fbpx

quarta, 22 de setembro de 2021

Braga deleta postagem das redes sociais após ordem judicial

O senador apagou a publicação no início da tarde de hoje (15). Justiça do AM havia determinado a retirada da notícia falsa do ar no dia 11 de setembro.

15 de setembro de 2021

Compartilhe

Decisão foi tomada na última sexta-feira e determina, além da exclusão da publicação, a vinculação de direito de resposta (Foto: Reprodução)

O senador Eduardo Braga (MDB) apagou, nesta quarta-feira (15), das suas redes sociais as publicações que responsabilizam o Governo do Amazonas pelo aumento do preço no óleo diesel, mesmo havendo uma determinação judicial para retirá-las por não corresponderem a realidade. Até às 14h de hoje, a publicação ainda estava no ar.

A decisão do juiz Paulo Fernando de Britto Feitoza, da 4° Vara da Fazenda Pública do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), foi emitida na última sexta-feira (10) e determinava a divulgação dentro de três dias de direito de resposta e retratação na mesma rede social.

No mesmo dia, o senador respondeu por meio da assessoria de imprensa, que não havia sido notificado e que se manifestaria apenas após tal notificação pela Justiça. Hoje, o RealTime1 procurou a assessoria de Braga, que se limitou a dizer que a “notificação pode ser feita até 15 dias” e, pela exclusão da postagem, ao que tudo indica, tal comunicado judicial aconteceu.

Em decisão que acatou o pedido de tutela de urgência do Governo do Amazonas, o juiz entendeu que as publicações nas redes sociais do emedebista são “maculadas de má-informação, que não tem a proteção” prevista na liberdade de expressão.

O magistrado deu um dia para a exclusão das postagens. Nos autos, Paulo Fernando acatou o argumento de que a alta do dólar e do barril de petróleo no mercado internacional formaram a “tempestade perfeita” para o aumento dos combustíveis nas refinarias do país.

Em uma rede social, Braga, que ensaia concorrer a governador em 2022, publicou na última sexta-feira (3), um vídeo comentando um projeto de lei que apresentou no Senado para baixar o preço do gás de cozinha. Na prévia do vídeo, o senador registrou.

“Enquanto o Governo do Amazonas autoriza o aumento do ICMS do diesel, o Senado propõe aliviar o bolso do consumidor”. O senador exibiu o título de uma matéria jornalística “Governo do Amazonas autoriza aumento do ICMS do diesel”.

O governador Wilson Lima (PSC) reagiu e acusou a postagem do senador de “mentirosa” e “leviana”. Lima afirmou que não haverá aumento da alíquota do imposto no governo dele.

Texto: Jefferson Ramos

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Sem consenso, votação da Reforma Administrativa emperra na Câmara

Líderes partidários devem se reunir nesta terça-feira com o deputado Arthur Maia (DEM-BA) e com o presidente da Câmara, Arthur Lira para discutir pontos sensíveis da reforma.

22 de setembro de 2021

Medalha do Mérito Cultural da Aleam receberá nome de Zezinho Corrêa

O cantor José Maria Nunes Corrêa, de nome artista Zezinho Corrêa, morreu de Covid-19 em fevereiro deste ano. A homenagem é proposta pelo deputado Saullo Vianna.

21 de setembro de 2021

PL propõe que ônibus tenham assentos sinalizados para passageiros autistas

O que o vereador autor da proposta pode não ter levado em conta é que a pessoa autista é considera PcD e todos os assentos dos ônibus em Manaus são preferências desde 2016.

21 de setembro de 2021

Vereador quer multa de até R$ 1,1 mil por veículos barulhentos em Manaus

Em caso de reincidência no período de ate doze meses a contar da atuação anterior, o condutor ou dono do veículo causador da poluição sonora terá a multa dobrada.

21 de setembro de 2021

Wagner Rosário se torna investigado após criar confusão na CPI

Controlador-Geral da União prestou depoimento, nesta terça-feira, sobre a atuação do órgão de controle, mas perdeu a compostura ao ofender a senadora Simone Tebet.

21 de setembro de 2021

Precatórios: acordo preserva pagamento de profissionais da educação

Texto precisa ser votado e aprovado na Câmara para seguir para o Senado. De acordo com a proposta, o pagamento dos precatórios será feito em curto prazo.

21 de setembro de 2021

Parecer é contra reconhecimento do termo ‘manauara’ por projeto de lei

O parecer aponta que o projeto de lei do vereador Elan Alencar “extrapola o interesse local, requerendo normatização em nível nacional"

21 de setembro de 2021

‘Estado trabalha por segurança jurídica a donos de imóveis’, diz Wilson Lima

O Governo busca obter a confirmação da veracidade e autenticidade dos títulos emitidos e suas cadeias dominiais até os atuais proprietários dos imóveis.

21 de setembro de 2021