fbpx

segunda, 18 de janeiro de 2021

Deputado afirma que Iranduba terá dificuldades de captar recursos federais

Dentre as pendências de Iranduba, Serafim pontuou que o município está devendo tributos e contribuições previdenciárias e não encaminhou o relatório de gestão fiscal.

24 de novembro de 2020

Compartilhe

Manaus se encontra em uma "situação confortável" e sem pendências com o governo federal (Foto: Divulgação)

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) disse, durante o grande expediente da Assembleia Legislativa do Estado (Aleam) desta terça-feira (24) que o deputado estadual Augusto Ferraz (DEM), eleito como prefeito de Iranduba (distante 29 quilômetros de Manaus) vai enfrentar desafios com relação à captação de recursos federais.

Dentre as pendências de Iranduba, o parlamentar pontuou que o município está devendo tributos e contribuições previdenciárias e não encaminhou o relatório de gestão fiscal ao governo federal, o que pode impossibilitar o recebimento de investimento por meio de emendas parlamentares oriundas dos deputados federais.

Manaus

Serafim, no entanto, afirmou que Manaus se encontra em uma “situação confortável” e sem pendências com o governo federal e acrescentou que o próximo prefeito da cidade estará “livre e desimpedido” para fazer convênios com a União.

Como base do pronunciamento, o deputado utilizou o CAUC que é um serviço que disponibiliza informações acerca da situação de cumprimento de requisitos fiscais necessários à celebração de instrumentos para transferência de recursos do governo federal, pelos entes federativos, seus órgãos e entidades, e pelas organizações da sociedade civil.

Reportagem: Izaías Godinho

Leia Mais:

Veja mais notícias

Caos em Manaus reduz apoio a Bolsonaro a 7% dos perfis do Twitter

O mapeamento dessas interações, feito pela Diretoria de Análise de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas (FGV DAPP). Artistas e influenciadores criticaram Bolsonaro.

18 de janeiro de 2021

Mais de 3 mil pessoas com Covid-19 não devem ser vacinadas

Pacientes com Covid-19, ou sob suspeita, ainda não devem receber o imunizante. Plano de Vacinação no Amazonas vai seguir fases definidas pelo Governo Federal.

18 de janeiro de 2021

Rotta quer instalar gabinete de crise contra a covid-19 em Manaus

O vice-prefeito de Manaus, Marcos Rotta sugeriu a instalação de um gabinete de crise na cidade, durante reunião neste segunda-feira, com o presidente, Jair Bolsonaro.

18 de janeiro de 2021

Dados do TSE podem servir de referência para distribuição de vacinas

Simulação feita pelo RT1 cruzando o percentual de eleitores com a quantidade de doses disponíveis da vacina, estima quantidade de pessoas a serem vacinadas em cada município.

18 de janeiro de 2021

Amazonas tem o desafio de vacinar 240 mil indígenas aldeados

Apenas os indígenas aldeados estão no grupo prioritário da primeira fase do plano de vacinação da Covid-19. Estima-se que mais de 35 mil índios vivem nas cidades.

18 de janeiro de 2021

Vacinas serão guardadas a sete chaves pela PM em contêineres

Assim que as doses desembarcarem na cidade elas serão escoltadas até o destino pela Polícia Federal. Depois a Polícia Militar do Estado do Amazonas vai garantir a segurança.

18 de janeiro de 2021

Goiás é o destino de mais 15 pacientes transferidos do Amazonas

Até o momento já foram transferidos 94 pacientes para outros estados. O estado de saúde dos pacientes é estável e, portanto, permite a locomoção área dos internados.

18 de janeiro de 2021

Alunos dos cursos de saúde da UEA colam grau antecipadamente

A medida visa a soma de esforços no enfrentamento da pandemia neste período de alto contágio no Amazonas. Os novos profissionais começam atuar ainda neste mês de janeiro.

18 de janeiro de 2021