fbpx

quinta, 22 de abril de 2021

‘Gratidão’: Amazonas retribui ajuda e recebe pacientes de Rondônia

Em janeiro, fase mais crítica da pandemia vivida pelos amazonenses, o estado vizinho recebeu pacientes do Sul do Amazonas. Atualmente, seis pacientes de Humaitá estão lá.

8 de março de 2021

Compartilhe

Pacientes foram levados ao Delphina Aziz na sexta e no domingo (Foto: Divulgação)

O Hospital Delphina Aziz recebeu, neste final de semana, dois pacientes acometidos pela Covid-19 vindos de Porto Velho (RO).

A ação dá início à Operação Gratidão que, segundo o secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campêlo, surgiu como retribuição pela ajuda recebida de outros estados durante a fase mais aguda da pandemia no Amazonas, em janeiro de 2021. Ele ressaltou que a prioridade do atendimento na rede ainda é para pacientes do Amazonas, tendo em vista que apesar da queda na ocupação de leitos, o Estado ainda mantém níveis altos de novos casos e óbitos.

Marcellus também reforça que, assim como as remoções entre unidades do Estado, as interestaduais também serão via Sistema de Transferência de Emergência Regulada (SISTER) da secretaria, que define a prioridade conforme a disponibilidade de leito. 

“Nesse momento, vamos apoiar a operação que o Ministério da Saúde realiza junto com o estado de Rondônia. Estamos nos organizando para retribuir o apoio que recebemos, em respeito ao princípio do SUS da universalidade do acesso”. Segundo o secretário, ainda não é possível abrir a operação a outros estados. “Temos leitos clínicos, mas a ocupação de UTI ainda é elevada. Como sabemos que 25% dos pacientes moderados que foram do Amazonas para outros Estados evoluíram para UTI, não temos como receber muitos pacientes ainda”.

Ele reforça que desde o início da pandemia, Rondônia recebeu pacientes do Sul do Amazonas. Atualmente, seis pacientes de Humaitá estão internados em UTI em Porto Velho. Essa relação dos municípios do Sul do Amazonas com Rondônia é bastante comum, em função da distância para Porto Velho ser menor que para Manaus.

A secretária adjunta de políticas de saúde da SES-AM, Nayara Maksoud, destaca que o equilíbrio na rede hospitalar no Amazonas fez com que estratégias como a remoção de pacientes para outros estados fossem suspensas, e fosse intensificada as remoções do interior para a capital.

Segundo ela, na capital a demanda por leito já pode ser considerada equacionada e, nesse momento, os esforços são para trazer todos os pacientes do interior com chamados abertos, que tenham condições de remoção para ocuparem os leitos clínicos e de UTI vagos, além do máximo de pacientes com perfil moderado.

“Tivemos que trazer pacientes do interior do estado não só para leitos de UTI, mas para leitos clínicos e, inclusive, proporcionar para estados como Rondônia, que recebem nossos pacientes, principalmente da região sul do Amazonas”, afirmou.

Com informações da assessoria

Leia Mais:

Leia mais sobre a Pandemia

AstraZeneca: novo lote completa esquema vacinal de idosos acima de 75 anos

A nova remessa de 152.250 doses do imunizante completa o cronograma vacinal dos idosos que receberam a primeira dose entre final de janeiro e início de fevereiro.

21 de abril de 2021

‘É urgente colocar em pratos limpos tudo o que deixou de ser feito’, frisa Omar

Futuro presidente da CPI da Covid, Omar Aziz diz a TV RealTime1 que Ministério da Saúde cometeu "erros feios" no combate ao coronavírus ao longo da pandemia.

21 de abril de 2021

Ministério da Saúde quer adquirir mais 100 milhões de doses da Pfizer

O início da entrega aconteceria ainda em 2021, mas o uso destes imunizantes só entraria no Plano de Vacinação a partir do ano que vem.

21 de abril de 2021

Crise de oxigênio: CPI da Covid vai chamar White Martins para depor

O senador, favorito para ser o presidente da CPI da Covid, revelou em entrevista a TV RealTime1, que diretores da empresa serão ouvidos como testemunhas da crise em Manaus.

21 de abril de 2021

Feriado não para ritmo da vacinação em Manaus; confira os locais

A programação desta quarta-feira contempla pessoas na faixa etária de 44 a 47 anos, com comorbidades. Também estão sendo vacinados com a segunda dose, idosos de 60 a 63 anos.

21 de abril de 2021

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Planalto ressaltou que o decreto não representa aumento de gastos públicos, apenas permite a execução dos restos a pagar e traz maior segurança jurídica ao setor da cultura.

21 de abril de 2021

Consultorias alertam para falta de previsão sobre impacto da Covid-19 na LDO 2022

Texto dos consultores alerta para a ausência de previsão sobre os riscos que podem afetar receitas, despesas e dívida pública em função dos efeitos da Covid-19.

21 de abril de 2021

Amazonas ultrapassa líder no ranking mundial em nº de mortos por Covid

Se fosse um país, o maior estado do Norte teria ultrapassado a República Theca que é, hoje, quem registra mais óbitos pela doença a cada milhão de habitantes.

20 de abril de 2021