fbpx

terça, 19 de janeiro de 2021

Bate-boca na Aleam: Regimento Interno é ‘rasgado’ e deputados silenciam

Bate-boca iniciou quando Josué abriu a votação e Alessandra o interrompeu pedindo a alteração do regimento que permitia o ato. Apenas três deputados fizeram coro à deputada.

3 de dezembro de 2020

Compartilhe

Alessandra usou a Tribuna para dizer que a Constituição e Regimento foram rasgados na Aleam (Foto: Reprodução)

Um fato que chamou atenção de quem assistia à eleição da nova Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), na tarde desta quinta-feira (3), foi a maioria dos parlamentares ficar em silêncio enquanto a deputada Alessandra Campêlo (MDB) denunciava que o regimento da Casa “estava sendo rasgado” ao ser permitido o pleito que definiu Roberto Cidade (PV) como presidente da Aleam para o biênio 2021-2022.

“Deputados sem escrúpulos convocaram os membros da CCJ [Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania] e aprovaram, em três minutos, a PEC e o regime de urgência. Mas não mudaram o regimento da Casa que dita as normas gerais. Porque além de ambiciosos e gananciosos, a pressa em aplicar o golpe fez vocês esquecerem o básico. Golpistas, apressados, gulosos, ambiciosos e burros”, atacou a deputada.

Ao descer da Tribuna, Alessandra e o presidente da Casa, Josué Neto (PRTB), seguiram a discussão sobre o que dita o regimento interno. De forma acalorada e com o dedo em riste, Alessandra disse que estava no seu direito de questionar os trâmites da votação.

“Não venha com gracinhas. O senhor é covarde com mulheres”, acusou Alessandra que recebeu um sorriso irônico como resposta e uma frase clichê de Josué: “Só que não”.

O bate-boca seguiu quando o presidente da Aleam abriu a votação e Alessandra o interrompeu pedindo a alteração do regimento que permitiria o ato.

Os únicos deputados que fizeram coro à Alessandra na busca por defender o regimento foram Belarmino Lins (PP), Saullo Viana (PTB) e Joana D’arc (PL).

Belão, inclusive, pediu 10 minutos para que pudesse falar na Tribuna sobre a “manobra”.

“Num deslocamento meteórico se faz emenda constitucional, aprova-se, publica-se, sem dar nenhuma satisfação ao povo amazonense”, afirmou o parlamentar, que já foi presidente da Aleam por três vezes e era candidato a mais um biênio na presidência da Casa. “O revés virá”, alertou o deputado decano.

“Dou a sugestão de que os candidatos à presidência falassem e enfrentassem esse momento, se colocasse o que planejam”, complementou Saullo.

Interrompido por Alessandra, que disse que não havia regimento, Josué pediu que ela não se manifestasse e, mais uma vez, os dois discutiram no plenário. Enquanto ela solicitava a obediência ao regimento, ele dava continuidade ao ato que elegeria Cidade como presidente da Casa.

“Eu não tenho obrigação de lhe responder, deputada. Existe um movimento para tumultuar a eleição”, disse Josué, dando andamento à votação.

“Não. Existe um movimento para um golpe de Estado”, rebateu a deputada. Os demais deputados não se pronunciaram e deixaram a eleição acontecer, mesmo sob protestos e denúncias de Alessandra.

Reportagem: Rosianne Couto

Leia Mais:

Veja mais notícias

Bolsonaro ignora caos na saúde e não prioriza vacinação em Manaus

Doses recebidas pelo AM devem ser aplicadas prioritariamente e obrigatoriamente nos indígenas aldeados. Apenas 36% dos profissionais de saúde devem ser imunizados em Manaus.

19 de janeiro de 2021

Em efeito dominó falta de oxigênio hospitalar atinge cidade no Pará

A cidade de Faro (PA), que faz fronteira com Nhamundá (AM), anunciou o colapso do sistema de saúde e registrou seis mortes devido a falta do insumo.

19 de janeiro de 2021

Amazonas não tem previsão de quando receberá novo lote de vacina

Instituto Butantã ainda aguarda a chegada do princípio ativo para a fabricação das doses, o chamado Insumo Farmacêutico Ativo, que é importado da China.

19 de janeiro de 2021

Deputados discutem fim do recesso e destinação de verbas ao interior

A discussão do recesso, no entanto, ficou somente em discursos, já que não tinha quórum para iniciar votação. A próxima reunião extraordinária será dia 26 de janeiro.

19 de janeiro de 2021

David nomeia Arone Bentes como coordenador financeiro do Proama

Arone é presidente estadual do PROS e marchou na candidatura de David à prefeitura de Manaus, em 2020. Nomeação foi assinada e publicada no DOM no dia 18,

19 de janeiro de 2021

Doses da vacina terminam em menos de uma semana em Manaus

Com número menor de doses, prefeitura redefine Plano de Vacinação. Vacinas encaminhadas pelo governo federal conseguirão imunizar apenas 34% dos profissionais de saúde. E só!

19 de janeiro de 2021

Fornecedora de oxigênio, White Martins ingressa com ação no STF

A empresa justificou que a “ação está em linha com a decisão do STF que determinou a União como responsável pela coordenação dos assuntos relacionados à crise" em Manaus.

19 de janeiro de 2021

Com apenas 386 índios aldeados, Manaus perde doses da vacina

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

19 de janeiro de 2021