fbpx

terça, 20 de abril de 2021

Queiroga recebe embaixador russo para debater aquisição da Sputinik V

O encontro, ocorrido ontem (6), também serviu para que eles discutissem sobre uma cooperação entre os dois países no combate à pandemia.

7 de abril de 2021

Compartilhe

Expectativa é de que o imunizante também seja produzido no Brasil (Foto: Divulgação)

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o embaixador da Rússia no Brasil, Alexey Labetskiy, se reuniram na tarde desta terça-feira (6/4) após o término de uma conversa por telefone entre o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o chefe de estado russo, Vladimir Putin. Durante o encontro, Queiroga e Labetskiy trataram da cooperação entre os dois países no combate à pandemia de Covid-19 e negociações para a aquisição da vacina Sputnik V, assim como eventual parceria para a produção do antiviral avifavir em território nacional.

O embaixador reforçou o interesse russo em obter acordos bilaterais para a transferência de tecnologia de produção do medicamento, que vem mostrando resultados promissores no combate ao vírus, para parceiros brasileiros.

O embaixador, que já tomou as duas doses do imunizante produzido em seu país, diz que a redução de casos na Rússia é resultado de uma campanha de vacinação associada à compreensão da mortalidade da doença, uso de equipamentos de segurança individual e distanciamento social.

Os pontos que dizem respeito às vacinas, tratados na reunião com Putin, também foram abordados na conversa com o embaixador. “O Ministério da Saúde já tem tratativas com a Rússia e com a fábrica nacional, e assim que houver a superação das questões regulatórias, aplicaremos a vacina aqui, beneficiando a população brasileira”, pontuou o ministro.

Uma equipe da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), responsável pela aprovação da vacinas contra a Covid-19, fará uma visita às instalações do laboratório que produz os insumos e a vacina Sputnik V na Rússia.

A expectativa é de que o imunizante seja produzido no Brasil pela União Química, a partir da transferência tecnológica recebida do Centro Nacional de Pesquisa em Epidemiologia e Microbiologia N. F. Gamaleya.

A cooperação científica entre os dois países também foi abordada na reunião. Labetskiy elogiou a excelência da formação de médicos brasileiros e a qualidade da medicina no Brasil. Queiroga e o representante diplomático levantaram, ainda, a possibilidade de intercâmbio de experiências e tecnologias entre as duas nações e o fortalecimento de parcerias.

Fonte: Ministério da Saúde

Leia Mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Guia apresenta iniciativas para suavizar efeitos da pandemia nas populações marginalizadas

Lançamento foi realizado na data em que é comemorado o Dia do Índio, e alerta que a pandemia chegou aos índios em um momento "de fragilização da política de saúde indígena".

19 de abril de 2021

Com reforço do Governo, municípios do Amazonas avançam na vacinação

De acordo com o presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, equipes técnicas estão analisando as dificuldades enfrentadas de cada município para alcançar a meta de vacinação.

19 de abril de 2021

A pandemia não acabou: amazonenses precisam seguir medidas de prevenção

Usar máscaras faciais, limpar objetos de uso coletivo com álcool em gel e evitar aglomerações são as principais medidas que podem coibir o avanço da Covid-19 em todo o mundo.

19 de abril de 2021

Das Américas, é no Brasil onde há mais mortes por Covid a cada milhão de habitantes

País passou EUA, México e Peru em abril e agora é também o 13º com mais óbitos proporcionais à população no mundo. Em termos absolutos, é o 2º com mais vítimas do planeta.

19 de abril de 2021

Brasil alavanca curva e mundo registra recorde de contágio pelo coronavírus

O mundo teve 5,3 milhões de pessoas diagnosticadas com Covid em uma semana. O aumento é puxado pela Índia, mas Brasil também puxa curva para cima com novos contágios.

19 de abril de 2021

Conselho Federal de Medicina reprova tratamento precoce contra Covid-19

O posicionamento do órgão foi feito durante uma audiência pública da Comissão Temporária da Covid-19, realizada no Senado Federal na manhã desta segunda-feira (19).

19 de abril de 2021

Butantan recebe insumo e fabricará mais 5 milhões de vacinas CoronaVac

O Instituto Butantan recebeu nesta segunda-feira insumos para a fabricação de mais 5 milhões de doses da vacina chinesa CoronaVac.

19 de abril de 2021

Confira como funcionará a vacinação na semana de 19 a 23 de abril

A partir de segunda-feira, pessoas a partir dos 35 anos com comorbidades e idosos que já receberam a primeira dose das vacinas deverão comparecer aos postos de vacinação.

18 de abril de 2021