fbpx

sexta, 27 de maio de 2022

Alfredo Nascimento diz que Bolsonaro no PL lhe deu ‘novo ânimo’ na política

Ex-superintendente da Suframa e ex-titular da Sefaz, Alfredo certamente precisará explicar como pode apoiar o presidente que tem adotado medidas que podem destruir a ZFM.

4 de maio de 2022

Compartilhe

O ex-ministro do Governo Dilma vai concorrer à vaga na Câmara Federal (Foto: Reprodução)

Presidente estadual do PL e pré-candidato a deputado federal, o ex-prefeito de Manaus Alfredo Nascimento, como em 2020, tem evitado falar abertamente com a imprensa sobre o processo eleitoral. Ele, que já foi ministro do governo petista, hoje trabalha pela reeleição do presidente Jair Bolsonaro, que se filiou à legenda liberal em novembro passado.

Após amargar um sétimo lugar nas eleições municipais passadas, Alfredo já havia decidido encerrar a vida política, segundo apurou o RealTime1. No entanto, a ‘convocação’ do presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, para tratar sobre a filiação de Bolsonaro à sigla lhe deu “novo ânimo”.

O gosto pela retomada, segundo o que o próprio Alfredo já contou nas poucas entrevistas que concedeu, se dá pela “autenticidade do presidente” que, segundo ele, faz uma política sem representação, “posicionando-se como acha que é e falando o que pensa”.

Ainda segundo apuração do RealTime1, mesmo pré-candidato à Câmara Federal, a prioridade de Alfredo é a reeleição de Bolsonaro. Ele chegou a comentar, inclusive, que recuou da pré-candidatura ao Senado para dar vaga ao “amigo do presidente”, Coronel Menezes.

Explicações ao eleitorado

Ao apoiar Bolsonaro, no entanto, Alfredo, que já foi superintendente da Suframa e ex-secretário de Fazenda do Amazonas e, portanto, sabe da importância da ZFM para a economia amazonense, certamente precisará explicar ao eleitorado como pode apoiar o presidente que tem adotado medidas que podem destruir o futuro do Amazonas.

Alfredo, com vasta experiência ao longo dos 38 anos na política, ainda não declarou abertamente apoio ao Governo do Estado, mas têm conversado com Wilson Lima (União Brasil) e David Almeida (Avante).

Da Redação

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Edson Fachin diz que acatar resultado da eleições é inegociável

Em várias ocasiões, o presidente Jair Bolsonaro deu a entender que não aceitará outro resultado que não seja a sua vitória em outubro deste ano.

27 de maio de 2022

Terra Yanomami demarcada há 30 anos vê crescimento de garimpo

Bolsonaro é um defensor da mineração em terras indígenas, apesar da visível destruição e dos problemas que o garimpo ilegal leva para essas áreas socioambientais protegidas.

27 de maio de 2022

Radicalização explica revés de Bolsonaro no Datafolha, diz Lira

Pesquisa Datafolha divulgada nessa quinta-feira (26) mostra que Lula lidera a disputa presidencial com 48% das intenções de voto no primeiro turno, ante 27% de Bolsonaro.

27 de maio de 2022

Ex-militante defende que esquerda deve apostar na rebeldia de jovens

O advogado George Tasso avalia que hoje "falta formação política nas bases da educação e do trabalho para a esquerda avançar pelas ruas de Manaus e reconquistar espaço".

27 de maio de 2022

Como em 2018, vereadores querem fazer CMM de trampolim este ano

Nas eleições de 2018, oito vereadores da legislatura 2016-2020 foram eleitos deputados estaduais e um para o Senado. Políticos aproveitam a visibilidade do cargo.

27 de maio de 2022

Livre de acusação por crise de oxigênio, Pazuello visita obras em Manaus

Na manhã desta sexta-feira (27), Pazuello acompanhou o prefeito de Manaus, David Almeida (Avante) e o governador Wilson Lima (UB) que visitaram obras de asfaltamento.

27 de maio de 2022

Projeto que limita ICMS deve ter tramitação lenta, avaliam senadores

Senadores avaliam que a proposta que fixa o ICMS de combustívveis e energia em 17%, aprovada pela Câmara dos Deputados, deverá deixar um grande rombo nos cofres regionais.

27 de maio de 2022

Petrobras e Minas e Energia devem explicar alta dos combustíveis na Câmara

Sidney Leite propôs audiência para discutir as constantes subidas nos preços dos combustíveis e a inflação com o presidente da Petrobras e o ministro de Minas e Energia.

27 de maio de 2022