fbpx

sábado, 21 de maio de 2022

1 de junho de 2020

Compartilhe

Reabertura do comércio: Saiba o que pode funcionar a partir de 1o. de Junho

1 de junho de 2020

A partir desta segunda-feira, primeiro de junho,  entrou em vigor o decreto do governo do Estado  que autoriza o retorno gradual das atividades econômicas em Manaus.

Mas algumas regras deverão ser seguidas pelos estabelecimentos públicos e privados, incluindo medidas de distanciamento social, espaçamento de 1 metro e meio entre pessoas, controle de aglomerações, uso obrigatório de máscaras, disponibilização de álcool gel 70% e desinfecção dos estabelecimentos.

A autorização para o funcionamento de lojas e serviços será  realizado em quatro ciclos de reabertura. neste primeiro ciclo poderão funcionar apenas:

. Igrejas e templos,

. Lojas de artigos esportivos e bicicletas;

. Artigos para casa; móveis e colchões;

. Atendimento médico e odontológico – sujeito a atendimento prévio;

. Artigos médicos e ortopédicos;

. Petshops; lojas de variedades;

. Agências de turismo; óticas; floriculturas e bancas de revistas, desde que em logradouros públicos.

Os shoppings poderão reabrir suas portas mas só poderão funcionar as lojas e serviços prevista em cada ciclo.

Ouça mais Podcasts

Desemprego cresce no Brasil

IBGE aponta 14,6% no terceiro trimestre.

28 de novembro de 2020 —

Compartilhe

CMM aprova Projeto de Lei

Torna mais rigoroso o uso da máscaras.

28 de novembro de 2020 —

Compartilhe

Confiança da indústria cresce

Atinge maior valor em dez anos, diz FGV.

28 de novembro de 2020 —

Compartilhe

Propaganda eleitoral termina hoje

Exibidos no rádio e televisão.

27 de novembro de 2020 —

Compartilhe

Mário Ypiranga é interditada

Nos dois sentidos, para concluir obras.

27 de novembro de 2020 —

Compartilhe

Procon e OAB assinam termo de cooperação

Para as fiscalizações na Black Friday.

27 de novembro de 2020 —

Compartilhe

OMS alerta sobre sedentarismo

Milhares de vidas poderiam ser poupadas.

27 de novembro de 2020 —

Compartilhe

24 estados precisam aumentar investimentos

Alcançar as metas da Lei do Saneamento.

27 de novembro de 2020 —

Compartilhe