fbpx

sábado, 16 de janeiro de 2021

Alessandra pede abertura imediata de restaurantes universitários no interior

Segundo Alessandra Campelo, é na universidade que muitos estudantes fazem sua principal refeição, com preço acessível e qualidade.

15 de outubro de 2020

Compartilhe

A parlamentar citou a iniciativa da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) (Foto: Divulgação)

Atendendo ao apelo de alunos que frequentam as unidades da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) no interior do estado, a deputada Alessandra Campêlo (MDB) subiu à tribuna na quarta-feira (14) para pedir a reabertura imediata dos restaurantes universitários em municípios onde a universidade está presente.

A parlamentar citou a iniciativa da Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc), que desde o início da pandemia ocasionada pelo novo coronavírus, se prontificou em distribuir kits de alimentação para os alunos da rede estadual de ensino. Segundo Alessandra, é na universidade que muitos estudantes fazem sua principal refeição, com preço acessível e qualidade.

“Da mesma forma que a UEA está comprando e distribuindo chips de internet para que os alunos assistam às aulas de forma remota, gostaria que o reitor desse acesso aos restaurantes no interior do estado. Aqui na capital temos restaurantes populares, mas nesses municípios, não. Durante a pandemia, muitos perderam os empregos e não tem condições de se alimentar corretamente. Precisamos garantir a segurança alimentar deles”, disse.

Além da alimentação, Alessandra solicitou a abertura dos laboratórios de informática, bibliotecas e áreas comuns para que os estudantes possam desenvolver suas atividades acadêmicas com o suporte tecnológico necessário, observando sempre as medidas sanitárias e de distanciamento.

Ainda na tribuna, a parlamentar destacou o ambulatório criado no hospital e pronto-socorro Delphina Aziz, que vai atender pacientes adultos e infantis que ficaram com sequelas causadas pela Covid-19.  O serviço, que começou a funcionar em outubro, inicialmente vai atender pacientes que se recuperam da doença, mas ainda estão internados e seguem sendo atendidos na própria unidade.

No ambulatório, esses pacientes irão realizar atividades de melhoria de fluxo respiratório, com condicionamento respiratório adequado.

Até o final do ano, esse serviço será reforçado com a inauguração do centro especializado em reabilitação, que ficará atrás do Delphina Aziz.

“Estamos nos preparando e saindo na frente para uma fase de pós-pandemia. A doença deixa sequelas mesmo em casos leves e é importante que trabalhemos na atenção a essas pessoas”, concluiu.

Fonte: assessoria

Leia Mais:

Veja mais notícias

Maia critica pedido de intervenção federal na saúde do Amazonas

Delegado Pablo Oliva enviou ofício a Jair Bolsonaro pedindo intervenção federal na pasta pela grave repercussão do caos no sistema de saúde do Amazonas.

16 de janeiro de 2021

Transferência de pacientes obedece protocolo de segurança

Os pacientes são selecionados atendendo a classificação de risco do protocolo de Manchester que estabelece as prioridades de atendimento conforme cada quadro clínico.

16 de janeiro de 2021

Governo do Amazonas tem planejamento para iniciar vacinação

Nos 62 municípios do Amazonas, serão 794 salas de vacinação. Governo estima vacinar na primeira etapa da campanha 1.154.504 pessoas de grupos prioritários em todo o estado.

16 de janeiro de 2021

Parintins tem oxigênio para 10 dias de abstecimento

A Prefeitura recebeu, neste sábado, um tanque que vai garantir 10 dias de abastecimento nos hospitais de Parintins. O município destinou 15 balas de oxigênio para Manacapuru.

16 de janeiro de 2021

Maués fornecerá oxigênio para municípios em crise

A prefeitura anunciou a compra de um equipamento que permitirá envasar oxigênio em cilindros, possibilitando a exportação e distribuição do produto para outros municípios.

16 de janeiro de 2021

Autazes compra cilindros de oxigênio de Porto Velho

O prefeito Andreson Cavalcante adquiriu 70 cilindros de oxigênio para abastecer a rede de saúde de Autazes e também enviou o produto para Nova Olinda do Norte.

16 de janeiro de 2021

Oposição pede impeachment de Bolsonaro por crise em Manaus

O pedido foi assinado pela Rede, PSB, PT, PC do B e PDT e falam na prática de “crimes de responsabilidade em série” pelo presidente “que resultaram em dor asfixiante".

16 de janeiro de 2021

Empresa aérea doa oxigênio para maternidade

A Gol Linhas Aéreas doou 30 cilindros para maternidade Balbina Mestrinho. Secretaria de Estado de Saúde disponibilizou contatos para doações.

16 de janeiro de 2021