fbpx

sábado, 22 de janeiro de 2022

CPI tem convicção de que Tolentino é o dono oculto da Fib Bank

Fib Bank é a empresa que concede cartas de fianças que garantiram a empresa Precisa Medicamentos celebrar vários contratos com o Ministério da Saúde.

14 de setembro de 2021

Compartilhe

Silêncio de Marcos Tolentino irritou os dirigentes da CPI em vários momentos, mas não tirou a convicção de que ele é o dono da Fib Bank (Foto: Reprodução)

Os senadores da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 têm a convicção de que o advogado Marcos Tolentino é o real proprietário da Fib Bank Garantia Fidejussorias S/A, empresa que apresentou a carta de fiança de R$ 80 milhões que viabilizaria o contrato de R$ 1,5 bilhões entre a Precisa Medicamentos e o Ministério da Saúde para aquisição de 20 milhões de doses da vacina Covaxin, produzida pelo laboratório indiano Bharat Biotech.

A convicção decorre de documentos, vídeos e depoimentos de pessoas próximas a ele. Tolentino nega ter essa empresa, mas reconhece a propriedade de uma série de outras, bem como sociedade com o escritório de advocacia Benetti, este sim com conexões com a Fib Bank, cujas cartas de fiança garantem ao menos seis contratos entre a Precisa Medicamentos e o Ministério da Saúde.

Durante o depoimento de Tolentino, o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL) cobrou explicações sobre repasses de R$ 1,9 milhão da FIB Bank para a Brasil Space Air Log e outras transferências entre empresas que também são comandadas pelo empresário conforme registros oficiais.

Renan também afirmou que as empresas Rede Brasil de Televisão, Pico do Juazeiro, Brasil Space Log e Benetti registram contas na mesma agência em São Paulo. Tolentino ficou em silêncio sobre todas essa questões sobre a relação entre as empresas, mas Renan afirmou que a CPI já tem informações que comprovam que esse “emaranhado” é controlado pelo empresário. 

“Não há nenhuma dúvida porque restam comprovações óbvias que o verdadeiro dono dessas empresas é vossa senhoria”, disse apontou Renan Calheiros.

CPI apresenta mais provas

O vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), mostrou depoimentos de um empresário que disse em carta endereçada a comissão que Tolentino é o dono da Fib Bank, que apesar do nome não é banco. Mensagens trocadas em aplicativo de mensagens trocadas com a secretária de Tolentino, identificada como Susana, fica claro que ela cuida de interesses da Fib Bank.

Randolfe também questionou porque Tolentino tem cinco CPFs cancelados e dois CPFs ativos nos cadastros da Receita Federal do Brasil. O depoente não respondeu usando o direito concedido a ele pela ministra Cármem Lúcia do Supremo Tribunal Federal. Em outro ponto, Randolfe perguntou se Tolentino era vizinho dele, pois numa ação judicial patrocinada pela advogada Karina Kuffa, que também defende a família Bolsonaro, o endereço de Tolentino é indicado em uma avenida conhecida de Macapá.

“Esse endereço é próximo da minha casa, não sei como ainda não nos encontramos na padaria. Mas fui ver onde fica esse endereço e olha só (apresentou vídeos) o endereço é um terreno baldio, com uma casa caindo aos pedaços”, mostrou Randolfe. “Para um homem com seu nível de patrimônio, não é saudável morar num local deste”, completou ironizando.

Texto: Gerson Severo Dantas

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson e Queiroga participam de mobilização contra Covid-19 em Manaus

Mobilização de ações contra a Covid-19, com a vacinação e a testagem da população em larga escala, acontecem simultaneamente nos sete estados da região Norte neste sábado.

21 de janeiro de 2022

Carol Braz e Luiz Castro dão primeiro passo na disputa por Governo e Senado

Carol desfiliou-se do PSC para disputar o governo do Amazonas pelo PDT, enquanto Luiz deixou a Rede para tentar pela segunda vez chegar ao Senado Federal.

21 de janeiro de 2022

Prefeito de Parintins, Bi Garcia revela que testou positivo para Covid-19

Nas redes sociais o prefeito de Parintins, Frank Bi Garcia, revelou que sentiu sintomas leves na noite desta quinta-feira e resolveu fazer um exame que confirmou a doença.

21 de janeiro de 2022

Bolsonaro chega ao velório da mãe, que morreu aos 94 anos em São Paulo

Olinda, que sofria com Alzheimer, morreu aos 94 anos na madrugada desta sexta. Ela estava internada em um hospital de São Paulo e a causa da morte não foi divulgada.

21 de janeiro de 2022

Lula segue na liderança do primeiro turno com 42%; Bolsonaro tem 28%

Esta rodada, no entanto, trouxe um fato novo: Lula entrou na zona do empate técnico em comparação ao somatório das intenções de voto dos demais candidatos.

21 de janeiro de 2022

TRE autoriza desfiliação de Marcelo Ramos do Partido Liberal

Marcelo Ramos confirmou que a partir de agora está formalmente fora do PL. O vice-presidente da Câmara Federal afirmou que deve anunciar um novo partido em breve.

21 de janeiro de 2022

MPAM expede recomendação contra nepotismo na Prefeitura de Canutama

Promotoria do MPAM de Canutama recomendou que o Município exonere agentes públicos que tenham algum parentesco com o prefeito e o vice-prefeito, em até 30 dias.

21 de janeiro de 2022

Partido de Bolsonaro tem de Tiririca a líder da bala no Congresso

Além de um numeroso grupo de candidatos leais a Bolsonaro e alinhados ao ideário do atual presidente, o PL deve chamar a atenção durante as eleições pela composição eclética.

21 de janeiro de 2022