fbpx

quarta, 21 de abril de 2021

Vacinação ‘suspeita’ e acima da meta vai ser apurada pela Fundação de Vigilância em Saúde

Dezesseis municípios aplicaram vacinas em cidadãos não contabilizados nos grupos prioritários. Fundação de Vigilância em Saúde vai conferir a lista nominal destes vacinados

3 de março de 2021

Compartilhe

Japurá vacinou 74% a mais da estimativa do PNI.

A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) irá apurar porque 16 municípios no interior aplicaram vacinas em cidadãos não contabilizados nos grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde (MS).

Japurá, na calha do Purus, por exemplo, segundo o vacinômetro está com 110% de todos os grupos prioritários imunizados. Ou seja, o município aumentou em 10% a quantidade de cidadãos aptos a receber a vacina acima das estimativas do PNI.

A vacinação em profissionais de saúde é a mais suspeita, pois a performance indica que foram vacinados 174% da meta. A prefeitura do município alegou que há uma defasagem nos números indicados pela FVS e por isso foram enviados os dados para a atualização da quantidade nos registros estaduais.

‘Vai faltar vacinas’

A administração municipal indicou ainda que pode sofrer com desabastecimento de vacinas, uma vez que são utilizadas as remessas da segunda dose para vacinas a quantidade total de pessoas aptas a vacinação no município.

“Os indicadores, de acordo com o que é passado pelo PNI de Japurá estão fora da realidade, termo de população. […] As vacinas que disponibilizam para gente é de acordo com a estatística dele lá, mas, provavelmente, ainda vai faltar [vacinas] para a gente aqui, porque a nossa realidade é outra”, apontou a assessoria de comunicação do município.

Essa é justamente a preocupação do diretor-presidente da FVS, pois, segundo ele, as vacinas direcionadas para a segunda dose estão sendo utilizadas para imunizar essas pessoas não previstas no sistema. Com isso, pessoas que receberam a primeira dose podem ficar sem a segunda, necessária para garantir a eficácia da vacina.

“Depois que vacinou acabou. Como ele vai vacinar a segunda fase? A gente quer saber, porque se eu tenho o número ‘xis’ mais 5%, eu não posso vacinar ‘xis’ mais ‘ípsilon’ sem informar. Queremos saber com qual vacina eles vão garantir essa segunda dose”, ressaltou o Rodrigues.

FVS quer os nomes

Sobre os dados enviados dos profissionais de saúde, Cristiano, disse à reportagem que são repassados apenas os números, sem descriminar os nomes desses profissionais, não permitindo assim a verificação do registro deles no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes).

“Todo o cadastro nacional tem a relação do  número de profissionais por categoria de trabalho. Se ele está falando que ele tem um aumento de 75%, ele mande para gente a relação de profissionais e o vínculo que ele tem por unidade de saúde, porque essas distorções vão acontecer”, explicou Cristiano.

Segundo o município esses colaboradores foram contratados para reforçar o combate à Covid-19. Porém a FVS informou “as divergências serão apuradas para verificar se há irregularidades”. 

Texto: Giovanna Marinho

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

“É urgente colocar em pratos limpos tudo o que deixou de ser feito”

Futuro presidente da CPI da Covid, Omar Aziz diz a TV REALTIME1 que Ministério da Saúde cometeu "erros feitos" no combate ao coronavírus ao longo da pandemia.

21 de abril de 2021

Ministério da Saúde quer adquirir mais 100 milhões de doses da Pfizer

O início da entrega aconteceria ainda em 2021, mas o uso destes imunizantes só entraria no Plano de Vacinação a partir do ano que vem.

21 de abril de 2021

Crise de oxigênio: CPI da Covid vai chamar White Martins para depor

O senador, favorito para ser o presidente da CPI da Covid, revelou em entrevista a TV RealTime1, que diretores da empresa serão ouvidos como testemunhas da crise em Manaus.

21 de abril de 2021

Feriado não para ritmo da vacinação em Manaus; confira os locais

A programação desta quarta-feira contempla pessoas na faixa etária de 44 a 47 anos, com comorbidades. Também estão sendo vacinados com a segunda dose, idosos de 60 a 63 anos.

21 de abril de 2021

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Planalto ressaltou que o decreto não representa aumento de gastos públicos, apenas permite a execução dos restos a pagar e traz maior segurança jurídica ao setor da cultura.

21 de abril de 2021

Consultorias alertam para falta de previsão sobre impacto da Covid-19 na LDO 2022

Texto dos consultores alerta para a ausência de previsão sobre os riscos que podem afetar receitas, despesas e dívida pública em função dos efeitos da Covid-19.

21 de abril de 2021

Amazonas ultrapassa líder no ranking mundial em nº de mortos por Covid

Se fosse um país, o maior estado do Norte teria ultrapassado a República Theca que é, hoje, quem registra mais óbitos pela doença a cada milhão de habitantes.

20 de abril de 2021

Uso emergencial de coquetel de anticorpos contra Covid é autorizado pela Anvisa

O coquetel não é vendido em farmácias e seu uso é restrito aos hospitais. Em março, a agência aprovou o registro do antiviral experimental Remdesivir.

20 de abril de 2021