fbpx

quinta, 26 de maio de 2022

Do ‘sanfoneiro’ à Damares: veja quem sai dos ministérios para eleições

No final do mês, o presidente Bolsonaro deve fazer uma reforma ministerial e já teria fechado a lista com nove ministros que devem deixar os cargos para disputar o pleito.

17 de março de 2022

Compartilhe

Gilson Machado e Damares Alves serão candidatos nas eleições deste ano (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro fechou a lista com os nomes dos ministros que vão deixar o primeiro escalão do Governo Federal até o fim do mês, quando haverá uma reforma ministerial. No total, são nove, que disputarão vagas no Senado ou nos governos estaduais nas eleições de outubro e, pelas regras eleitorais, têm que se descompatibilizar dos atuais cargos.

Segundo o colunista Gerson Camarotti, do G1, a batida do martelo em relação aos nomes ocorreu após algumas conversas que o presidente teve nos últimos dias com interlocutores, como o ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil.

A lista divulgada pelo jornalista em sua coluna foi a seguinte:

Tarcísio Freitas (Infraestrutura)

Damares Alves (Mulher, Família e Direitos Humanos)

João Roma (Cidadania)

Flávia Arruda (Secretária de Governo)

Tereza Cristina (Agricultura)

Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional)

Gilson Machado (Turismo)

Onyx Lorenzoni (Trabalho)

Braga Netto (Defesa), que deverá ser o vice de Bolsonaro nas eleições

A tendência na maioria das trocas é assumir a pasta algum executivo que já esteja na atual estrutura dos ministérios. No entanto, há alguns ministérios que podem ser assumidos por algum representante de aliados do presidente filiados ao Progressista ou ao PL, seu atual partido.

Da Redação, com informações do G1

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Datafolha: cresce diferença entre Lula e Bolsonaro para o segundo turno

Pesquisa do Datafolha divulgado nesta quinta-feira aponta que Lula tem 58% das intenções de voto no segundo turno, enquanto Bolsonaro chega a 33%

26 de maio de 2022

TSE aprova federação partidária do PSol com o Rede Sustentabilidade

PSol e Rede formalizam federação no TSE no mesmo dia que o PSDB e Cidadania e agora as legendas devem manter unidade política pelos próximos quatro anos.

26 de maio de 2022

‘Criar municípios é política de pão e circo’, diz cientista político

Para Carlos Santiago, discurso de criar novos municípios, às vésperas das eleições, para sanar o problema de comunidades que sofrem descaso e miséria, não é melhor caminho.

26 de maio de 2022

Serafim alerta para manobra de empresário que prejudica mercado de gás no AM

O líder do PSB na Casa Legislativa lembrou que a nova Lei do Gás, de iniciativa da Aleam, aprovada em março de 2021, contraria os interesses do empresário baiano.

26 de maio de 2022

Maria do Carmo é suplente de Arthur, mas corteja vaga de vice de Amazonino

Ex-pré-candidata ao Governo do Amazonas, Maria do Carmo confirma que é primeira suplente de Arthur ao Senado, mas se coloca como opção a vice de Amazonino.

26 de maio de 2022

Portela endossa discurso de Bolsonaro e questiona lisura das eleições

Novo vice da Câmara se alinha às manifestações de teor golpista do presidente que, sem prova ou indício relevante, tem levantado dúvidas sobre a lisura do sistema eleitoral

26 de maio de 2022

TCE-AM multa ex-presidente da Câmara de Beruri por falta de transparência

TCE-AM vê deficiências nos atos de transparência e descumprimento da Lei de Acesso à Informação e multa ex-gestor da Câmara de Beruri em R$ 14 mil.

26 de maio de 2022

‘Tenho certeza que Wilson Lima se reelege no 1º turno’, avalia Bonates

O ex-secretário de Segurança Pública do Amazonas concedeu entrevista à TV RealTime1 e falou sobre os planos que apresentará em Brasília caso seja eleito deputado federal.

26 de maio de 2022