fbpx

quinta, 30 de junho de 2022

Senadores Omar e Braga assinam requerimento para criação da CPI do MEC

Após a prisão do ex-ministro Milton Ribeiro, ganhou força a proposta no Senado para que seja instalada uma CPI para investigar corrupção no Ministério da Economia.

23 de junho de 2022

Compartilhe

Prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, suspeito de tráfico de influências em um esquema de pastores, apressou assinatura de senadores em favor da CPI (Foto: Reprodução)

Após a prisão do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, nesta quarta-feira (22), ganhou força no Senado a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para que a casa legislativa investigue esquema de corrupção na pasta. Dois senadores do Amazonas, Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB) assinaram pela abertura da CPI.

Segundo o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) falta apenas uma assinatura que já está confirmada com o senador Marcelo Castro (MDB-PI), presidente da Comissão de Educação do Senado.

Nas redes sociais, Eduardo Braga informou o apoio à CPI. “Informo que assinei, nesta quarta-feira, o requerimento para abertura da ‘#CPIdoMEC’. É preciso investigar a fundo os supostos escândalos no Ministério da Educação, uma das pastas mais importantes do País”, postou.

A CPI deve investigar a influência de pastores no esquema de uso indevido de recursos da Educação por tráfico de influência. As denúncias envolvem até pedidos para que os valores fossem pagos em barras de ouro.

Os recursos públicos têm origem no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do Ministério da Educação (MEC).

Em um áudio vazado em março deste ano, Milton Ribeiro afirma que priorizava destinar recursos do FNDE para as prefeituras indicadas pelos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, seguindo orientação do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Texto: Emerson Medina

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Projeto de Lei isenta templos religiosos de pagar IPTU em Manaus

Apresentado pelo vereador Rosinaldo Bual, o Projeto de Lei tira do papel direito à isenção previsto na Constituição, mas impacta arrecadação da Prefeitura de Manaus.

30 de junho de 2022

TSE define teto de gastos de campanha presidencial em R$ 88,3 milhões

A decisão unânime da corte foi no sentido de determinar que seja usado o mesmo teto de gastos de 2018, mas corrigido pela inflação. Ou seja, pelo IPCA.

30 de junho de 2022

Comissão realiza oitivas sobre falta de segurança em terra indígena

Comissão vai pedir providências sobre os assassinatos de Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, além de apurar a omissão do poder público na segurança dos indígenas.

30 de junho de 2022

Wilson entrega mais de R$ 10 milhões em materiais para Operação Enchente

A entrega de 19 lanchas rápidas e 300 purificadores, que juntos somam o investimento de R$ 10,8 milhões dão continuidade nas ações de enfrentamento da enchente 2022.

30 de junho de 2022

‘Wilson Lima tem habilidade e é um dos favoritos da eleição’ , diz Hissa

Pré-candidato pelo Avante, Hissa Abraão afirmar que vai lutar pela Reforma Tributária e pela revisão dos impostos para que a classe média pague menos que os mais ricos.

30 de junho de 2022

‘Mesmo sob ditadura camuflada, golpe não virá’, avalia um dos criadores do PT

Foragido político por 15 anos, Carlos Augusto, para muitos Raimundo Cardoso viveu escondido em Manaus; integrou o PCdoB na década de 70 e está no PT há 43 anos.

30 de junho de 2022

Governo suspende publicações em redes sociais até o fim da eleição

Medida atende vedação prevista na legislação eleitoral que visa dar igualdade de disputa na corrida eleitoral minimizando o peso da máquina pública na eleição.

30 de junho de 2022

Federação PT, PV e PCdoB confirma pré-candidatos em 1º de agosto

O presidente estadual do PCdoB no Amazonas já definiu os nomes que vão ocupar as oito vagas da sigla na federação, sendo seis para Aleam e dois para a Câmara Federal.

30 de junho de 2022