fbpx

sexta, 24 de setembro de 2021

‘A bandeira brasileira não é da minoria bolsonarista’, dispara Omar Aziz

Para o senador pelo Amazonas e presidente da CPI da Pandemia no Senado Federal, bolsonaristas não podem se apropriar da bandeira brasileira e nem das cores verde e amarelo.

14 de setembro de 2021

Compartilhe

Senador Omar Aziz (à esquerda) e Bolsonaro (à direita) (Fotos: Reprodução)

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, no Senador Federal, senador Omar Aziz (PSD), disse, nesta segunda-feira (13), que o eleitorado de Bolsonaro é minoria comparada à nação brasileira, e que o bolsonarismo não pode se apropriar da bandeira brasileira e do verde e amarelo.

“As pessoas têm que entender que todos nós somos brasileiros. A bandeira brasileira não é propriedade só dos bolsonaristas. Todos nós somos brasileiros e devemos torcer pelo Brasil. A gente pode ter divergência política, mas não somos propriedade das cores. É um erro ir de branco, vermelho ou azul às manifestações?”, questionou o senador aproveitando para responder que não é um erro ir às manifestações trajando outras cores que não estampam a bandeira brasileira.

Para o senador, não se deve permitir que nazista, facista e golpistas se apropriem da bandeira. “Desde que o Brasil se tornou independente a bandeira brasileira é essa. Nós não somos divisionistas. Eu moro no Estado do Amazonas, e o Amazonas não quer se separar do Brasil. Então, a bandeira não é de propriedade de uma minoria que acha que pode ser proprietária do Brasil”, disparou Omar Aziz.

O senador aproveitou, ainda, para avaliar o “pedido de desculpas” de Bolsonaro ao Supremo Tribunal Federal (STF) após os ataques que o próprio presidente da República falou nos discursos durante as manifestações realizadas no último dia 7, data em que é comemorada a Independência do Brasil.

“Depois de desculpa esfarrada do presidente Bolsonaro, não tenham dúvida de que iria haver o esvaziamento do eleitorado dele. Essas pessoas que foram às manifestações no último domingo (12) não são negacionistas. São pessoas que usam máscara, se protegem e estão torcendo para o Brasil dar certo. Torcendo por um país democrático, pelo Brasil com direito de eleger seus governantes e representantes”, avalia o presidente da CPI da Pandemia.

Ainda de acordo com Omar, as pessoas que torcem pelo Brasil não costumam sair às ruas, em meio à pandemia, desprotegidas e expondo suas famílias. “Quem vai é uma militância, que qualquer coisa que o presidente falar eles cegamente concordam”, análisa Omar.

Para ele, um exemplo disso é os acontecimentos desde o último dia 7 de Setembro. “48h após as manifestações bolsonaristas de 7 de Setembro, uma nota produzida pelo ex-presidente Temer, no primeiro momento, parecia uma ducha de água fria nos bolsonaristas”.

Em seguida, segundo Omar, os bolsonaristas na internet estavam cheios de justificativa. “Eles [Bolsonaristas] diziam ‘Ah, é uma estratégia?’. Não é! A natureza do Bolsonaro é a doa dia 7, não é a do dia 9”, conclui o senador.

Assista a um trecho da entrevista com Omar Aziz:

Texto: Isac Sharlon

Leia Mais:

Leia mais sobre Política

Justiça nega recurso de David Reis contra liminar que suspendeu ‘puxadinho’

David havia entrado com recurso no TJAM sustentando que o procedimento de licitação para construção do puxadinho tem obedecido todas as formalidades legais.

24 de setembro de 2021

Reforma Eleitoral contempla negritude no Brasil, avalia Instituto Afro

Mulheres e pessoas negras eleitas terão peso em dobro para partidos no fundo eleitoral de 2022 a 2030, conforme PEC da Reforma Eleitoral aprovada esta semana pelo Senado.

24 de setembro de 2021

Wilson reúne com Governo Federal sobre audiências públicas da BR-319

As audiências são o momento em que a população tem a oportunidade de conhecer o empreendimento e apresentar as dúvidas e opiniões sobre as obras na BR-319.

24 de setembro de 2021

Guarda Municipal terá granadas e aspersores de gás de pimenta

Casa Militar autorizou a compra, sem licitação, de um lote de granadas de gás lacrimogêneo e aspersores de gás de pimenta para equipar a Guarda Municipal de Manaus.

24 de setembro de 2021

Aleam faz caridade com parte do salário dos servidores

Servidores que aderirem ao Programa Assembleia Participativa terão que contribuir com pelo menos 1% do salário mínimo. Aleam informa que todos podem cancelar a adesão.

24 de setembro de 2021

TSE adia mais uma vez julgamento do último recurso de ‘Adailzinho’

Em março deste ano, a corte regional rejeitou recurso de Adail Filho e manteve a cassação. Se o TSE recusar o recurso dele, novas eleições serão realizadas em novembro.

24 de setembro de 2021

Wilson lança plano que amplia oferta de consultas e exames na rede estadual

Ampliação inicia pelo Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, com oferta de quase 98,5 mil exames e consultas por mês, nos projetos Consulta+ e Examina+, anunciados hoje.

24 de setembro de 2021

Omar revela intenção de encerrar trabalhos da CPI na próxima semana

Os trabalhos da CPI da Covid foram prorrogados até novembro, mas cúpula dirigente quer encerrar a investigação, no máximo, na primeira semana de outubro.

24 de setembro de 2021