fbpx

segunda, 08 de agosto de 2022

Bessa insiste em PL que já foi apresentado por Sandro Maia e arquivado pela CMM

É a segunda vez esse ano que um vereador da Câmara Municipal de Manaus quer aprovação de um Projeto de Lei para instituir o dia municipal do Hip Hop.

28 de setembro de 2021

Compartilhe

Vereador Sandro Maia (à esquerda) e Bessa (à direita) (Fotos: Divulgação)

O vereador Bessa (SDD) quer, por meio de um Projeto de Lei (PL), instituir a data 12 de novembro como o dia do Hip Hop. A mesma proposta já foi apresentada em maio desse ano pelo colega de bancada e vereador Sandro Maia (DEM), mas acabou arquivada pela Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Desta vez, Bessa insiste na proposta e defende que a comemoração do Dia Municipal do Hip Hop em Manaus tem o objetivo de fomentar e promover a conscientização da população sobre esta cultura, além de proporcionar a integração social entre jovens e apreciadores desta modalidade cultural, por meio das manifestações artísticas e culturais em espaços diversos, com apoio do Poder Público Municipal.

Conforme a proposta do parlamentar, durante o Dia Municipal do Hip Hop será promovida a divulgação de trabalhos realizados nas diversas modalidades artísticas, que são características do movimento hip-hop, como o break, o grafite, DJ – Disc Jokey, MC – Mestre de Cerimônia e demais modalidades.

Podendo ser, também, oferecidas oficinas, debates, palestras, visando propagar a cultura do Hip Hop como ferramenta de integração social. A proposta foi assinada no dia 21 de setembro, porém só foi apresentada na última segunda-feira (27).

Confira o documento, em PDF e disponível para download, com o texto original do PL apresentado por Bessa:

Sandro Maia voltou atrás e pediu arquivamento do PL

O patrono do projeto para instituir o dia 12 de novembro como o Dia do Hip Hop em Manaus, vereador Sandro Maia, assinou o PL nº 266/2021 no dia 17 de maio deste ano. Dois dias depois foi protocolado na Casa e no dia 4 de agosto, por 39 votos a favor, foi aprovado em plenário.

No dia 24 do mesmo mês, recebeu parecer favorável da Procuradoria Legislativa. Porém, no dia seguinte (25) o próprio autor da proposta, vereador Sandro Maia, pediu a retirada do projeto em tramitação. Atualmente, o status do PL consta como arquivado.

Confira o documento, em PDF e disponível para download, com o texto original do PL apresentado por Sandro Maia em maio deste ano:

Mais de R$ 115 milhões aos vereadores em oito meses

A CMM recebeu, até o mês de agosto, mais de R$ 115,8 milhões para garantir o trabalho dos 41 vereadores, o que dá um custo de quase R$ 3 milhões para cada um deles, que deveriam fazer valer este dinheiro garantindo ao manauense boas e necessárias leis e a correta fiscalização do Executivo.

Em setembro, o RealTime1 divulgou que “vereadores custam caro para elaborar leis que têm pouca ou nenhuma utilidade“. Na ocasião, a temática abordou que entre os projetos e leis da CMM estão “a proibição de contratar músicos com repertório considerado “impróprio” e a regulamentação do exercício de capelão”.

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Wilson Lima se reúne com agricultores no Ramal do Brasileirinho

Governador conversou com cerca de 1 mil agricultores do ramal do Brasileirinho, na zona rural de Manaus, onde ouviu demandas do setor primário do Estado.

7 de agosto de 2022

Multidão invade ruas de Maués em apoio à comitiva do PSD e aliados

A comitiva percorreu ruas do município e foi seguida por uma multidão de apoiadores que prestigiaram o lançamento da candidatura de Sidney Leite à reeleição na Câmara.

7 de agosto de 2022

Bolsonaro paga R$ 89 milhões em campanhas que elogiam sua gestão

Três campanhas institucionais são as mais caras pagas pelo Governo Bolsonaro. 60% do valor gasto até o momento é com ênfase nas redes sociais.

7 de agosto de 2022

Campanha de Lula quer Petrobras fora de privatização e ações da Eletrobras

Proposta da campanha de Lula inclui ainda a fusão da Petrobras com a Eletrobras criando uma estatal da energia. Assessores veem erros nas privatizações de Bolsonaro.

7 de agosto de 2022

Ambev pode sair do Amazonas e causar desemprego, alerta senador

Omar Aziz alertou que decretos de redução do IPI de concentrados ameaçam empregos em Maués, pois a Ambev, que compra guaraná do município; pode sair do Amazonas.

7 de agosto de 2022

Michelle Bolsonaro diz em culto que Planalto já foi ‘consagrado a demônios’

Michelle Bolsonaro reforça aspecto evangélico da campanha de Bolsonaro e tenta diminuir rejeição do presidente junto ao eleitorado das mulheres.

7 de agosto de 2022

1º debate com candidatos ao Governo do AM acontece neste domingo

Band Amazonas mantém tradição com debate e com o formato, anunciando o fim do botão de tempo que era administrado pelos próprios candidatos.

7 de agosto de 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

A Constituição Federal estabelece o voto facultativo, ou seja, opcional, para os jovens de 16 e 17 anos de idade; pessoas com 70 anos ou mais e também para analfabetos.

7 de agosto de 2022