fbpx

quinta, 06 de maio de 2021

Fiocruz entrega 500 mil doses da vacina de Oxford ao Ministério da Saúde

Mais 580 mil doses serão disponibilizadas até sexta-feira totalizando um lote com 1,080 milhão de doses. Em março, segundo a Fiocruz, serão entregues 3,8 milhões de doses.

17 de março de 2021

Compartilhe

500 mil doses já estão com o Programa Nacional de Imunizações (Foto: Reprodução)

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) entregou nesta quarta-feira (17) ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) um lote de 500 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra a Covid-19, fabricadas em Bio-Manguinhos, no Rio de Janeiro. O lote foi produzido a partir do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) importado.

Mais 580 mil doses serão disponibilizadas até sexta-feira (19) totalizando um lote com 1,080 milhão de doses de vacina produzidas no Brasil. Em março, segundo a Fiocruz, serão entregues 3,8 milhões de doses da vacina.

Na última sexta-feira (12), uma segunda linha de produção entrou em operação, o que vai permitir o aumento da capacidade produtiva de Bio-Manguinhos/Fiocruz. A expectativa é chegar até o fim do mês com uma produção de cerca de um milhão de doses por dia.

Segundo a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, a partir de abril, serão produzidas mais de 20 milhões de doses mensalmente.

“Uma pandemia só pode ser superada com o esforço conjunto do governo e da sociedade civil. A ciência, a tecnologia e a inovação, que são os pilares da nossa instituição ao lado do papel do Sistema Único de Saúde (SUS) para quem destinamos a entrega de vacinas, é que neste momento podem contribuir para o principal objetivo das vacinas nesta pandemia, que é salvar vidas”, disse ela.

Seis milhões de doses

O diretor de Bio-Manguinhos, Mauricio Zuma, afirmou que estão previstas entregas semanais em torno de 6 milhões de doses a partir de abril.

“A gente deve seguir nesse ritmo até concluir os 100,4 milhões de doses previstas no contrato de encomenda tecnológica com a AstraZeneca. A expectativa é que as últimas doses deste contrato sejam entregues até julho deste ano”.

Com o registro definitivo, concedido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) na última sexta-feira (12), a Fiocruz passou a ser a detentora do primeiro registro de uma vacina contra Covid-19 produzida no país.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e o médico Marcelo Queiroga, indicado para assumir a pasta, participaram da cerimônia de entrega das vacinas na Fiocruz, hoje, no Rio de Janeiro.

Fonte: Agência Brasil

Leia mais:

Leia mais sobre a Pandemia

Rio de Janeiro identifica nova variante em circulação no estado

A cepa, que recebeu o nome P.1.2 foi encontrada principalmente na região Norte, mas também foi identificada em amostras nas regiões Metropolitana, Centro e Baixada Litorânea.

6 de maio de 2021

‘Capitã Cloroquina’ confirma plano de difundir medicamento em Manaus

Mayra Pinheiro é servidora do Ministério da Saúde e atuou como auxiliar de Pazuello - e agora de Queiroga. Afirmação foi dada ao Ministério Público Federal.

6 de maio de 2021

Plano Nacional de Imunização recebe hoje mais um milhão de doses da CoronaVac

Instituto Butantan informou que está negociando com a Sinovac o envio de mais um carregamento com três mil litros do ingrediente farmacêutico ativo (IFA).

6 de maio de 2021

Mais 628 mil vacinas da Pfizer chegaram ao Brasil nesta quarta-feira

Segundo a Pfizer, o lote que chegou a noite ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas, tem 628,2 mil doses e faz parte de acordo firmado em março com o governo brasileiro.

6 de maio de 2021

Em 10 dias, Semsa quer imunizar 1,1 mil pessoas na calha do rio Negro

Nos dias de viagem, a UBS fluvial vai atender a oito comunidades. Além da vacina contra a Covid, os servidores também estão levando os imunizantes contra a Influenza.

5 de maio de 2021

Opas alerta sobre manutenção de medidas preventivas mesmo após vacinação

Diretora da Opas diz que vacina é fundamental no combate à pandemia, mas que países da América Latina ainda não receberam doses suficientes para imunização abrangente.

5 de maio de 2021

Mesmo sem novas doses, Prefeitura abre cadastro para educadores e PcDs

Por meio do site Imuniza Manaus, a Prefeitura de Manaus já está cadastrando estes grupos, mas ainda não há previsão para que Semsa retome aplicação da D1.

5 de maio de 2021

Covid-19: pesquisa testará presença de anticorpos em 211 mil pessoas

As amostras sorológicas serão processadas por unidades de apoio diagnóstico da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Fortaleza e no Rio de Janeiro.

5 de maio de 2021