos não podem ser contratados, demitidos ou transferidos até a posse dos eleitos. 

No entanto, estão liberadas a exoneração e a nomeação de cargos em comissão e funções de confiança, além das nomeações de aprovados em concursos públicos homologados até 2 de julho de 2022. 

Em julho, o calendário eleitoral também prevê outras datas importantes para o pleito. 

De 20 de julho até 5 de agosto, os partidos deverão realizar suas convenções para escolher oficialmente os candidatos que vão disputar as eleições. 

A partir do dia 20, candidatos, partidos políticos, coligações e federações terão direito à solicitação de direito de resposta por afirmações consideradas caluniosas, difamatórias ou sabidamente inverídicas que forem publicadas por veículos de comunicação social. 

O primeiro turno será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno  para a disputa presidencial e aos governos estaduais será em 30 de outubro. 

Com informações da Agência Brasil

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Carol Braz quer destinar 30% dos cargos do Governo aos jovens

Carol Braz apresentou propostas para o incentivo dos jovens ao primeiro emprego e oferta de cargos comissionados para este público, caso seja eleita governadora.

12 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

12 de agosto de 2022

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

Conforme a legislação eleitoral, 90% do tempo total de propaganda são distribuídos proporcionalmente pelo número de deputados. O restante (10%) é dividido igualitariamente. 

12 de agosto de 2022

STF terceiriza para TSE manifestações sobre atos pró-democracia

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, defendeu as urnas eletrônicas, disse que é preciso rejeitar o retrocesso e se opôs às fake news.

12 de agosto de 2022

Novas regras incentivam a eleição de mulheres e negros para a Câmara

Novas regras da reforma eleitoral do ano passado dobram o valor dos votos para mulheres e negros candidatos à Câmara dos Deputados, em Brasília.

12 de agosto de 2022

Chapa Solidariedade-PSB assina carta pela ética e boa governança, no AM

Candidato ao Governo do Amazonas pela Coligação ‘Nós, o Povo’, Ricardo Nicolau assinou a carta junto com a candidata a vice-governadora na chapa, Cristiane Balieiro.

12 de agosto de 2022

4 nomes na disputa ao Senado já pediram o registro de candidatura, no AM

Sete candidatos se apresentam para o cargo de senador do Amazonas, mas, até à tarde desta sexta, três deles ainda não registraram pedido de candidatura no TSE.

12 de agosto de 2022

TSE já recebeu nove registros de candidaturas à Presidência da República

Justiça Eleitoral atualizou os dados de registros das candidaturas à Presidência da República, até esta quinta-feira, com nove chapas que pleiteiam disputar as eleições.

12 de agosto de 2022