fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Acusado de incompetente, Pazuello recebe afagos durante inauguração

Para amenizar os ataques que Pazuello sofreu de ex-secretário, o ministro do Turismo, Gilson Machado, e Wilson Lima elogiaram o general

23 de abril de 2021

Compartilhe

Bolsonaro agradeceu o trabalho realizado por Pazuello (Foto: Reprodução)

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello foi afagado pelo ministro do Turismo, Gilson Machado, e pelo governador, Wilson Lima, que o cobriram de elogios exatamente no dia em que ele foi transferido para um posto secundário na Secretaria Geral do Exercito e foi responsabilizado direto pelas falhas no combate a pandemia numa entrevista bomba do ex-secretário de Comunicação do Governo Bolsonaro, Fábio Wajngarten. Machado e Wilson fizeram tantos elogios a Pazuello que chegaram a deixar de lado o atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, também presente na inauguração da segunda etapa do Centro de Convenções Vasco Vasques.

Na entrevista a revista Veja, Fabio Wajngarten revelou que, em meados do segundo semestre de 2020, participou de várias reuniões para viabilizar a compra das vacinas da Pfizer, que havia ofertado 70 milhões de doses ao governo brasileiro. No entanto, por “incompetência” e “ineficiência” do gestor do Ministério da Saúde o acordo não foi concretizado. Fábio também revela que Pazuello foi demitido após rumores de que ele seria preso.

“É verdade que a vacina ainda não estava aprovada pela Anvisa. Mas o Ministério da Saúde podia ter deixado as vacinas encomendadas, armazenadas”, disse Wajngarten.

O presidente Jair Bolsonaro disse que o governo federal conseguiu colaborar e muito evitar os danos da pandemia. “Em especial pelo ministro da Saúde que tive até a pouco tempo, o sr. Pazuello”, afirmou.

Durante a solenidade em Manaus e para amenizar os ataques que Pazuello sofre desde que deixou o cargo, o ministro do Turismo, Gilson Machado, aproveitou a ocasião para dizer que foi testemunha do trabalho que Pazuello realizou a frente do ministério pelo combate na pandemia no país.

O ministro só não lembrou de comentar que Pazuello é acusado de omissão na gestão da crise de desabastecimento de oxigênio no estado e, por isso, o Ministério Público Federal (MPF) entrou com ação para processá-lo.

“Eu fui testemunha da luta desse homem pela erradicação da doença no nosso país. Somos muito gratos ao seu empenho”, disse se dirigindo a Pazuello.

Quem também não mediu elogios foi o governador do Amazonas, Wilson Lima. “Quero fazer um agradecimento muito especial ao general Pazuello, que viveu no estado do Amazonas os momentos mais difíceis pelo qual o nosso povo passou”, disse.

CPI da Covid

Vale lembrar que na próxima semana deve ser instalada a CPI da Covid, no Congresso Nacional. A comissão vai investigar a atuação do governo federal no combate a pandemia de Covid-19 no país. O senador Omar Aziz (PSD) é o cotado para assumir a presidência da CPI.

Texto: Milena Soares

Leia mais:

Leia mais sobre Política

Codajás recebe quase R$ 400 mil em projetos de crédito rural do Governo

Os valores foram destinados para pesca artesanal (R$301.656,85) e agricultura familiar (R$96.288,00), sendo financiados pela Agência de Fomento do Amazonas (Afeam).

7 de maio de 2021

Pacheco escreve a embaixador chinês e fala em ‘relação construtiva’

O presidente do Senado finaliza a carta convidando Yang Wanming para uma visita à Casa Legislativa assim que as condições pandêmicas tornarem o encontro favorável.

7 de maio de 2021

Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

Operação Enchente leva ajuda humanitária, água potável e ações nas áreas social, de saúde e de fomento aos municípios em Situação de Emergência.

7 de maio de 2021

Gasolina do Cotão dos 24 deputados estaduais enche 300 tanques

No período em que a presença física nas sessões é facultativa, dois dos 24 deputados consumiram gasolina suficiente para ir e voltar sete vezes a Boca do Acre.

7 de maio de 2021

Carlos Almeida não deve ser ouvido pela CPI da Covid no Senado

Essa e outras notícias na coluna TEMPO REAL do portal RealTime1: Informação com credibilidade sobre política e os últimos acontecimentos do Amazonas.

7 de maio de 2021

Vereadores gastam R$ 272 mil com assessoria e divulgação

O vereador campeão nesse gasto foi Ivo Neto (Patriota), que utilizou R$ 19.800 nessas atividades. No entanto, assessoria não evitou que ele apresentasse um projeto repetido.

7 de maio de 2021

Não vai ter ‘pizza’: para 38% dos brasileiros, CPI atingirá objetivos

Segundo levantamento EXAME/IDEIA, 38% acreditam que a CPI vai apontar culpados pelas falhas no combate à pandemia, aumentar o ritmo da vacinação e a elevar valor do auxílio.

7 de maio de 2021

Mourão diz que Pazuello foi ‘risco’ à Saúde e o quer em ‘traje civil’ na CPI

Para o vice-presidente, decisão em colocar o general Pazuello à frente do Ministério foi um risco e que ser general 'da ativa ou reserva' não o impede de ir ao Senado depor.

7 de maio de 2021