fbpx

terça, 19 de janeiro de 2021

Deputados fortalecem articulações para escolha da nova presidência

Belarmino Lins, Alessandra Campêlo e Roberto Cidade têm seus nomes cotados para substituir Josué Neto na presidência da Casa Legislativa. Votação acontece dia 17 deste mês.

2 de dezembro de 2020

Compartilhe

Belão, Alessandra Campêlo e Roberto Cidade têm seus nomes cotados (Fotos: Divulgação)

As especulações em torno dos nomes que devem disputar a presidência da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) e comandar a Casa nos próximos dois anos têm gerado movimentação entre os parlamentares.

Na Casa Legislativa, as articulações em busca de apoio ficaram mais intensas com a proximidade da votação.

O nome que vai substituir o do deputado estadual Josué Neto (PRTB) na presidência da Assembleia será conhecido no dia 17 de dezembro.

Segundo fontes ligadas ao RealTime1, os deputados estaduais mais cotados para presidir a Casa Legislativa no próximo biênio são: Alessandra Campêlo (MDB), Belarmino Lins (PP) e Roberto Cidade (PV).

Alessandra Campêlo

A deputada surge como uma forte opção aos deputados da base aliada ao governo estadual, que são maioria na Casa, por ter sido a principal voz de apoio ao governador Wilson Lima (PSC) e do vice-governador Carlos Almeida (sem partido) em votações polêmicas.

Durante o processo ocorrido em agosto, que pedia o afastamento do governador e do vice, Alessandra utilizava o tempo na tribuna para discursar de forma combativa contra os pronunciamentos dos deputados de oposição, Wilker Barreto e Dermilson Chagas, filiados ao Podemos.

Com isso, conforme o que circula nos bastidores, a parlamentar deve receber a indicação direta do governador para assumir o comando da Aleam.

Belarmino Lins

Há vários meses participando das sessões plenárias de forma virtual, a presença física do deputado estaudal Belarmino Lins (PP) na Assembleia, nesta terça-feira (1º), foi interpretada como a sinalização do início das articulações do parlamentar para angariar o apoio da maioria dos colegas.

Belarmino, que já foi presidente e vice-presidente da Aleam na última década, não esconde o interesse em disputar a cadeira da presidência mais uma vez. Publicamente, o parlamentar já chegou a dizer que “espera que os ventos soprem a favor dele”, com relação à votação.

Nos bastidores, o nome de Belão é bem quisto tanto por deputados de oposição quanto pelos parlamentares da base aliada, o que fortalece o nome do parlamentar na disputa.

Roberto Cidade

Incialmente, segundo fontes do RealTime1, o nome cogitado a obter os 18 votos da base para a presidência da Aleam era o do deputado estadual Saullo Vianna (PTB).

Por conta da repercussão negativa de um mandado de busca e apreensão da Polícia Federal (PF) na casa do deputado, no dia 23 de novembro, a predileção de parte dos deputados da base por Saullo foi substituída pelo nome do deputado Roberto Cidade (PV).

“Me sinto honrado em ter meu nome lembrado para desempenhar uma das mais importantes funções públicas do nosso estado, que é a de presidente da Aleam. Um cargo que deve ser exercido com compromisso, lucidez, ponderação e dignidade para que o poder legislativo atue sempre em favor do desenvolvimento social e econômico”, disse o parlamentar.

Reportagem: Izaías Godinho

Leia Mais:

Veja mais notícias

Vereadores distribuem refeições na frente de hospitais em Manaus

o vereador Daniel Vasconcelos (PSC) divulgou que esteve, na última sexta-feira e sábado (15 e 16/1) na frente de hospitais da cidade distribuindo refeições.

18 de janeiro de 2021

Caos em Manaus reduz apoio a Bolsonaro a 7% dos perfis do Twitter

O mapeamento dessas interações, feito pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP). Artistas e influenciadores criticaram Bolsonaro.

18 de janeiro de 2021

Mais de 3 mil pessoas com Covid-19 não devem ser vacinadas

Pacientes com Covid-19, ou sob suspeita, ainda não devem receber o imunizante. Plano de Vacinação no Amazonas vai seguir fases definidas pelo Governo Federal.

18 de janeiro de 2021

Rotta quer instalar gabinete de crise contra a covid-19 em Manaus

O vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta sugeriu a instalação de um gabinete de crise na cidade, durante reunião neste segunda-feira, com o presidente, Jair Bolsonaro.

18 de janeiro de 2021

Dados do TSE podem servir de referência para distribuição de vacinas

Simulação feita pelo RT1 cruzando o percentual de eleitores com a quantidade de doses disponíveis da vacina, estima quantidade de pessoas a serem vacinadas em cada município.

18 de janeiro de 2021

Amazonas tem o desafio de vacinar 240 mil indígenas aldeados

Apenas os indígenas aldeados estão no grupo prioritário da primeira fase do plano de vacinação da Covid-19. Estima-se que mais de 35 mil índios vivem nas cidades.

18 de janeiro de 2021

Vacinas serão guardadas a sete chaves pela PM em contêineres

Assim que as doses desembarcarem na cidade elas serão escoltadas até o destino pela Polícia Federal. Depois a Polícia Militar do Estado do Amazonas vai garantir a segurança.

18 de janeiro de 2021

Goiás é o destino de mais 15 pacientes transferidos do Amazonas

Até o momento já foram transferidos 94 pacientes para outros estados. O estado de saúde dos pacientes é estável e, portanto, permite a locomoção área dos internados.

18 de janeiro de 2021