fbpx

quarta, 21 de abril de 2021

Gana é primeiro país a receber vacinas financiadas pelo sistema Covax

As vacinas foram expedidas pelo Unicef, de Mumbai para Acra, e fazem parte do primeiro lote de imunizantes contra o covid-19 destinados a vários países mais desfavorecidos.

24 de fevereiro de 2021

Compartilhe

O anúncio foi feito pela Unicef

Gana deve receber nesta terça-feira (24) o primeiro lote de vacinas contra o SARS CoV-2, em nível mundial, financiado pelo Covax, organismo liderado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e que visa a fornecer imunizantes aos países mais desfavorecidos. 

Serão 600 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford, fabricada pelo Instituto Serum, da Índia.

Essas vacinas foram expedidas pelo Unicef, de Mumbai para Acra, e fazem parte do primeiro lote de imunizantes contra o covid-19 destinados a vários países mais desfavorecidos.

Essa entrega representa o início do que se espera vir a ser o maior fornecimento e distribuição de vacinas da história.

Democratização do acesso

“O dispositivo Covax prevê fornecer cerca de 2 bilhões de vacinas contra a covid durante este ano. Trata-se de um esforço mundial sem precedentes para garantir a todos os cidadãos o acesso às vacinas”, dizem os dois organismos.  

Gana, país da África Ocidental, registrou 582 mortos e contabiliza 80.759 contágios pelo novo coronavírus, apesar de os especialistas alertarem para números superiores devido à baixa realização de testes médicos. 

Meta é atender 200 países

O Covax tem como meta fornecer este ano vacinas contra o SARS CoV-2 a 20% da população de 200 países e territórios, que estão incluídos no mecanismo por meio de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo ou médio rendimento acesso ao composto. 

O sistema foi iniciado para tentar evitar que os países mais ricos monopolizem as vacinas que ainda são fabricadas em doses muito reduzidas em nível mundial. 

Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

‘É urgente colocar em pratos limpos tudo o que deixou de ser feito’, frisa Omar

Futuro presidente da CPI da Covid, Omar Aziz diz a TV RealTime1 que Ministério da Saúde cometeu "erros feios" no combate ao coronavírus ao longo da pandemia.

21 de abril de 2021

Ministério da Saúde quer adquirir mais 100 milhões de doses da Pfizer

O início da entrega aconteceria ainda em 2021, mas o uso destes imunizantes só entraria no Plano de Vacinação a partir do ano que vem.

21 de abril de 2021

Crise de oxigênio: CPI da Covid vai chamar White Martins para depor

O senador, favorito para ser o presidente da CPI da Covid, revelou em entrevista a TV RealTime1, que diretores da empresa serão ouvidos como testemunhas da crise em Manaus.

21 de abril de 2021

Feriado não para ritmo da vacinação em Manaus; confira os locais

A programação desta quarta-feira contempla pessoas na faixa etária de 44 a 47 anos, com comorbidades. Também estão sendo vacinados com a segunda dose, idosos de 60 a 63 anos.

21 de abril de 2021

Decreto prorroga auxílio emergencial aos trabalhadores da cultura

Planalto ressaltou que o decreto não representa aumento de gastos públicos, apenas permite a execução dos restos a pagar e traz maior segurança jurídica ao setor da cultura.

21 de abril de 2021

Consultorias alertam para falta de previsão sobre impacto da Covid-19 na LDO 2022

Texto dos consultores alerta para a ausência de previsão sobre os riscos que podem afetar receitas, despesas e dívida pública em função dos efeitos da Covid-19.

21 de abril de 2021

Amazonas ultrapassa líder no ranking mundial em nº de mortos por Covid

Se fosse um país, o maior estado do Norte teria ultrapassado a República Theca que é, hoje, quem registra mais óbitos pela doença a cada milhão de habitantes.

20 de abril de 2021

Uso emergencial de coquetel de anticorpos contra Covid é autorizado pela Anvisa

O coquetel não é vendido em farmácias e seu uso é restrito aos hospitais. Em março, a agência aprovou o registro do antiviral experimental Remdesivir.

20 de abril de 2021