fbpx

sábado, 27 de fevereiro de 2021

Confirmado: vacinação será no dia D, na hora H, com Pazuello F

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

22 de fevereiro de 2021

Compartilhe

Esta segunda-feira (22) seria a data do início da vacinação da população que se encontra na faixa etária dos 50 aos 69 anos. Todo esse contingente populacional seria vacinado no tempo recorde de dez dias. Esse foi o anúncio feito pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Os planos de aceleração da imunização dos amazonenses, contudo, não contavam com a possibilidade da ausência de um detalhe importantíssimo: doses de vacina. O pior cenário, previsto pela coluna, se apresentou. Não há vacinas para levar o plano de aceleração a cabo. Pazuello já está sendo chamado de Pazuello F, de “ficeleiro”.

___

SEM DATA DEFINIDA

Com a ausência de doses suficientes, os maiores de 50, um contingente de aproximadamente 350 mil pessoas, voltam a ter sua data de imunização marcada para o Dia D, hora H. Anúncio também feito pelo ministro da Saúde em outra ocasião. Prometer imunização e não cumprir, como fez ministro à população amazonense, é brincar com a esperança das pessoas. Fazer planos sem contar com todas as variantes necessárias para o seu cumprimento, é primário. Não precisa ser especialista e logística para perceber isso.

___

APAGANDO O FOGO

Coube à prefeitura de Manaus emitir comunicado esclarecendo que o propalado início da vacinação para maiores de 50 anos não teria início nesta segunda-feira (22). E, para colocar uma pá de cal na esperança de muita gente, a prefeitura iniciou o cadastramento de pessoas com 60 a 69 anos. Ou seja, quando chegar vacina, será realizada a imunização desta faixa etária. Os planos de aceleração, ao que tudo indica, ficaram para depois.

___

DO COMUNISMO AO CENTRÃO

Com suas últimas movimentações no espectro político nacional, e por conta da polarização que ainda domina o cenário nacional, o deputado federal Marcelo Ramos conseguiu se colocar em uma posição na qual recebe críticas tanto à direita quanto à esquerda. Para os que se identificam com a direita, Marcelo é o comunista que iniciou sua carreira no PCdoB. Para os que defendem ideias de esquerda, o deputado se uniu ao Centrão e passou a ser aliado do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

___

RECONHECIDO

Na mídia nacional, Marcelo Ramos já é tratado, sem cerimônias, como um integrante do Centrão, essa entidade encarada como fisiologista e oportunista e não muito bem avaliada entre a população. Ser do Centrão significa não ter muita convicção política e levar seu apoio aonde o poder e o dinheiro estão. Não era esse o destino que anunciava o jovem e promissor político Marcelo Ramos ao ingressar na vida pública.

___

NEGOU PARTICIPAÇÃO

A exemplo do que fez o coronel Alfredo Menezes (Patriota) na última semana, o ex-prefeito Arthur Neto (PSDB) fez questão de esclarecer que não participou da organização de uma manifestação realizada na manhã do último domingo (21), contra o Governo do Amazonas. Menezes também negou ser um dos articuladores de uma manifestação semelhando na semana passada. O senador Eduardo Braga (MDB) e os deputados estaduais Josué Neto (Patriota) e Wilker Barreto são apontados como os idealizadores da últimas manifestações contra o governo.

___

FAKE NEWS

Arthur aproveitou a ocasião para criticar o movimento de alguns grupos políticos que, segundo o ex-prefeito, têm atuado para espalhar falsas notícias de maneira sistemática. “Ao invés de buscar meios para melhorar a situação do nosso Estado, essas pessoas se prestam a espalhar fake news. É lamentável e um desserviço à população”, criticou Arthur Neto.

___

GOL HOMENAGEADO

Muito comentado e comemorado na semana passada, o gol marcado pelo jogador Emerson Bacasna vitória do Fast sobre o Iranduba por 3 a 0, no último dia 17, durante a rodada de abertura do Campeonato Estadual 2020 rendeu ao autor uma homenagem na Câmara Municipal de Manaus. Com uma Moção de Parabéns apresentada pelo vereador William Alemão (Cidadania), Bacas teve o reconhecimento público, logo no início da sessão plenária, por ter sido o autor do gol antológico.

___

JOGANDO PRA PLATEIA

O deputado estadual João Luiz (Republicanos) propôs ao Governo do Estado isenção ou redução da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o gás de cozinha e combustíveis no Amazonas. O Governo Federal também prometeu zerar os impostos federais sobre o diesel, por dois meses, e o gás de cozinha, por tempo indeterminado. Há quem diga que prometer e solicitar isenção de impostos como o de Circulação de Mercadorias e Serviços é jogar para a plateia, já que o impacto na arrecadação seria extremamente prejudicial à economia.

Leia mais sobre Política

Derrubada teto de gastos deve piorar o caos com a cheia no interior

Os municípios do interior do Amazonas se preparam para uma cheia histórica e podem ser os mais prejudicados caso haja aprovação do texto original da PEC Emergencial.

26 de fevereiro de 2021

Citando injustiça e ‘likes’, Marcelo Ramos defende PEC da Impunidade

Para Marcelo Ramos, quem é contra a PEC que limita as possibilidades de prisão de parlamentares age com 'absoluta injustiça' ao se referir ao texto como 'PEC da Impunidade'.

26 de fevereiro de 2021

Nas redes sociais, Jaiza Fraxe fala em vacina para animais domésticos

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

26 de fevereiro de 2021

Adail Filho e a longa agonia do município mais rico do interior do Amazonas

O ex-prefeito de Coari, Adail Filho e o vice Keitton Pinheiro recorrem sobre a decisão do TRE-AM que determinou a cassação da candidatura por inelegibilidade.

26 de fevereiro de 2021

Câmara Federal começa a discutir agora projeto da ‘impunidade parlamentar’

A chamada PEC da Impunidade torna mais difícil a prisão de um parlamentar flagrado cometendo crimes, como foi o caso do deputado Daniel Silveira (PSL/RJ), semana passada

26 de fevereiro de 2021

Sem pauta e sem quórum deputados estaduais se limitam à falácia

Hoje, o alvo da base opositora foi uma viagem de Wilson Lima a Brasília. A Aleam, no ano passado, gastou com esses serviços R$ 11,3 milhões

25 de fevereiro de 2021

Sílvia Tuma é a nova corregedora do Ministério Público do Amazonas

Nova corregedora-geral terá mandato de dois anos e será responsável por fazer o controle interno das atividades de procuradores e promotores de Justiça do Amazonas

25 de fevereiro de 2021

Governo teve que fretar voo para buscar doses de vacina no Amapá

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

25 de fevereiro de 2021