fbpx

sexta, 07 de maio de 2021

Queda na taxa de ocupação faz Amazonas zerar chamadas para UTI-Covid

Queda na taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes Covid-19 leva Amazonas a zerar chamadas para esse tipo de internação.

24 de março de 2021

Compartilhe

Queda na ocupação de leitos de UTI coloca taxa em 75% (Foto: Divulgação)

A queda na taxa de ocupação levou o Amazonas a zerar o número de chamados de transferência de pacientes com Covid-19 para leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na rede pública de Manaus.

Pelo segundo dia consecutivo, o Boletim Epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) fechou sem registrar pedidos de transferências em aberto na capital.

Queda na taxa de ocupação

De acordo com o Boletim Epidemiológico da FVS-AM dessa terça-feira (23) a taxa de ocupação de UTI na rede pública para Covid-19 é de 75,89%.

O secretário executivo de Assistência da Capital, Jani Kenta Iwata, afirma que a redução no número de chamados de transferência para UTI-Covid, na capital, possibilitou a oferta de leitos para outros estados, por meio da “Operação Gratidão”.

“Nos últimos dias estamos percebendo uma redução alta dos chamados para leito de UTI-Covid. E nesta semana temos zero chamados para UTI Covid em Manaus, e pouco mais de seis, sete casos no interior, o que, no geral, deixa o Amazonas com uma taxa de ocupação bem tranquila. Essa folga é que nos permite ofertar leitos para outros estados”, declarou o secretário executivo.

O Boletim Epidemiológico da FVS-AM de segunda-feira (22) apontou 11 chamados para UTI-Covid do interior e zero para a capital. Nessa terça-feira (23) o boletim registrou apenas 7 chamados do interior e nenhum da capital.

Reflexo da queda de novos casos

O diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, afirma que a redução da demanda por leitos de UTI-Covid na rede pública em Manaus é um dado importante, pois reflete a redução do número de casos de Covid-19 na capital.

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Governadores pedem à Anvisa nova análise da vacina Sputnik V

Representante da União Química, Fernando Marques, responsável pelo imunizante russo no país, disse que apresentará novo pedido de uso emergencial de mais 10 milhões de doses.

7 de maio de 2021

Primeira semana de maio tem 37 óbitos por Covid-19 no Amazonas

A FVS tem destacado que os números vêm caindo em todo o estado, mas frisa que as medidas de proteção contra a Covid devem continuar, inclusive para quem recebeu a vacinação.

7 de maio de 2021

Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

No período de 25 de abril a 1º de maio, foram registrados 16.945 óbitos, enquanto na semana anterior foram contabilizadas 17.814 mortes para a doença, segundo dados do MS.

7 de maio de 2021

Queiroga quer fiscalizar recursos repassados aos estados na pandemia

A portaria publicada pelo ministro vem após Jair Bolsonaro reforçar a narrativa de que governadores têm utilizado recurso para enfrentamento da Covid-19 para outras áreas.

7 de maio de 2021

Fiocruz prevê produção de insumos da vacina contra Covid para junho

A produção do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) leva cerca de 45 dias, mas os insumos ainda precisarão passar por etapas regulatórias e de testes.

7 de maio de 2021

‘Queima de arquivo’: recomendação para uso de cloroquina é tirada do ar

Após 337 dias no ar e com CPI acontecendo no Senado, Ministério da Saúde apagou recomendação para uso de cloroquina em casos leves, moderados e graves de Covid-19.

7 de maio de 2021

Aplicação da 1ª dose será retomada em Manaus ; confira o calendário

A partir deste sábado (8), a Semsa volta a aplicar a primeira dose do imunizantes nas pessoas com idade entre 18 e 59, que possuam algum tipo de comorbidade.

7 de maio de 2021

Estudo mostra que máscaras de algodão têm eficiência de 20% a 60

Pesquisadores da USP mediram a eficiência de filtração de aproximadamente 300 máscaras faciais. A de algodão é a mais comumente usada pela população.

7 de maio de 2021