fbpx

sábado, 08 de maio de 2021

Promotores vão apurar vacinação suspeita em Guajará e Barreirinha

Os dois fazem parte do total de 16 municípios que vacinaram acima de 100% a quantidade de habitantes previstos nos grupos prioritários. Eles ficam atrás somente de Japurá.

5 de março de 2021

Compartilhe

Barreirinha, vacinou 337 profissionais de saúde, 109 pessoas a mais do que o previsto pela FVS

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) irá apurar o caso das vacinações contra covid-19 bem acima das metas estabelecidas no Plano Nacional de Imunização (PNI), nos municípios de Guajará e Barreirinha, conforme mostrou o portal RealTime1, na última quarta-feira. A Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) já está fazendo apuração semelhante nos dados de Japurá, o município que vacinou muito mais profissionais de saúde do que o estabelecido no PNI (173% da meta).

Os dois fazem parte do total de 16 municípios que vacinaram acima de 100% a quantidade de habitantes previstos nos grupos prioritários. Nesta semana, a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) informou ao RealTime1 que podem faltar vacinas nestas localidades, devido a utilização da segunda dose das vacinas para imunizar as pessoas não previstas no sistema estadual.

Segundo o MP-AM, os promotores de Guajará, Iranilson Ribeiro, e Barreirinha, Marcelo Salles, informaram “que vão apurar o caso pedindo informações detalhadas das respectivas secretarias de saúde locais”.

O prefeito de Barreirinha, Gleison Seixas (MDB), disse não ver irregularidades na vacinação acima do quantitativo. Segundo ele, o município possui uma grande quantidade de comunidades indígenas e quilombolas, e já respondeu os órgãos de controle apresentando documentos comprobatórios sobre a vacinação.

“Nós temos aqui cerca de 9 mil indígenas e em parceria com o Dsei [Distrito de Saúde Indígena] veio um quantitativo bom para o município e nós já respondemos alguns requisitos que foram perguntados pelo próprio Ministério Público”, revelou o Gleison.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Guajará, mas as ligações não foram atendidas.

Barreirinha, vacinou 337 profissionais de saúde, 109 pessoas a mais do que o previsto pela FVS. Já a cidade de Guajará, obteve um total 145.5% de imunizados no mesmo grupo. Os dois municípios ficam atrás apenas de Japurá, cujo total de vacinados em todos os grupos prioritários chegou a 110%. Entre os profissionais de saúde Japurá vacinou 173% da meta.

Texto: Giovanna Marinho

Leia mais sobre a Pandemia

Governadores pedem à Anvisa nova análise da vacina Sputnik V

Representante da União Química, Fernando Marques, responsável pelo imunizante russo no país, disse que apresentará novo pedido de uso emergencial de mais 10 milhões de doses.

7 de maio de 2021

Primeira semana de maio tem 37 óbitos por Covid-19 no Amazonas

A FVS tem destacado que os números vêm caindo em todo o estado, mas frisa que as medidas de proteção contra a Covid devem continuar, inclusive para quem recebeu a vacinação.

7 de maio de 2021

Covid-19: mortes seguem caindo lentamente, mas casos voltam a subir

No período de 25 de abril a 1º de maio, foram registrados 16.945 óbitos, enquanto na semana anterior foram contabilizadas 17.814 mortes para a doença, segundo dados do MS.

7 de maio de 2021

Queiroga quer fiscalizar recursos repassados aos estados na pandemia

A portaria publicada pelo ministro vem após Jair Bolsonaro reforçar a narrativa de que governadores têm utilizado recurso para enfrentamento da Covid-19 para outras áreas.

7 de maio de 2021

Fiocruz prevê produção de insumos da vacina contra Covid para junho

A produção do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) leva cerca de 45 dias, mas os insumos ainda precisarão passar por etapas regulatórias e de testes.

7 de maio de 2021

‘Queima de arquivo’: recomendação para uso de cloroquina é tirada do ar

Após 337 dias no ar e com CPI acontecendo no Senado, Ministério da Saúde apagou recomendação para uso de cloroquina em casos leves, moderados e graves de Covid-19.

7 de maio de 2021

Aplicação da 1ª dose será retomada em Manaus ; confira o calendário

A partir deste sábado (8), a Semsa volta a aplicar a primeira dose do imunizantes nas pessoas com idade entre 18 e 59, que possuam algum tipo de comorbidade.

7 de maio de 2021

Estudo mostra que máscaras de algodão têm eficiência de 20% a 60

Pesquisadores da USP mediram a eficiência de filtração de aproximadamente 300 máscaras faciais. A de algodão é a mais comumente usada pela população.

7 de maio de 2021