fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

Pesquisadores avaliam eficácia da vacinação aplicada no Amazonas

Para checar a eficácia da vacinação, serão considerados dados de mais de 60 mil profissionais de saúde vacinados e de outros 100 mil idosos.

2 de março de 2021

Compartilhe

Em duas semanas, os pesquisadores devem divulgar resultados parciais (Foto: Divulgação)

Como parte das ações para identificar e nortear novas medidas de combate à Covid-19, pesquisadores da região e de outras capitais estudam a eficácia da vacinação no público imunizado no Amazonas, estado da federação com maior cobertura até o momento.

A área estudada é apenas uma das análises em desenvolvimento pelo Comitê de Assessoramento Científico Externo, integrado por especialistas e firmado pelo Governo do Amazonas nesta terça-feira (2). Para chegar ao resultado, o grupo de pesquisadores levará em consideração dados de mais de 60 mil profissionais de saúde vacinados na capital e de outros 100 mil idosos imunizados desde janeiro de 2020 até este mês.

“Hoje nós temos cerca de 12 estudos em desenvolvimento. Uns relacionados a essa questão da efetividade, ou seja, qual será o impacto da vacina contra a Covid-19 na atual ocorrência de casos. Esse é um dos principais e está trabalhando com dois tipos de população. O primeiro seria exatamente o grupo das pessoas idosas e também o grupo dos trabalhadores da saúde”, afirmou o coordenador do comitê, o médico infectologista Bernardino Albuquerque.

Dados parciais

Os pesquisadores estimam um período de duas semanas para divulgação de dados parciais sobre a efetividade da vacina no combate à doença.

De acordo com o médico infectologista da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Júlio Croda, os pesquisadores observarão dados disponíveis em sistemas como o e-SUS Notifica, Sivep Gripe e no Laboratório Central (Lacen-AM). A ideia é subsidiar outras capitais brasileiras a partir das respostas encontradas pelos especialistas em Manaus.

“A gente tem muita esperança que ela (vacina) continue funcionando sim, e eu acho que a gente tem que estimular a vacinação para a população. Não temos nenhum dado, atualmente, que justifique que a vacina não funciona para essa nova variante”, afirmou.

Com informações da assessoria

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Rio de Janeiro identifica nova variante em circulação no estado

A cepa, que recebeu o nome P.1.2 foi encontrada principalmente na região Norte, mas também foi identificada em amostras nas regiões Metropolitana, Centro e Baixada Litorânea.

6 de maio de 2021

‘Capitã Cloroquina’ confirma plano de difundir medicamento em Manaus

Mayra Pinheiro é servidora do Ministério da Saúde e atuou como auxiliar de Pazuello - e agora de Queiroga. Afirmação foi dada ao Ministério Público Federal.

6 de maio de 2021

Plano Nacional de Imunização recebe hoje mais um milhão de doses da CoronaVac

Instituto Butantan informou que está negociando com a Sinovac o envio de mais um carregamento com três mil litros do ingrediente farmacêutico ativo (IFA).

6 de maio de 2021

Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegaram ao Brasil nesta quarta-feira

Segundo a Pfizer, o lote que chegou a noite ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas, tem 628,2 mil doses e faz parte de acordo firmado em março com o governo brasileiro.

6 de maio de 2021

Em 10 dias, Semsa quer imunizar 1,1 mil pessoas na calha do rio Negro

Nos dias de viagem, a UBS fluvial vai atender a oito comunidades. Além da vacina contra a Covid, os servidores também estão levando os imunizantes contra a Influenza.

5 de maio de 2021

Opas alerta sobre manutenção de medidas preventivas mesmo após vacinação

Diretora da Opas diz que vacina é fundamental no combate à pandemia, mas que países da América Latina ainda não receberam doses suficientes para imunização abrangente.

5 de maio de 2021

Mesmo sem novas doses, Prefeitura abre cadastro para educadores e PcDs

Por meio do site Imuniza Manaus, a Prefeitura de Manaus já está cadastrando estes grupos, mas ainda não há previsão para que Semsa retome aplicação da D1.

5 de maio de 2021

Covid-19: pesquisa testará presença de anticorpos em 211 mil pessoas

As amostras sorológicas serão processadas por unidades de apoio diagnóstico da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Fortaleza e no Rio de Janeiro.

5 de maio de 2021