fbpx

quinta, 23 de setembro de 2021

Bolsonaro ‘pacífico’: oposição desconfia, Silas diz que foi Deus

Após ataques de Jair Bolsonaro ao STF e à Democracia no dia 7 de setembro, o presidente divulgou nota oficial dizendo que nunca teve intenção de agredir os demais poderes.

10 de setembro de 2021

Compartilhe

Serafim Corrêa, Omar Aziz e Marcelo Ramos desconfiam da intenção pacificadora do presidente, um político conhecido por estimular a beligerância (Foto: Reprodução)

O deputado estadual Serafim Corrêa (PSB) disse, nesta sexta-feira (10), que torce para que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tenha sido sincero ao divulgar uma nota oficial dirigida à Nação pedindo desculpas pelos discursos antidemocráticos feitos no 7 de Setembro. O deputado, contudo, desconfia das reais intenções do presidente.

“Torço para que seja o primeiro passo para o distensionamento, mas tenho muitas suspeitas que o recuo não é sincero e deveu-se, apenas, para evitar o impeachment”, avaliou Serafim.

Na “Declaração à Nação”, Bolsonaro afirma que nunca teve “intenção de agredir quaisquer dos poderes” e que “as pessoas que exercem o poder não têm o direito de ‘esticar a corda’, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia”.

A carta foi divulgada dois dias após o presidente dizer durante manifestação antidemocrática no dia 7 de setembro que não mais cumpriria decisões do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Já o deputado federal Marcelo Ramos (PL) diz ter clareza que não será o presidente Bolsonaro capaz de dar respostas ao desemprego, à fome e à inflação. Para o vice-presidente da Câmara Federal, ao publicar a nota, recuando seu comportamento, o presidente “para de atrapalhar”.

O senador Omar Aziz (PSD) considerou o dia de ontem como “histórico”. “Se for ato genuíno, é louvável. Se for jogada para liberação do recurso de precatórios para programas eleitoreiros em 2022, é lastimável. Estaremos alerta!”, escreveu o senador Omar Aziz.

Pedido de pacificação a Deus

Da base aliada ao governo Bolsonaro, o único a responder ao RealTime1, o deputado federal Silas Câmara (Republicanos) disse que a carta de Bolsonaro foi uma resposta ao movimento cristão no Amazonas, que, no 7 de setembro, pediu a Deus pela pacificação do País.

“Nós oramos para que Deus desse uma saída pacífica. Essa é a resposta que pedimos a Deus. Esperamos que tenha robustez, e com certeza, o Poder que quiser se entender, ali (na carta) tem toda indicação que queremos paz”, disse o deputado.

Texto: Aldizângela Brito

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Reforma administrativa: Alberto Neto chama discussão de palhaçada

Capitão Alberto Neto, um dos deputados que integram a Comissão Especial da Reforma Administrativa, perdeu a paciência durante o debate dos colegas parlamentares.

23 de setembro de 2021

David recorre à Justiça e Amom monta nova ação para barrar ‘puxadinho’ da CMM

Vereador anunciou que tanto ele quanto Rodrigo Guedes já estão preparando não apenas as contrarrazões, mas também novas ações na justiça com outros argumentos.

23 de setembro de 2021

Trento, Flávio Bolsonaro e ministro foram a Las Vegas tratar de jogos de azar

Revelação veio a tona nas inquirições feitas pelos senadores Humberto Costa (PT/PE) e o governista Eduardo Girão, que revelou presença do filho do presidente na viagem.

23 de setembro de 2021

TRF-6 em Minas Gerais passa na frente e ‘rouba’ servidores do AM

Enquanto Minas Gerais ficará com o TRF-6, um Tribunal exclusivo, o TRF1, do qual o Amazonas faz parte, ficará responsável por 13 estados, uma matemática totalmente desigual.

23 de setembro de 2021

Fim das coligações: grandes caciques podem ficar sem a fatia do bolo

O fim das coligações partidárias pode dificultar a entrada de muitos políticos já acostumados a serem eleitos mesmo com o número de votos inferior a outros concorrentes.

23 de setembro de 2021

Amazonino e Braga intensificam ‘paternidade’ de obras públicas no AM

Nesse mês de setembro, as equipes de Amazonino e Braga intensificaram postagem sobre obras e projetos criados na gestão dos políticos, que hoje caminham em lados opostos.

23 de setembro de 2021

Wilson libera pagamento de indenizações às famílias que residiam no Igarapé do 40

De 2019 até setembro desse ano, já foram investidos R$ 56,7 milhões para retirar famílias de áreas alagadas e reassentá-las em áreas com infraestrutura e saneamento.

23 de setembro de 2021

TRE cassa mandato de Sandro Maia por abuso de poder econômico

A sentença afirma que o vereador realizou reuniões com usuários da ONG Sandro Maia para angariar votos, de forma ilícita, em seu favor no pleito municipal do ano passado.

23 de setembro de 2021