fbpx

domingo, 29 de maio de 2022

Acordo entre TSE e Spotify vai combater impactos de notícias falsas nas eleições

TSE e os 27 TREs terão canal exclusivo com o Spotify para apontar conteúdos a serem analisados. Plataforma redirecionará usuários à página da Justiça Eleitoral.

13 de maio de 2022

Compartilhe

O presidente do TSE, ministro Edson Fachin, anunciou ontem (12) a assinatura de um acordo com o Spotify. (Foto: TSE)

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Edson Fachin, anunciou ontem (12) a assinatura de um acordo com o Spotify. A parceria tem o objetivo de combater desinformação e os impactos das notícias falsas nas eleições.

A plataforma de áudio redirecionará usuárias e usuários até a página da Justiça Eleitoral e oferecerá recursos para ajudar a identificar e conter práticas desinformativas. O TSE e os 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) terão um canal de comunicação exclusivo com a empresa para apontar conteúdos a serem analisados.

O objetivo da cooperação é combater os impactos nocivos das notícias falsas por meio da disseminação de conteúdos confiáveis e oficiais sobre as Eleições Gerais de 2022.

“A parceria entre a Justiça Eleitoral e a plataforma de streaming é fruto de uma busca contínua para coibir a proliferação das chamadas fake news que têm por objetivo macular a legitimidade do processo eleitoral e a capacidade das eleitoras e dos eleitores de exercer o voto consciente”, afirmou o presidente do TSE.

Lançamento

O ministro também divulgou o lançamento do perfil do Tribunal Superior Eleitoral na plataforma. O podcast ‘Todo Mundo Quer Saber’, disponível gratuitamente no Spotify, reúne uma série de entrevistas com o professor de Direito Eleitoral Digital, Diogo Rais.

O conteúdo é direcionado ao público que deseja entender mais sobre a democracia do país e sanar dúvidas a respeito do processo eleitoral.

Com informações do TSE

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Bolsonaro aproveita ato religioso para comentar questão do IPI da ZFM

O presidente insiste em dizer o Amazonas não terá prejuízos com os decretos que foram assinados por ele a partir de fevereiro deste ano. Especialistas asseguram o contrário.

28 de maio de 2022

Alfredo Nascimento passa despercebido na agenda de Bolsonaro no AM

O ex-ministro dos Transportes é presidente do PL - mesma leganda do presidente - no Amazonas. Ao contrário de muitos, não teve destaque na agenda presidencial deste sábado.

28 de maio de 2022

‘Marcha’ inicia após Bolsonaro reunir com evangélicos no Teatro Amazonas

Esta é a primeira vez que o presidente vem ao Amazonas após assinar decretos que tiram a competitividade da Zona Franca de Manaus (ZFM); aliados acompanham agenda.

28 de maio de 2022

Omar Aziz aprova repasses de mais de R$ 38 mi a sete municípios

Os repasses foram destinados a melhorias nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e assistência social nas cidades de Envira, Ipixuna, Guajará, Itamarati, Eirunepé.

28 de maio de 2022

Seminário aborda importância de mais participação da mulher na política

Apesar de as mulheres representarem mais de 50% do eleitorado e da população do País, o Brasil ocupa a 143ª posição entre 193 países em participação de mulheres na política.

28 de maio de 2022

Wilson Lima recepciona Bolsonaro e comitiva em Manaus

Wilson Lima recebeu Bolsonaro, que chega à capital para participar da Marcha Para Jesus, evento organizado pelas igrejas evangélicas, no estado.

28 de maio de 2022

Instituto Datafolha aponta que eleitores confiam na urna eletrônica

Pesquisa divulgada neste sábado (28), aponta que 73% dos eleitores confiam nas urnas eletrônicas usadas nas eleições do país. Enquanto 24% disseram não confiar.

28 de maio de 2022

Senado acompanhará investigação da morte de Genivaldo em ato policial

Senadores querem acompanhar as medidas adotadas pelas autoridades nas investigações sobre a morte de Genivaldo de Jesus, ocorrida durante ação da Polícia Rodoviária Federal.

28 de maio de 2022