fbpx

domingo, 14 de agosto de 2022

Bolsonaro relembra facada e diz temer segurança na campanha de 2022

O presidente voltou a falar da facada que levou em 2018 durante um ato de campanha promovido em Minas Gerais. A Polícia Federal decidiu pelo arquivamento do caso.

5 de janeiro de 2022

Compartilhe

Bolsonaro também comentou sobre o processo de lisura da votação (Foto: Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse que não teme por sua saúde, mas por sua segurança durante as campanhas para a eleição deste ano. A declaração foi dada durante entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (5) após receber alta hospitalar. O presidente Jair Bolsonaro passou dois dias internado no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, com um quadro de obstrução intestinal.

Questionado por um repórter sobre sua condição de saúde e as viagens que uma campanha eleitoral demanda, o presidente respondeu que o que mais o preocupa é sua segurança. Ele voltou a falar da facada que levou em 2018 durante ato de campanha em Juíz de Fora, Minas Gerais, e cobrou maiores investigações em relação ao caso.

“A minha preocupação não é com as minhas viagens, é com a segurança. Nós não sabemos até onde o outro lado pode chegar. A gente sabe que a política brasileira, depois que a esquerda se fez mais presente, como eles são agressivos, como eles têm tentado eliminar seu adversário, não interessa como”, afirmou.

Bolsonaro também falou que não está preocupado com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e garantiu que as eleições de 2022 serão limpas. Ainda assim, voltou a colocar em dúvida a lisuda do sistema eleitoral brasileiro comentando sobre o que ele define como “fragilidades da urna eletrônica”, às quais afirmou que estão sendo questionadas pelo Ministério da Defesa.

“As forças armadas foram convidadas pelo ministro Barroso para participar das eleições. Aceitamos. Para participar de todo o processo eleitoral, sem exceção. E a Defesa agora fez alguns questionamentos sobre fragilidades da urna eletrônica. Então estamos aguardando a resposta do TSE, pode ser que ele nos convença que estamos errados, agora se nós não tivermos errados pode ter certeza que algo tem que ser mudado no TSE. E não vai ser com bravata, de quem quer que seja no Brasil, que nós vamos aceitar o que querem impor à nossa população”, disse.

Com informações do Congresso em Foco

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

TRE-AM dá nome a cartório eleitoral de indigenista assassinado em Atalaia do Norte

O pleno do TRE-AM reconheceu, por unanimidade, colaboração do indigenista Bruno Pereira, assassinado em junho no Vale do Javari, par a instalação de novas seções eleitorais.

13 de agosto de 2022

Michelle assume protagonismo na marcha para Jesus com evangélicos

Durante a marcha, presidente falou em 'luta contra o comunismo' e convocou população para ato em Copacabana no Sete de Setembro.

13 de agosto de 2022

Wilson adere ao TikTok para ampliar comunicação com eleitores

Wilson Lima anuncia adesão ao TikTok convocando seguidores e fazendo dancinha, para buscar o eleitorado mais jovem, maioria dos perfis do aplicativo.

13 de agosto de 2022

Com medo de rejeição, aliados escondem Bolsonaro nas redes sociais

Aliados oficiais do PL não mencionaram o mandatário nenhuma vez no atual semestre. Dos 27 palanques que Bolsonaro já garantiu, 10 não fazem menção a ele nas redes sociais.

13 de agosto de 2022

Floração dos ipês cria disputa entre os aliados Arthur e Amazonino na web

A floração dos ipês deu destaque às plantas nas redes sociais e os ex-prefeitos - e aliados de momento - aproveitaram para tentar associar seus nomes à autoria do projeto.

13 de agosto de 2022

Chico Preto pede registro de candidatura avulsa ao Senado

Ex-vereador deverá enfrentar dificuldade para obter registro por fora da coligação de apoio ao governador Wilson Lima, que escolheu coronel Menezes como candidato ao Senado.

13 de agosto de 2022

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta

Requerimento para votar em trânsito precisa ser feito presencialmente, em qualquer cartório eleitoral, sem necessidade de agendamento para o primeiro, o segundo ou ambos.

13 de agosto de 2022

Carol Braz quer destinar 30% dos cargos do Governo aos jovens

Carol Braz apresentou propostas para o incentivo dos jovens ao primeiro emprego e oferta de cargos comissionados para este público, caso seja eleita governadora.

12 de agosto de 2022