fbpx

terça, 25 de janeiro de 2022

Parecer da Saúde contraindica cloroquina e ‘kit Covid’ aos pacientes

O parecer, segundo a Folha, foi feito por um grupo técnico formado na gestão do atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e coordenado pelo professor Carlos Carvalho, da USP

16 de maio de 2021

Compartilhe

Medicamento foi bem recomendado pelo presidente Jair Bolsonaro (Foto: Reprodução)

De acordo com uma reportagem publicada neste domingo (16), no jornal Folha de São Paulo, já há um parecer elaborado por uma comissão técnica do Ministério da Saúde após revisão de estudos e diretrizes sobre o uso de medicamentos como a hidroxicloroquina, cloroquina, azitromicina, ivermectina e  remdesivir para pacientes internados com Covid-19. segundo a reportagem, o documento atesta que os remédios não são indicados ao tratamento destes pacientes acometidos pelo coronavírus.

O parecer abre espaço para uso de um grupo restrito de medicamentos, como corticoesteróides (caso da dexametasona) e anticoagulantes, mas em casos específicos e conforme orientações.

Chamado de “Diretrizes Brasileiras para Tratamento Hospitalar do Paciente com Covid-19”, o documento obtido pela Folha começou a ser avaliado na quinta-feira (13) na Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde  (Conitec), que analisa a inclusão de medicamentos e protocolos de tratamentos no SUS. A comissão atua como órgão consultivo da Saúde para essas decisões.

Agora, a previsão é que ele seja colocado em consulta pública na próxima semana por 10 dias. O uso de medicamentos sem eficácia comprovada, como a cloroquina, é defendido publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro e tem sido alvo da CPI da Covida, no Senado.

O parecer foi feito por um grupo técnico formado na gestão do atual ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e coordenado pelo professor Carlos Carvalho, da USP. No início deste mês, a coluna Painel revelou que o grupo já pretendia não recomendar os remédios em diretriz hospitalar.

Essa é a primeira vez que a Conitec analisa o uso de tratamentos para a Covid e indicações sobre a cloroquina, medicamento que virou alvo de disputa política nos últimos meses.

Até então, o Ministério da Saúde tinha um documento com “orientações” sobre uso de cloroquina e outros medicamentos, elaborado em meio a pressão do presidente Jair Bolsonaro. Esse primeiro documento, porém, não tinha passado pela comissão e era alvo de críticas após estudos apontarem ineficácia.

Sem evidência de benefício

O documento diz que “não há evidência de benefício” da cloroquina “seja no seu uso de forma isolada ou em associação com outros medicamentos.” A recomendação vale independentemente da via de administração (oral, inalatória ou outras). Pacientes que já usavam cloroquina ou hidroxicloroquina devido a outras condições de saúde (como doenças reumatológicas e malária) devem manter o tratamento.

Além da não recomendação à cloroquina ou hidroxicloroquina a pacientes hospitalizados com Covid, o texto também contraindica o uso de azitromicina em conjunto ou separadamente desses remédios.

O posicionamento da Saúde em relação à hidroxicloroquina e cloroquina era alvo de expectativa nos últimos dias em meio a CPI da Covid, que tem a insistência do governo no uso do medicamento como um dos focos de análise.

Da Redação, com informações da Folha de São Paulo

Leia Mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Aeroporto Eduardo Gomes é o que mais detecta passageiros com Covid-19

As testagens no aeroporto iniciaram em 31 de maio e já somam 11.895 exames de diagnóstico de Covid-19, realizados por testes de antígeno e RT-PCR.

13 de agosto de 2021

Iranduba é o 1º município do interior a vacinar população de 12 a 17 anos

Foram enviadas para o município 1.170 doses do imunizante da Pfizer/BioNtech (Comirnaty). Nesta sexta-feira (13) também inicia a vacinação dos adolescentes na capital.

13 de agosto de 2021

Internada com Covid-19, paciente cola grau no Hospital Delphina Aziz

Daiana Pimenta teve a oportunidade de participar da tão sonhada colação de grau de maneira virtual, graças ao projeto Chamada do Bem. Amigos desejaram força à paciente.

12 de agosto de 2021

Início da vacinação contra Covid em adolescentes terá 44 postos em Manaus

Campanha para este público inicia sexta (13), para quem tem comorbidade, gestantes e puérperas. Os demais jovens incluídos nesta faixa etária devem se vacinar no sábado (14).

11 de agosto de 2021

Profissionais da Educação começam a tomar 2ª dose da vacina contra Covid-19

A ação visa o retorno seguro das atividades 100% presenciais, anunciado para os dias 23 de agosto, em Manaus, e 8 de setembro, no interior.

11 de agosto de 2021

Fiocruz: ocupação de UTIs de covid-19 chega ao melhor nível desde 2020

Hoje, a ocupação em Manaus é de 54%. O Brasil chegou a ter 25 capitais com mais de 80% da ocupação dos leitos, em 15 de março, quando a pandemia estava no pior momento.

11 de agosto de 2021

OMS vai testar três medicamentos para doentes hospitalizados com Covid

Na nova fase dos ensaios clínicos estão envolvidos cerca de 600 hospitais nos 52 países participantes, mais 16 países do que na fase inicial.

11 de agosto de 2021

‘Nova variante pode surgir em grupo de não vacinados’, alerta Anoar Samad

"Você que não se vacinou pense nas pessoas que você ama e estão do seu lado, porque você pode ser o ‘criadouro’ de novas cepas”, afirma o secretário de saúde, Anoar Samad.

11 de agosto de 2021